Curiosidades

Doenças virais – Riscos, sintomas, tratamentos e principais doenças

As doenças virais podem ter sintomas parecidos, mas variam entre condições simples, como resfriados, a problemas incuráveis, como AIDS

Por P.H Mota

Já virou piada, no Brasil, dizer que qualquer doença é, na verdade, uma virose. Isso porque realmente há uma série de doenças virais que acometem pessoas ao redor do país – e do mundo – todo, todos os anos.

Algumas viroses são mais simples, como é o caso dos resfriados. Outras, por outro lado, podem nem mesmo ter cura ainda, como é o caso da AIDS.

Os cientistas, aliás, ainda não encontraram em um consenso para dizer os vírus são ou não seres vivos. Isso porque eles não possuem células ou metabolismo, mas possuem material genético próprio e capacidade de evolução.

Características dos vírus

Doenças virais - riscos, sintomas, tratamentos e principais doenças
Medical News Today

Os vírus são marcados principalmente por não ter células. Não apenas isso, os vírus são formados por um ácido nucleico (DNA, RNA ou os dois) envolto por uma cápsula de proteína. Alguns deles podem ser mais evoluídos, assim como os que se envolvem com um envelope membranoso.

Os vírus não possuem enzimas metabólicas ou formas de produzir proteínas e, por isso, precisam parasitar células. Eles são chamados, portanto, de parasitas intracelulares obrigatórios.

As doenças virais são provocadas pelos vírus, que se reproduzem apenas no interior das células. Assim, eles podem desencadear doenças que podem provocar diferentes condições e sintomas.

Continua após a publicidade

Quando estão dentro das células, os vírus podem agir de diferentes formas. Alguns deles podem liberar enzimas de lisossomos após destruir uma célula, enquanto outros provocam doenças virais por conta de seus próprios componentes tóxicos.

Doenças virais

Doenças virais - riscos, sintomas, tratamentos e principais doenças
Frontier Science News

AIDS

Chamada oficialmente de síndrome da imunodeficiência adquirida, é uma doença incurável causa pelo vírus HIV e pode ser transmitida pelo sangue, sêmen e fluidos vaginais, ou seja, relações sexuais.

Catapora

Causada pelo vírus varicela-zoster, provoca o surgimento de bolinhas vermelhas que se tornam feridas pelo corpo.

Caxumba

Também chamada de papeira, parotidite infecciosa e parotidite endêmica, a caxumba é causa por vírus da família Paramyxoviridae, gênero Rubulavírus.

Chikungunya

Semelhante à dengue, é causada causada por um vírus RNA do gênero Alphavirus, conhecido como Chikungunya.

Condiloma acuminado

Também recebe o nome de papilomavírus e é causado pelo HPV, que provoca verrugas na regia genital.

Continua após a publicidade

Dengue

Assim como a Chikungunya, é causada por um arbovírus encontrado em mosquitos do gênero Aedes, no caso, Aedes aegypti.

Ebola

Foi uma das doenças virais de maior impacto no mundo, por causa da alta taxa de mortalidade entre infectados.

Febre amarela

Também é causada por um arbovírus – ou seja, vírus transmitidos por picadas de mosquito – do gênero Flavivirus.

Gripe

Apesar de ser confundida com resfriados, a gripe é causada pelo vírus Influenza e tem sentimentos mais intensos e incapacitantes.

Hantavirose

A hantavirose é causada por um vírus RNA da família Bunyaviridae, gênero Hantavirus.

Hepatite

A hepatite é degeneração do fígado e pode ser causada por diferentes tipos de vírus em cada variação, como HAV (hepatite A), HBV (hepatite B) e HCV (hepatite C).

Continua após a publicidade

Herpes genital

É uma infecção causada pelo vírus do herpes simples (HSV) e transmitida em relações sexuais, provocando lesões, assim, nos órgãos genitais.

Mononucleose Infecciosa

Causada pelo vírus Epstein-Barr (herpes-vírus humano tipo 4), é também chamada de doença do beijo, podendo ser assintomática, ainda que permaneça transmissível.

Poliomielite

Existem dois tipos, sendo uma variação paralítica e outra não-paralítica, ambas causadas pela infecção do poliovírus.

Raiva

É provocada pelo vírus do gênero Lyssavirus, da família Rabhdoviridae e tem uma taxa de letalidade de aproximadamente 100%.

Resfriado comum

Cerca de 50% dos resfriados são provocados por um dos mais de cem sorotipos de rinovírus, além de contágios por meio de coronavírus, influenza, parainfluenza, enterovírus, adenovírus, vírus sincicial respiratório e metapneumovírus.

Rubéola

Causada pelo Rubella virus, pode ser transmitida por meio de espirro ou tosse e provoca o surgimento de erupções vermelhas no corpo.

Continua após a publicidade

Sarampo

É uma doença infecciosa grave provocada pelo vírus Measles morbillivirus e só pode ser evitada por meio da vacinação.

Varíola

Foi causada por uma das duas formas do vírus da varíola (variola major e variola minor) e foi considerada erradicada em 1980, pela Organização Mundial de Saúde.

Zika

Apesar de também ser um arbovírus, o zika tem risco superior a outras doenças virais como dengue, febre amarela e chikungunya.

Sintomas

Doenças virais - riscos, sintomas, tratamentos e principais doenças
Pranahaus

As doenças virais são muito comuns e possuem sintomas muito parecidos, o que dificulta o diagnóstico preciso. É por isso que a menção a possibilidade de virose é tão comum em diagnósticos médicos precoces. No entanto, é importante que exames específicos sejam feitos para especificação do quadro, caso os sintomas persistam.

As doenças mais comuns causam febre, dor de cabeça e no corpo, falta de apetite e indisposição, mas outras podem gerar sintomas mais específicos.

Icterícia: a pele e a mucosas do corpo ficam amareladas, o que pode indicar hepatite.

Continua após a publicidade

Bolhas vermelhas que coçam muito: em doenças virais como catapora, por exemplo, elas aparecem pelo corpo do paciente.

Paralisia: pode ser percebida em casos de poliomielite.

Inchaço e dor nas glândulas salivares: acontecem em casos de infecção de caxumba.

Verrugas genitais: são percebidas em infecções sexuais, como o HPV, por exemplo.

Manchas vermelhas no corpo: ajudam a diagnosticar doenças como zika e rubéola.

Coriza: é o nariz escorrendo, que costuma ser sinal de gripes ou resfriados.

Continua após a publicidade

Tratamento e prevenção

Doenças virais - riscos, sintomas, tratamentos e principais doenças
CSIROscope

A maioria das doenças virais não possui medicamento específico. Isso significa, portanto, que os tratamentos são utilizados para combater os sintomas. Além de medicamentos, o paciente deve buscar hidratação, alimentação e repouso.

Algumas doenças, no entanto, podem ser tratadas com remédios que inibem a reprodução do vírus. Isso pode ser percebido em tratamentos contra a proliferação do herpes vírus ou no controle da reprodução do HIV.

Como cada doença possui uma forma diferente de transmissão, é preciso se prevenir de formas variadas. A principal delas é a vacinação, que pode combater condições como poliomielite, sarampo, rubéola, caxumba, hepatite B, febre amarela e gripe.

No caso de doenças como condiloma acuminado ou AIDS, pode haver ainda transmissão por relação sexual sem proteção. Sendo assim, o uso de camisinha também é essencial para se proteger dessas e outras doenças.

Doenças virais que são transmitidas por vetores, como dengue, zika e chikungunya são prevenidas com o controle dos vetores. Ou seja, evitar o acúmulo de água, guardar garrafas com a boca para baixo, limpar terrenos e calhas, proteger caixas d’água, etc.

Fontes: Só Biologia, Brasil Escola

Continua após a publicidade

Imagem de destaque: National Geographic

Próxima página »

Escolhidas para você