Como se proteger da gripe H1N1 com 5 medidas simples

Ela andou sumida por algum tempo, mas parece estar voltando com toda a força. Segundo o Ministério da Saúde, mais de 70 mortes já foram registradas no Brasil, até o dia 4 de abril, devido à temida gripe H1N1.

E, embora esse vírus esteja longe de ser incluso entre as doenças raras e chocantes da humanidade, muita gente anda com medo de contrair a gripe, também chamada de gripe suína. Isso porque, a despeito das mortes já registradas, a gripe H1N1 pode ser forte demais para os sistema imunológico de muita gente.

Mas, será que tem como evitar a gripe H1N1? A resposta a essa pergunta, pelo menos, é positiva. De acordo com quem entende do assunto, o segredo para evitar a doença está na higienização das mãos e em alguns outros cuidados que você vai conhecer a seguir, na lista que preparamos.

Como você vai ver, mesmo com a possibilidade de uma epidemia da doença, é possível permanecer saudável se você seguir alguns procedimentos de segurança e, claro, reforçar as proteções naturais de seu organismo. Quer ver?

Descubra como se proteger da gripe H1N1 com 5 medidas simples:

1. Contato direto

1

Uma das formas mais fáceis de contrair a tão temida gripe H1N1 é entrando em contato direto com uma pessoa infectada. Conforme especialistas, o vírus é passado por meio de secreções, especialmente as expelidas pelas vias respiratórias, como saliva e muco.

Mas isso não acontece somente quanto a pessoa tosse ou espirra. Até mesmo por meio da fala é possível contrair a doença, por isso o uso das máscaras descartáveis é tão importante.

2. Lave sempre as mãos

3

Nunca tussa ou espirre sem cobrir a boca e mantenha as mãos sempre limpas, com água e sabão ou mesmo com álcool em gel. Essa é uma das principais armas contra a gripe H1N1. O ideal é que se evite levar as mãos aos olhos, ao nariz e à boca sem antes lavá-las.

3. Evite aglomerações

2

Jamais se esqueça que lavar bem as mãos, ou usar álcool em gel, sempre que pegar em corrimãos, maçanetas e tocar bancos e apoios no transporte público. O ideal é evitar grandes concentrações de pessoas, já que a gripe H1N1 é transmitida, especialmente, pelo contato direto.

4. Mantenha a imunidade alta

4

Tente controlar o estresse, a ansiedade e se esforce para dormir mais e melhor. Evitar bebidas alcoólicas, drogas, fazer exercícios físicos e controlar a dieta também são métodos relevantes na hora de manter a imunidade em alta e blindar o organismo contra doenças como a gripe H1N1.

5. Evite os pronto-socorros

5

Essa, aliás, é uma recomendação do próprio doutor Drauzio Varella, do Fantástico. Segundo ele, a menos que você apresente sintomas fortes ou pertença ao grupo de risco da gripe H1N1, o ideal é correr dos pronto-socorros, já que esses são lugares ideais para a transmissão da doença, especialmente pela grande quantidade de pessoas.

E, falando em doenças fáceis de se contrair, você deveria ler ainda: 6 doenças transmitidas pela saliva que você não sabia.

Fonte: Consumo Social