Como encontrar o celular roubado ou perdido?

Se você acompanha os posts da Segredos do Mundo, já deve ter descoberto algumas funções secretas em seu celular (clique para ler). Hoje você vai descobrir o que fazer e como encontrar o celular roubado ou perdido, caso algum dia precise.

Claro que cada sistema operacional tem suas próprias particularidades, mas, de forma geral, a maneira de encontrar o celular roubado é muito mais fácil e funcional do que um dia você imaginou. Mas, como na hora do aperto é difícil pensar de forma estratégica, é melhor você aprender o que fazer agora, que seu amado celular está por perto.

Na lista abaixo, aliás, você ver como agir para encontrar o celular roubado ou perdido, sem nem mesmo estar perto do aparelho ou ter noção de sua localização. Para isso, tecnologias desenvolvidas pela Apple e pelo Google são ótimas aliadas.

Essas são boas opções para desvendar o paradeiro de seu celular perdido, mas jamais se esqueça: você não é um super-herói. Cado seu celular tenha sido roubado, o melhor a se fazer é passar os dados que conseguiu à polícia e deixar que pessoas treinadas tomem as providências necessárias, hein!?

Mas, como informação nunca é demais, aprenda de uma vez, como recuperar seu celular. Na lista abaixo estão os recursos necessários para várias marcas e situações.

Descubra como encontrar o celular roubado ou perdido:

1. Android

2

Se você estiver tentando encontrar um celular roubado ou perdido e que tenha o sistema Android, o Google ajuda você nessa missão. Uma ferramenta lançada, recentemente, permite que você encontre o telefone apenas digitando “find my phone” (encontre meu celular), na busca.

Para funcionar, você precisa que seu navegador esteja logado em sua conta do Google, à qual o celular também esteja conectado. E o melhor de tudo: isso funciona mesmo que sem instalar nada a mais no celular ou mesmo que o usuário não esteja ativado.

A ferramenta mostra o lugar onde o aparelho está, em um mapa, e o usuário também pode fazer, por meio desse recurso, que o celular toque no volume máximo e ajude na tarefa de encontrá-lo. Já, se o celular tiver sido roubado, você pode ir até o Google Device Manager e travar o aparelho ou apagar dele todos os dados e arquivos armazenados.

2. Apple

3

Para encontrar um iPhone perdido ou roubado, o procedimento é praticamente o mesmo que o do Android, mas o usuário precisa estar logado no iCloud. O segundo passo é ir até a ferramenta “Find my Phone” e checar os dispositivos ligados a sua conta, no iCloud. Mas, se seu celular não estiver logado, a ferramenta não vai ajudar você.

3. Windows

1

Com relação ao Windows, a forma para encontrar o celular roubado ou perdido é bem parecida com as anteriores. O usuário também precisa estar logado na conta com o aparelho.

No entanto, se o telefone não estiver conectado à internet, a ferramenta não vai funcionar. Além disso, nenhuma dessas ferramentas vai ajudar se a bateria de seu celular acabar.

4. Sem bateria

4

Agora, se seu celular estiver sem bateria, você ainda tem uma chance de encontrar o celular roubado se tiver o aplicativo Lookout. Ele é compatível com Android e usa uma ferramenta chamada “signal flare”. Ou seja, ele anota a localização do aparelho na última vez que ele esteve conectado na internet e, em muitos casos, esse dado já ajuda a dar uma ideia de onde o celular pode estar localizado.

5. Foto do ladrão

5

Existe também uma ferramenta premium que pode ajudar, se seu celular tiver sido roubado. Isso porque ela tira foto de qualquer pessoa que tente manipular o telefone. A foto, então, é enviada por e-mail, para o dono do celular, juntamente com a localização do telefone. Aí é só passar os dados à polícia, hein, nada de bancar o herói.

BÔNUS:

6. Câmera digital

6

Até mesmo a câmera digital, sem conexão com a internet, é possível de ser rastreada em caso de perda ou roubo. Tudo que você precisa fazer é usar o metadados escondidos em uma foto digital tirada com a própria câmera, os chamados dados exif.

Você precisa arrastar uma foto dela para a ferramenta de busca (stolencamerafinde.com) e ela vai fazer uma checagem na internet, comparando os dados com o número de série da câmera. Caso esses dados sejam encontrados, é possível rastrear onde a foto foi feita. Para isso, conte com a ajuda desse outro site aqui: regex_info/exif.cgi.

Fonte: iG