Curiosidades

Cronos – Quem foi, origem do Titã e guerra com os filhos

Antes de Zeus ser considerado o rei dos deuses gregos e do Monte Olimpo, ele precisou enfrentar e destronar seu pai: o titã Cronos.

Por P.H Mota

-

De acordo com as crenças dos gregos antigos, Cronos era o mais novo dos titãs. Além disso, também foi o único que teve coragem de enfrentar o próprio pai, Urano.

Após derrotar o próprio pai, Cronos assumiu seu lugar e se tornou rei dos deuses. Mais tarde, seus filhos, com Reia, vão gerar a segunda geração de deuses gregos, os moradores do Olimpo.

Assim como o titã derrotou seu pai, ele temia que seus filhos fizessem o mesmo. Portanto, começou a devorar cada um de seus filhos logo após o nascimento.

Origem

Cronos - quem foi o titã, sua origem e guerra com os filhos
StoryForge Productions

Cronos foi o filho mais jovem nascido do relacionamento de Gaia e Urano. Apesar do pai castigar os filhos com frequência, o jovem deus teve ajuda da mãe e conseguiu derrotar Urano.

Logo após destronar o próprio pai, Cronos se casou com a irmã Reia, com quem teve vários filhos. No entanto, com medo do mesmo destino de seu pai, passou a devorar todas as suas crias no nascimento.

Quando Zeus nasceu, sua mãe o protegeu e deu uma pedra para que Cronos comesse no lugar da criança. Assim, quando Zeus estava crescido e maduro, voltou para desafiar o pai. Zeus conseguiu recuperar os irmãos Poseidon, Hades, Deméter, Hera e Héstia. Alem deles, também libertou os ciclopes, que fabricaram os raios que o deus utilizou para derrotar o pai.

Mitologia

Cronos - quem foi o titã, sua origem e guerra com os filhos
Waggish

Antes de ser incorporado à mitologia dos gregos, Cronos era idolatrado por povos pré-helênicos que o conectavam com a agricultura. Foi só depois de um bom tempo que o deus foi incorporado à mitologia clássica da Grécia.

Dessa maneira, ele pode ser percebido como um símbolo do conflito cultural que marcou a época. Isso porque quando Cronos foi absorvido pelos gregos, ganhou esse tom negativo e perdeu lugar para seus filhos.

O segredo da imortalidade dos deuses também está diretamente ligado a Cronos. Isso porque ele simbolizava o tempo, então sua morte permitiu que os deuses não encontrassem o tempo limite de suas vidas.

Na mitologia romana, ele foi relacionado a Saturno e também simbolizava a agricultura.

Filhos de Cronos

Cronos - quem foi o titã, sua origem e guerra com os filhos
SuperDankFruitDab

Para recuperar seus irmãos, Zeus contou com a ajuda de Métis, símbolo da prudência. Graças a uma poção mágica, Cronos acabou vomitando os filhos, que se tornaram os novos deuses soberanos.

Zeus: deus do céu e do trovão, além de rei dos deuses e do Monte Olimpo

Hera: esposa de Zeus e, portanto, deusa dos deuses

Deméter: deusa da agricultura e das estações do ano

Héstia: deusa das cidades, famílias e do fogo

Poseidon: deus dos mares

Hades: deus do submundo

Fontes: Sua Pesquisa, Portal São Francisco, Brasil Escola, Eventos Mitologia Grega

ImagensSuperDankFruitDab, WaggishStoryForge Productions, Assassin’s Creed

Próxima página »

Escolhidas para você