História

Guerreiros de elite – Quem eram e 5 classes que já existiram na história

Na história da humanidade já existiram muitos guerreiros de elite e nós fizemos uma lista com cinco dos mais interessantes. Confira agora!

Certamente, a história da humanidade é recheada de batalhas e guerra. Por isso, a figura dos guerreiros, de diversas classes diferentes, povoam nosso passado.

Além disso, muitas dessas classes de guerreiros são retratadas a exaustão hoje na cultura popular. Um dos maiores exemplos são os espartanos, lembrados até hoje em filmes, livros e quadrinhos.

Em contraste, existem outros da cultura oriental, muito imaginados no ocidente, mas que poucas pessoas conhecem de verdade. Os mongóis, aliás, são ótimos exemplos.

Está curioso para descobrir mais sobre esses guerreiros e essas batalhas? Então o Segredos do Mundo reuniu cinco classes de guerreiro para lhe mostrar.

Continua após a publicidade

Confira 5 classes de guerreiros de elite que já existiram na história

1 – Legionários romanos

5 classes de guerreiros de elite que já existiram na história
Pinterest

Primeiramente, os antigos romanos eram guerreiros notáveis que ousavam na incorporação de armas e na hora de modificar formações. Além disso, consistia nas divisões básicas do exército romano e eram compostas por, em média, 5 mil soldados.

Eles eram treinados para manusear armas defensivas e ofensivas. Os equipamentos contavam com o gládio (espada curta de dois gumes), o pilo (um dardo de madeira com ponta de ferro), a hasta (uma lança feita de madeira ou ferro), escudo, a lorica (uma couraça de couro e metal), assim como a gálea (capacete) e a casse (elmo).

Além disso, os soldados são das classes mais pobres, enquanto os oficiais normalmente eram patrícios. Por fim, os legionários só podiam se aposentar depois de 25 anos de serviço, e quando isso ocorria, eles recebiam de Roma uma pequena pensão e um pedaço de terra em uma das províncias.

2 – Mongóis

5 classes de guerreiros de elite que já existiram na história
Público

Primeiramente, os mongóis foram um dos grupos de guerreiros mais temidos do passado. Eles conquistavam, dominavam e destruíam tudo pelo caminho. Consequentemente, eles estabeleceram o maior império do mundo no século 13. Eles eram arqueiros incrivelmente hábeis que disparavam contra os inimigos ainda montados sobre seus cavalos.

Continua após a publicidade

Acima de tudo, os guerreiros mongóis iam para as guerras equipados com vários tipos de flechas. Enquanto atacavam, produziam sons uivantes para desorientar seus oponentes. Além disso, suas armaduras consistiam em várias camadas de couro endurecido revestidas com chapas de aço.

3 – Espartanos

5 classes de guerreiros de elite que já existiram na história
AH

Inicialmente, os espartanos começavam a treinar para a guerra desde a infância. Eles eram tirados de casa por volta dos 6 anos de idade para serem treinados. Aos 12 anos os exercícios se intensificavam dramaticamente, e o objetivo era criar um exército sempre pronto para a guerra.

Consequentemente, o exército espartano é considerado como o mais forte de sua época, composto por guerreiros dispostos a lutar até a morte. Os soldados contavam com um peitoral de metal para proteger o torso, grevas sobre as canelas, couraça de bronze, o hóplon (ou escudo) e capacete. Com respeito às armas, as mais usuais eram as espadas curtas e as Dory (lanças com ponta de metal).

4 – Vikings

5 classes de guerreiros de elite que já existiram na história
Yahoo

Acima de tudo, os vikings foram um dos guerreiros mais populares do mundo inteiro. Com seus machados, eram extremamente violentos. Em suas embarcações com cabeças de dragão e velas vermelhas, e sede por sangue, saiam explorando novas regiões europeias matando e roubando, como também descobrindo.

Continua após a publicidade

Acima de tudo, os vikings não usavam capacetes com chifres, e sim artefatos feitos de couro, metal ou uma combinação dos dois materiais. Além disso, eles não vestiam armaduras, preferindo túnicas com algum revestimento em couro ou casacos quando fazia muito frio.

Por fim, os vikings também carregavam belas espadas, lanças e facas, assim como escudos. Acima de tudo, sua arma principal era o Berserkers, guerreiros vikings mais temíveis de todos, famosos pelo comportamento enlouquecido que apresentavam antes das batalhas.

5 – Guerreiros egípcios

5 classes de guerreiros de elite que já existiram na história
Mega Curioso

Também chamados de Bravos do Rei, os guerreiros egípcios atuaram durante o Império Novo e compunham um exército formado por civis abastados e prisioneiros de guerra. Após serem capturados, recebiam treinamento para desenvolver habilidades de batalha.

Dentre os guerreiros, haviam os que lideravam as batalhas e os que cuidavam da segurança pessoal do faraó. Além disso, a estrutura do exército se dividia entre os mesha (ouinfantaria), os Medjay (ou tropas auxiliares da Núbia), a marinha e os sennyw (ou soldados que conduziam os carros de guerra).

Continua após a publicidade

Por fim, os guerreiros egípcios costumavam ir para as batalhas armados com arco e flecha, lanças, machados de guerra, clavas e atiradeiras.

Você gostou dessa matéria? Então você também vai gostar dessa: Aviões de guerra, 8 mais potentes e poderosos que existem

Fonte: Mega Curioso

Imagens: History

Continua após a publicidade
Próxima página »

Escolhidas para você