Curiosidades

Cigarro – Origem, como age no nosso corpo, dependência e malefícios

O cigarro é um dos produtos que mais causa dependência no mundo. Só no Brasil são cerca de 15 milhões de fumantes e 428 óbitos por dia.

Atualizado em 08/02/2020

A sociedade está, certamente, cada vez mais consciente sobre os danos que o cigarro causa a saúde. Apesar disso, ele continua sendo um elemento presente na vida de uma grande parte da população da brasileira. Acima de tudo, o número de fumantes no nosso país ainda é gigantesco.

Provavelmente você não sabe que existem cerca de 15 milhões de fumantes no Brasil. Além disso, no mundo, são cerca de 156 mil pessoas que morrem por ano por causas relacionadas ao cigarro. Consequentemente é uma média de 428 óbitos por dia, ou seja, uma pessoa morre a cada quatro minutos por conta do vício a nicotina.

Mas o que realmente sabemos sobre o cigarro? Saiba mais sobre sua história, como age, porque causa dependência e quais são os efeitos que ele tem no nosso organismo.

Como surgiu o cigarro?

Cigarro: Tudo que você precisa saber sobre ele!
UOL

Primeiramente, o cigarro é composto, principalmente, por uma substância base chamada de Tabaco, derivado de uma planta denominada cientificamente por “Nicotiana Tabacum”. Além disso, sua nomenclatura advém do francês “cigarette”, e nos mostra traços da história de sua origem.

Acima de tudo, é curioso que a utilização desse componente do cigarro tenha se iniciado há centenas de anos. Antes mesmo da Colonização das Américas pelos povos que viviam nessas terras. As suas folhas eram enroladas e amarradas com um cordel, formando uma espécie de charuto natural.

De início, ao longo da história as pessoas acreditavam que o tabaco era um elemento poderoso. Sendo associado a crenças religiosas e espirituais. Era consumido com o propósito de proteger e fortalecer os guerreiros das tribos.

Resultado de imagem para gif cigarro

Com a chegada dos europeus no continente americano, essa matéria prima também se popularizou.  Além disso, como todas as outras especiarias que se tornaram novidade, foi enviada à Europa. Sendo destinada para a fabricação de charutos para a elite da população.

Nesse contexto, as sobras desses charutos eram picotadas, e o tabaco que restava era amassado e enrolado por pedaços de papel. E assim surgiu, o que chamamos hoje de cigarro. Contudo, seu uso só foi massificado após a criação da máquina de enrolar cigarros, feita por James Bonsack.

Mas afinal, como o cigarro age no nosso corpo?

Resultado de imagem para gif cigarro

19 segundos é tempo necessário para a nicotina chegar ao nosso cérebro. Além do que, o fluxo sanguíneo do nosso organismo permite que o nosso sangue percorra os pulmões em um minuto. Sendo assim, as substâncias inaladas transitam pelo nosso corpo com uma velocidade equivalente a uma injeção intravenosa.

E a dependência, de onde ela vem?

Resultado de imagem para gif cigarro

A nicotina presente no cigarro estimula a produção de um hormônio chamado dopamina. Esse hormônio é um dos responsáveis por atuar nos centros de prazer do nosso cérebro.  Logo, por isso a sensação que o cigarro passa é aparentemente positiva. No entanto, quando estimulamos a produção de dopamina por agentes externos estamos nos sujeitando a uma situação de possível dependência. Tendo em vista que essa produção não é natural.

O nosso cérebro se acostuma com a constante inalação da nicotina. E precisa de doses mais altas, assim desenvolvemos uma espécie de tolerância a droga. Isso desperta a necessidade fumar cada vez mais.

Cigarro - Origem, como age no nosso corpo, dependência e malefícios
Saúde

O hormônio oposto a dopamina se chama noradrenalina. Ele é responsável por nos deixar mais atentos e é estimulado, geralmente, em quando estamos em uma situação de risco. Em que, o nosso corpo precisa de uma resposta rápida.  Logo, ele nos desperta e faz com que ficamos em estado de alerta.

Nesse sentido, é possível entender porque parar de fumar é tão difícil. Pois, a missão é fazer nosso cérebro reduzir a produção de noradrenalina, quando é desestimulada a produção de dopamina. A qual ocorre pela diminuição do consumo da nicotina, advinda do uso do cigarro

Simplificando, parar de fumar é tão difícil por causa da dependência à nicotina. Sem ela, a produção de hormônios que estimulam o prazer é muito reduzida. Isso faz com que, o fumante tenha um desequilíbrio emocional muito alto.

Por que ele nos faz tão mal?

Cigarro - Origem, como age no nosso corpo, dependência e malefícios
Catraca Livre

É constatado que os fumantes têm duas vezes mais propensão a adoecer comparado a indivíduos não fumantes. Além disso, estima-se que, por ano, no Brasil, cerca de 157 mil pessoas morram precocemente por doenças associadas ao tabagismo.

Isto se evidencia na aparência física, geralmente essas pessoas tem um aspecto mais envelhecido, dependendo da idade.  Também é provado que os fumantes têm resistência física e qualidade de vida inferiores à pessoas com hábitos mais saudáveis.

O cigarro está relacionado a causa de mais de 50 doenças. Devido às substâncias químicas presentes nele, e também nas outras versões de fumo mascado, como o narguilé e o cigarro eletrônico. Eles são responsáveis por causar câncer em diversos órgãos, doenças pulmonares e cardiovasculares.

5 doenças causadas pelo tabagismo

Cigarro - Origem, como age no nosso corpo, dependência e malefícios
Seleções
  • Enfisema Pulmonar e Bronquite.
  • Impotência sexual.
  • Úlcera gástrica.
  • Alterações visuais e de memória.
  • Infarto e AVC.

Eai, ficou preocupado com o que leu? Não? Nós achamos difícil você não ficar depois que ler Quanto tempo de vida você perde por cigarro fumado?

Fonte: Origemdascoisas, Inca, Infoescola, Tuasaúde.

Imagem Destaque: Correio Lageano