Dor no peito: quando é hora de buscar ajuda?

A dor no peito é um sintoma que desperta preocupação. Para evitar desespero, veja os sintomas das doenças graves associadas a esse incômodo.

Homem sentindo dor no peito

As dores no peito são sintomas de muitos tipos de condições, desde alguns casos pouco preocupantes até outros bastante graves. Em razão da possibilidade de ser algo sério, muitas pessoas, ao sentir esse desconforto, já se desespera e corre imediatamente ao pronto-socorro.

Obviamente, buscar ajuda médica é sempre a melhor opção, no entanto, nem sempre é necessário se angustiar por estar sentindo dor no peito e, muito menos, esperar o pior por causa desse incômodo.

A fim de evitar esses pensamentos aflitos e preocupados, iremos apresentar alguns outros sintomas que podem surgir junto com a dor no peito em casos graves. Mas é importante que o atendimento profissional seja procurado assim mesmo, combinado? Só queremos evitar emoções ruins desnecessárias, mas os cuidados devem sempre ser priorizados.

Veja também: Benefícios surpreendentes do consumo de água para a saúde

Continua após a publicidade

Quando a dor no peito precisa de atenção?

1. Infarto

Sem dúvida, o primeiro pensamento de uma pessoa leiga que começa a sentir dor no peito é o de que ela está sofrendo um infarto. Muito provavelmente, a gente tende a imaginar o pior até mesmo como um mecanismo de defesa que faz com que a gente aja mais rapidamente a fim de resolver aquela questão. Além disso, sabemos que as doenças cardíacas são as principais causas de morte no Brasil e no mundo.

Mesmo sendo um medo muito comum, vários indivíduos sequer sabem o que é, de fato, um infarto. Segundo estudantes de cursos da área de saúde da Unicatólica, o infarto é:

Continua após a publicidade

“um processo de morte do tecido (necrose) de parte do músculo cardíaco por falta de oxigênio, devido à obstrução da artéria coronária. O grande motivo disso acontecer é a aterosclerose, doença em que placas de gordura se acumulam no interior das artérias coronárias, chegando a obstruí-las. Em grande parte dos casos, isso acontece porque podem se formar coágulos nas artérias que já estão espessas de camadas de gorduras, impedindo o fluxo sanguíneo da coronariana.”

É muito importante a gente deixar claro também que embora a dor no peito seja o sintoma mais conhecido nos casos de infarto, ele não aparecerá sempre, haverá casos em que serão outros indícios que vão revelar o problema.

Continua após a publicidade

Assim, saber esses outros sinais é essencial, inclusive, para excluir a suspeita de infarto em casos em que o desconforto torácico surgir. De acordo com trabalho acadêmico publicado na Brazilian Journal of surgery and clininal research, alguns desses outros sintomas são:

  • sudorese,
  • náuseas,
  • palidez,
  • vômito e
  • em alguns casos, podendo ocorrer uma síncope.

Outra questão que é interessante pontuar é que a dor no peito em casos de infarto é persistente, costuma iniciar subitamente e com muita intensidade, é localizada sobre o esterno – região entre as costelas próxima ao coração – e que se irradia para o braço esquerdo e também para a mandíbula.

Leia também: Alimentos que reduzem o risco de infarto

2. Embolia pulmonar

Embora não seja tão conhecida como o infarto, a embolia pulmonar também é grave e apresenta dentre seus principais sintomas a dor no peito, sobretudo, na inspiração. Para ficar mais clara a seriedade dessa condição, é importante entendermos um pouco melhor do que se trata.

Continua após a publicidade

De modo geral, a embolia pulmonar é bloqueio ou entupimento de uma artéria pulmonar por depósito de coágulos ou outros tipos de materiais sólidos. Essa obstrução do vaso sanguíneo impede que o sangue rico em oxigênio saia do pulmão e chegue ao coração para que seja bombeado para todo o corpo. Assim, a pessoa poderá entrar em choque e morrer, caso a quantidade baixa de sangue seja bombeada ou se o coração precisar se esforçar excessivamente.

Essa condição também pode apresentar outros sintomas, conforme vemos no manual Embolia pulmonar: sinais de alerta e cuidados multiprofissionais:

  • dificuldade de respiração,
  • palpitações e
  • sensação de desmaio iminente ou desmaio.

Veja também: Remédios caseiros para falta de ar

Como evitar as dores no peito?

Antes de mais nada, precisamos sempre lembrar que as dores no peito estão associadas a muitas condições, como gases, ansiedade e pânico, refluxo e gastrite, entre outras que são bem menos preocupantes do que as que colocamos anteriormente. Dessa forma, o mais importante para evitar ter esse tipo de desconforto é prevenindo tudo o que pode causá-lo, certo?

Continua após a publicidade

E todo mundo sabe que nada mais efetivo para isso do que manter uma vida saudável e os meios mais indicados são:

  • alimentação balanceada,
  • exercícios físicos regulares,
  • check-ups médicos,
  • sono de qualidade,
  • momentos de lazer,
  • evitar o consumo de álcool e outras drogas,
  • descanso.

São hábitos simples que podem fazer toda a diferença na manutenção do nosso bem-estar.

Por fim, a gente deixa reforçado que, em caso de qualquer dor ou desconforto no peito, não deixe de procurar atendimento médico, mesmo que você não apresente nenhum outro sintoma mencionado como grave, viu? Quanto mais cedo descobrir a razão, menor o risco de se ter complicações.

Fontes: CHN, Manual MSD, Americas Med

Continua após a publicidade

Bibliografia:

de Andrade Silva, M. B., de Souza Santos, J. S., de Araujo Pedro, F. M., da Silva, W. G., de Melo, M. R. T. T., Silva, L. L., … & dos Santos Gomes, A. C. M. (2023). Embolia pulmonar: sinais de alerta e cuidados multiprofissionais. Estudos Avançados sobre Saúde e Natureza4.

Fernandes, B. E. D.; Santos, A. K. de O.; Santos, R. S. de S..(2021) Infarto agudo do miocárdio. Encontro de Extensão, Docência e Iniciação Científica (EEDIC), [S.l.], v. 8, nov.

Oliveira, L. A. M., & DE, M. (2019). Cuidados de enfermagem ao paciente com infarto agudo do miocárdio: uma revisão integrativaBrazilian Journal of sugery and clinical research28(3), 77-79.

Continua após a publicidade

Outras postagens