Como ganhar no pedra, papel e tesoura? A Ciência explica

O jogo de origem japonesa é antigo, muito provavelmente do tempo dos seus avós, mas ainda exerce certa magia em gente pequena e gente grande. Tanto que existem sites na internet destinados somente à brincadeira pedra, papel e tesoura, também conhecida como jokenpô; sabia?

Para quem não sabe do que se trata, o pedra, papel e tesoura é um joguinho que se joga com as mãos, formando símbolos: punho fechado para pedra, mão aberta para papel e dedos indicador e médio em formato de “V”, para tesoura. Os jogadores devem ficar com as mãos para trás e, ao sinal, mostram os símbolos escolhidos.

Quem ganha de quem? Bom, no jokenpô o papel ganha da pedra porque a embrulha; a tesoura ganha do papel porque o corta e a pedra, por sua vez, ganhar da tesoura porque a quebra. Simples assim, tudo que você tem que fazer é prever a estratégia do oponente.

1

O grande erro do pedra, papel e tesoura

Mas tanta simplicidade assim acabou deixando a Ciência intrigada. Porque algo tão lógico e com tão poucas opções (pedra, papel e tesoura apenas), na prática, é algo tão difícil de se adivinhar?

Na tentativa de resolver o mistério do pedra, papel e tesoura, um matemático chinês chamado Zhijian Wang, da Universidade Zhejiang, resolveu investigar as possibilidades do jokenpô. Para isso ele contou com a participação de 72 universitários para jogar pedra, papel e tesoura divididos em 12 grupos de 6 jogadores cada. Ao todo, cada um deles acabou jogando 300 rodadas.

5

Depois de estudar tantas jogadas de pedra, papel e tesoura, o matemático notou que existia um padrão entre os jogadores: embora eles escolhessem aleatoriamente os símbolos da primeira rodada, na segunda eles escolhiam os elementos de acordo com o desempenho da partida anterior. Ou seja, se um participante ganhar na primeira vez, ele inconscientemente, repete sua escolha antiga.

Regra de Ouro

Assim, a regra de ouro para vencer no pedra, papel e tesoura é, basicamente, prestar atenção no símbolo escolhido por quem ganhou a rodada. Por exemplo, se seu amigo ganhou com o papel, ele tem quase 100% de chances de repetir papel na segunda jogada.

Assim, para você ganhar, escolha o elemento que vença, nesse caso a tesoura, que corta o papel. Entendeu?

3

Agora, se você foi o primeiro ganhador, por favor, não vá repetir logo em seguida o elemento que o fez vencer! Nessa situação, é possível que o adversário perdedor vá escolher o mesmo símbolo que deu a você a vitória e é sua função prever isso e escolher um outro que possa vencer a rodada.

Trocando por miúdos, se você venceu com papel, embrulhando a pedra de seu amigo, ele provavelmente vai escolher papel agora. Você, no caso, deve escolher tesoura para vencê-lo de novo.

Pronto para uma rodada de pedra, papel e tesoura?

Agora se você quer mesmo é partir para um outro jogo, confira: 7 segredos sobre o Cubo Mágico que você não sabe.

Fontes: Revista Galileu, Ciência Hoje, Business Insider