História

Deuses da beleza de diferentes mitologias – Origem e principais atributos

Ao longo da história diversas figuras lendárias ficaram reconhecidas como deuses da beleza em várias mitologias, culturas e religiões.

Por Adelina Lima

-

Desde o início, deuses e deusas são responsabilizados por muitos dos mistérios da vida que personificam poderes abstratos. Desse modo, muitos deles ganharam o amor e a beleza como atributos e elementos-chave em suas histórias.

Portanto, frequentemente, esses ideais de beleza são fundados nas mitologias criadas pelas sociedades. Pode-se encontrar vários desses exemplos em mitos e lendas gregos, mesopotâmicos, romanos, africanos, entre outros.

Continue lendo e confira os principais deuses e deusas da beleza segundo as mitologias de diferentes nações.

Deuses gregos da beleza

Adônis – deus da beleza e do desejo

Fonte: Pinterest

Adônis era o deus da beleza e do desejo na mitologia grega. Inicialmente, ele era adorado na Fenícia (que hoje é o Líbano), mas foi adotado pelos gregos mais tarde. Desse modo, Adônis era filho de Teias, rei da Síria e Esmirna, também filha de Teias. No mito grego, Esmirna se apaixonou por seu pai e o enganou para que ele a engravidasse, assim ela concebeu Adônis.

Apolo – deus da beleza e da música

Fonte: Pinterest

Apolo é um dos deuses mais versáteis do Panteão Grego. Ele é o deus da beleza, música, poesia, arte, medicina, conhecimento e está ligado ao sol. Sua aparência é impecável, ou seja, ele é frequentemente retratado em uma forma humana atlética e jovem.

Narciso – deus da beleza

Deuses da beleza de diferentes mitologias: origem e principais atributos
Fonte: Pinterest

Narciso é uma figura da mitologia grega que era tão incrivelmente bonito que se apaixonou por sua própria imagem refletida na água. Mesmo a adorável ninfa Eco não conseguiu tirá-lo de sua concentração. Assim, Narciso também dá nome a flor em que se transformou, representando todos aqueles obcecados com a própria aparência.

Deusas do amor e da beleza de diferentes mitologias

1. Afrodite – deusa grega

Fonte: Pinterest

Talvez a deusa da beleza mais conhecida de todas as mitologias seja Afrodite. Ela é considerada o epítome da beleza física, fertilidade, amor e prazer. Embora existam várias perguntas sobre seu nascimento, a versão mais comum, sugere que ela nasceu em uma concha do mar como uma pérola se forma em uma concha de ostra. Assim, Afrodite também é uma divindade da água proeminente na mitologia grega.

2. Vênus – deusa romana

Fonte: Pinterest

A deusa romana Vênus abrange amor, beleza, desejo, sexo, fertilidade e prosperidade. Pode-se dizer que ela é a equivalente romana da deusa grega Afrodite e da mesopotâmica Inanna. Apesar de, ironicamente, viver algumas relações proibidas, Vênus era a deusa da castidade na mitologia dos romanos. Como resultado, ela e Marte geraram os filhos Cupido, Timor, Metus, Aeneas e Michael Kahale.

3. Hator – deusa egípcia

Fonte: Pinterest

Hator, que teve muitos papéis diferentes, era uma divindade muito importante na religião egípcia antiga. Ela era a mãe simbólica dos faraós e era a esposa de Rá, o deus do Sol e o deus do submundo. Além disso, ela também representava dança, alegria, música, sexualidade, cuidado maternal e amor.

4. Lada – deusa eslava e báltica

Deuses da beleza de diferentes mitologias: origem e principais atributos
Fonte: Pinterest

Na mitologia báltica e eslava, a deusa Lada é aquela associada à beleza, ao amor e à fertilidade. Há também uma contraparte masculina dela, Lado. Em canções relacionadas ao plantio, época da colheita e também aos casamentos, eles são frequentemente mencionados juntos.

Derivado do russo, o nome Lada significa harmonia, paz e união. Ademais, divindades cujos aspectos se relacionam com o Sol, grãos e água estão intimamente relacionados com Lada.

5. Inanna – deusa mesopotâmica

Fonte: Pinterest

A deusa mesopotâmica Inanna, a “Rainha do Céu”, está representando amor, sexo, beleza, justiça, poder político e guerra. Ela é o equivalente mesopotâmico de Afrodite e está associada ao planeta Vênus, assim como a maioria das deusas da beleza. Dessa forma, seus símbolos mais proeminentes, inclui o leão e a estrela de oito pontas. Inanna era responsável pelo amor, pela procriação e pela luxúria, apesar de ser considerada uma deusa virgem.

6. Sri (Lakshmi) – deusa hindu

Deuses da beleza de diferentes mitologias: origem e principais atributos
Fonte: Pinterest

Sri (“Prosperidade”), também conhecida como Lakshmi (“Fortuna”), é a deusa hindu da beleza, do amor e da riqueza. Esposa de Vishnu, ela nasceu do mar, adulta e linda, assim como a deusa grega Afrodite. De acordo com algumas lendas, até mesmo seu nome traz boa fortuna, espiritualidade, prosperidade e a beleza do mundo terreno. Portanto, o povo hindu acredita que adorá-la proporciona riqueza, prosperidade e confortos materiais.

7. Freia – deusa nórdica

Fonte: Pinterest

Na mitologia nórdica , Freia é a deusa do amor e da beleza, mas também está associada ao sexo, feitiçaria, luxúria, fertilidade, guerra, ouro e morte. Em nórdico antigo, Freia era conhecida como “Freyja”, que significa “senhora”. Existem várias grafias dele, como Freya, Freija, Freyia, Frejya, Frøya, Fröja, Frøjya, Frua, Freja, Freia e Freiya.

8. Oxum – deusa africana

Deuses da beleza de diferentes mitologias: origem e principais atributos
Fonte: Pinterest

Oxum, a deusa africana, é a Mãe da água doce, também conhecida Iemajá em sua forma como a mãe dos mares. Como as deusas egípcias e gregas, Oxum também é a deusa do amor e da beleza. Ela é conhecida por curar os enfermos, trazer música, bem como alegrar os tristes, bem como trazer prosperidade e fertilidade. Por outro lado, ela é a mãe de todos os órfãos e a protetora dos pobres, ou seja, é ela quem lhes dá o que precisam nesta vida, tanto em períodos de força quanto de fraqueza.

9. Astarte – deusa cananeia

Fonte: Pinterest

Na mitologia cananeia, Astarte é a deusa da beleza e do amor. Conhecida também pelo nome de Uni-Astre, Astarte é a rainha do céu. Todos os ídolos feitos em sua homenagem foram chamados Astaroth. Em suma, a deusa da beleza era casada com o deus das tempestades, Baal Hadad, que mais tarde se tornou a divindade suprema de Canaã. Ademais, acredita-se que Astarte é uma dos Elohim, os filhos de Deus.

10. Hedone – deusa grega

Deuses da beleza de diferentes mitologias: origem e principais atributos
Fonte: Pinterest

Por fim, temos outra deusa grega do amor e da beleza. Hedone, nasceu como resultado da união entre Eros (Cupido), filho de Afrodite, e Psiquê, sua amante mortal. Aliás, ela também é considerada a deusa do prazer, deleite e alegria. Com efeito, o termo “hedonismo” origina-se do nome da Deusa Hedone e ressalta a luxúria, a beleza feminina e a sexualidade que Hedone englobava.

Então, curtiu essa lista? Pois, clique e saiba mais sobre o Oráculo de Delfos – Origem, curiosidades e importância arqueológica

Fontes: Dicas de Nomes, Blog da Mitologia Grega

Fotos: Pinterest

Próxima página »

Escolhidas para você