Curiosidades

20 fatos legais e divertidos sobre Matemática

A matemática é a cicência que relaciona a lógica com situações práticas habituais, veja algumas curiosidades sobre essa disciplina.

Incontáveis ​​milênios atrás, os nossos ancestrais já tentaram somar, subtrair e dividir. Então, quando as sociedades primitivas se formaram gradualmente, a necessidade de registrar quantidades em alguma forma de notação evoluiu para uma linguagem identificável. Esta linguagem era essencialmente matemática.

Portanto, pode-se dizer que os conceitos matemáticos precederam muito a evolução da escrita. Veja a seguir 20 curiosidades da Matemática e surpreenda-se com esses fatos legais!

20 curiosidades legais e divertidas da Matemática

1. Cálculo do volume de uma pizza

Uma pizza que tem raio “z” e altura “a” tem volume que pode ser calculado assim: Pi × z × z × a.

2. Número de possibilidades com cartas do baralho

Um baralho de cartas pode ser classificado em cerca de 8 × 1.067 maneiras diferentes. Isso é um 8 com 67 zeros atrás dele. Para colocar isso em contexto, mesmo que alguém pudesse virar um baralho de cartas a cada segundo de toda a existência do universo, o cosmos morreria antes que eles pudessem localizar sequer um bilionésimo de uma repetição.

Continua após a publicidade

3. Número de Deus

O Cubo de Rubik foi inventado em 1974, mas não foi até 2010 que os matemáticos descobriram o número máximo de movimentos necessários para resolver o quebra-cabeça de qualquer posição inicial.

Conhecido pelos entusiastas do Cube como o Número de Deus, foi finalmente calculado por uma equipe de pesquisadores do Google, o Número de Deus, ao que parece, é apenas 20.

4. Frações decimais de 7

As frações decimais de sete são os mesmos seis dígitos recorrentes, na mesma ordem, mas começando com um número diferente.
1/7 = 0,142857142857…
2/7 = 0,285714285714…
3/7 = 0,428571428571…

5. Seis semanas duram exatamente 10! segundos

Caso você não seja alguém que curte matemática, isso não significa dez segundos, mas dez fatoriais, que é 1 * 2 * 3 * 4 * 5 * 6 * 7 * 8 * 9 * 10. Aliás, existe uma maneira muito legal para visualizar essa curiosidade da matemática:

Continua após a publicidade
  • 3*4*5 segundos em um minuto
  • 6*10 minutos em uma hora
  • 8*√9 horas em um dia
  • 7 dias em uma semana
  • 2*√9 semanas em seis semanas.

(Explicação: √9 é 3 e √9 * √9 = 9, então você acaba com 1 * 2 * 3 * 4 * 5 * 6 * 7 * 8 * 9 * 10, que é 10!).

6. 0,999… = 1

Estranho, mas verdadeiro: 0,999… = 1. A princípio isso parece estar em desacordo com o senso comum porque 0,9, 0,99 e assim por diante são todos menores que 1, então parece que 0,999… (onde os noves duram para sempre ) também deve ser menor que 1.

No entanto, é fácil mostrar que 0,999… = 1. Se x = 0,999…. Então 10 x = 9,999… = x + 9. Subtraindo x dá 9 x = 9, de modo que x = 1. Por outro lado, 1 – 0,999… não é um número muito pequeno, mas é exatamente igual a 0.

7. É impossível pentear todos os cabelos de uma bola de tênis na mesma direção

Esse teste de matemática é chamado de teorema de Henri Poincaré. Ele surgiu no final do século XIX, e há uma maneira muito mais adequada de formulá-lo matematicamente : “não há campo vetorial tangente contínuo não desaparecendo em n-esferas de dimensão par”.

Continua após a publicidade

Em suma, porém, é expresso de uma maneira muito mais simples: “você não pode pentear uma bola peluda sem criar um topete”.

Este teorema, que foi comprovado em 1912 por Brouwer , tem uma consequência interessante: em um planeta esférico ideal, há pelo menos um ponto em que o vento está soprando.

O planeta nem precisa ser perfeitamente esférico, só precisa ser contínuo – como não ter um buraco no meio como uma rosquinha.

8. Pi está em todos os lugares

Esperamos que o número pi apareça sempre que círculos estiverem envolvidos porque suas raízes estão nessa forma. Mas a maravilha do pi é seu hábito de aparecer mesmo quando não há círculo à vista.

Continua após a publicidade

Por exemplo, a série 1/1 2 + 1/2 2 + 1/3 2 + 1/4 2 + 1/5 2 … = 1 + 1/4 + 1/9 + 1/16 + 1/25 … aproxima-se cada vez mais do valor π 2 /6 = 1,645…, à medida que incluímos mais e mais termos.

Vire essa fração de cabeça para baixo e obtemos 6/π 2, que é igual à probabilidade de que dois números, desde que sejam grandes o suficiente, sejam primos – em outras palavras, que não tenham fatores comuns além de 1.

9. Identidade de Euler

Muitas vezes chamada de “a equação mais bonita” e comparada a um soneto de Shakespeare ou a um quadro de Da Vinci, a identidade de Euler é linda porque consegue abranger as cinco constantes neutras da matemática:

eiπ+1=0

Continua após a publicidade
  • 0 – o elemento neutro para adição e subtração,
  • 1- o elemento neutro para multiplicação e divisão,
  • e – o número de Euler, a base dos logaritmos naturais,
  • i – a unidade imaginária, que satisfaz i 2 = −1, e
  • π é pi, a razão entre a circunferência de um círculo e seu diâmetro.

10. A matemática da tribo Piraha

Em uma remota região amazônica do Brasil vive uma tribo, a Piraha, cujos duzentos membros não podem contar além de dois.

Sua palavra para ‘um’ também pode significar ‘alguns’, enquanto ‘dois’ tem dupla função como ‘não muitos’. Qualquer outra coisa é simplesmente ‘muitos’. Eles também não têm como dizer ‘mais’, ‘vários’ ou ‘todos’.

11. O Chifre de Gabriel

Outra curiosidade da Matemática é o Chifre de Gabriel. Em suma, é a superfície formada pela rotação da curva y = 1/ x , uma hipérbole retangular, em torno do eixo x para valores de x maiores que um.

O décimo sétimo físico e matemático italiano Evangelista Torricelli ficou surpreso ao descobrir que, embora o Chifre tenha um volume finito, igual a π unidades cúbicas, ele tem uma área de superfície infinitamente grande!

Continua após a publicidade

Isso parece implicar que, se o chifre fosse preenchido com tinta, não haveria o suficiente para revestir a superfície.

12. A sequência de Fibonacci é uma maravilha da natureza

A sequência numérica de Fibonacci pode ser encontrada na natureza: A soma de dois inteiros anteriores na sequência é usada para gerar essa sequência, que começa em 0 e 1. Por exemplo: 0, 1, 1, 2, 3, 5, 8, 13, 21, 34, etc.

Aliás, a série foi descoberta colocando à prova o processo de criação de coelhos. Além disso, a música “Lateralus” da banda americana de prog metal Tool é composta no tempo com a Sequência Fibonacci.

13. Único número primo par

Existe apenas um número primo que é par: é dois porque todos os outros números pares são divisíveis apenas por ele.

Continua após a publicidade

14. Zero e os algarismos romanos

O único número que não podemos escrever em algarismos romanos é zero: os algarismos romanos não têm zeros. Embora os atenienses estivessem cientes da noção de zero, eles não viam zero como um numeral.

Assim, acredita-se que o termo latino “nulla” teria sido usado para expressar a noção de zero em vez de um numeral romano.

15. Teoria do número perfeito

O menor número perfeito é seis. Um número perfeito é um inteiro positivo que é igual à soma de seus divisores positivos na teoria dos números. Seis é o número menos perfeito de acordo com este critério. (1 + 2 + 3 = 6.). O número a seguir é 28.

16. Googleplex

Outra curiosidade fascinante da Matemática é sobre o Googolplex. Não há espaço suficiente no planeta para escrever um Googolplex. Um googol é definido como um seguido de cem zeros. 1 precedido por um googol zeros é um googolplex. Aliás, esse nome inspirou os fundadores do Google.

Continua após a publicidade

Portanto, se é difícil compreender quanto seria esse número, é porque escrevê-lo resultaria em um número tão grande que, se fosse escrito e publicado em uma série de livros, pesaria mais do que o globo inteiro.

17. Crescimento exponencial

A força do crescimento exponencial é incompreensível. Ao dobrar um pedaço de papel de 0,01 mm 45 vezes, você quase pode alcançar a lua.

18. Maior número primo

257.885.161-1, um número de 17.425.170 dígitos, é o maior número primo descoberto até agora. Um dos PCs exigiu 39 dias de computação contínua para verificar se era primo.

19. Mais sobre números primos

Os únicos números primos que terminam em 2 e 5 são 2 e 5.

Continua após a publicidade

20. Criação dos algarismos romanos

Os algarismos romanos foram criados para negociação. O método de manutenção de registros foi amplamente utilizado em todo o Império Romano para operação diária, permitindo que os romanos valorizassem rapidamente vários produtos e serviços.

Com efeito, os algarismos romanos foram continuamente empregados em toda a Europa após o colapso do Império Romano. No entanto, chegou ao fim em 1600.

Gostou de saber essas curiosidades da Matemática? Pois, leia também: Curiosidades de Física que vão explodir sua cabeça!

Fontes: Megacurioso, Tecmundo 

Continua após a publicidade
Próxima página »

Escolhidas para você