Curiosidades

Homem de Ferro – Origem e história do herói no Universo Marvel

O Homem de Ferro foi criado para ser um personagem odiado pelos leitores, para só depois poder conquistá-los com sua redenção.

Atualizado em 31/07/2020

Homem de Ferro é um personagem de quadrinhos, criado por Stan Lee e Larry Lieber. Além da dupla de roteiristas, os desenhistas Jack Kirby e Don Heck, também fizeram parte do desenvolvimento.

O personagem surgiu em 1963, como resposta a um desafio pessoal de Stan Lee. O roteirista queria desenvolver um personagem que pudesse ser odiado, para, então, ser amado pelo público.

O Homem de Ferro fez sua estreia na revista Tales of Suspense #39, da Marvel Comics.

Biografia

Homem de Ferro - origem e história dentro do Universo Marvel
Universo Estendido

O alter-ego do Homem de Ferro é o bilionário Tony Stark. Mas, antes de ser bilionário, Tony era apenas o filho único da família Stark. Com uma relação ruim com seu pai – Howard Stark -, ele acabou sendo enviado para um internato aos seis anos de idade. Em meio a estudantes do ensino médio, Tony acabou se destacando como gênio prodígio.

Quando tinha 15 anos, Tony ingressou no programa de graduação do MIT, onde se tornou mestre em física e engenharia elétrica. Enquanto estudava, também conheceu outro jovem gênio: Bruce Banner. Ao longo da vida, Tony e Bruce desenvolveram uma grande rivalidade científica.

Aos 20 anos, Tony acabou se voltando para uma vida ociosa e nômade. Depois de se envolver com mulheres ligadas aos rivais de seu pai, Tony foi proibido de se relacionar e decidiu passar a curtir a vida viajando o mundo. Entretanto, aos 21 anos, precisou voltar para casa, depois que seus pais foram mortos e ele foi apontado como principal herdeiro das Indústrias Stark.

Homem de Ferro

Homem de Ferro - origem e história dentro do Universo Marvel
Screen Rant

Com poucos anos de trabalho, Tony transformou a empresa num gigante complexo bilionário. Trabalhando principalmente com investimento em armamento e munições, ele acabou fazendo parte de uma apresentação no Vietnã.

Durante o conflito militar no país, Tony acabou sendo vítima de um ataque de granada, mas sobreviveu. Apesar disso, ficou com estilhaços de explosivo próximos ao seu coração. Ao mesmo tempo, ele fora feito prisioneiro e forçado a desenvolver uma arma.

Mas, ao invés de desenvolver a arma para seu sequestrador, Tony acabou criando um dispositivo que o mantivesse vivo. Logo após garantir sua sobrevivência, também criou a primeira versão da armadura do Homem de Ferro e escapou.

Desde então, Tony aperfeiçoou e desenvolveu novas versões da armadura, sempre com destaque para cores vermelho e dourado. Durante o início de suas aventuras, Tony Stark dizia que o Homem de Ferro era seu guarda-costas. Na época, apenas sua secretária, Virginia “Pepper” Potts, e Harold “Happy” Hogan conheciam seu segredo.

Alcoolismo e outros problemas de saúde

Homem de Ferro - origem e história dentro do Universo Marvel
Filmquisition

As Indústrias Stark acabaram entrando em falência por influência de Obadiah Stane (criador do Monge de Ferro). A crise financeira levou Stark a um período de alcoolismo e instabilidade emocional. Durante essa fase, ele chegou a agredir Pepper e a ser preso várias vezes.

Por causa disso, ele acabou deixando de lado a armadura do Homem de Ferro e a ofereceu para o ex-militar James Rhodes. No entanto, a armadura deixava Rhodes cada vez mais agressivo, pois estava calibrada para agir em união com a mente de Tony.

A partir daí, ele decidiu destruir todos os trajes inspirados no original, mas isso não impediu que sua própria saúde estivesse sendo destruída. A influência da máquina estava destruindo seu sistema nervoso. Isso, somado a um tiro que sofreu, fez com que ele ficasse paraplégico.

Dessa maneira, Stark decidiu produzir a armadura Máquina de Combate, que podia ser controlada à distância. A armadura acabou ficando com Rhodes, depois que Tony se recuperou da paraplegia com a ajuda de um biochip.

Guerra Civil e memória

Homem de Ferro - origem e história dentro do Universo Marvel
Where to Start Reading

O Homem de Ferro foi um dos principais pilares da Guerra Civil da Marvel. Após um acidente provocado pelo uso de superpoderes, o governo americano criou uma lei que obrigava o registro de cidadãos com habilidades especiais. Sendo assim, os heróis se dividiram em dois lados.

Em um dos lados, Capitão América lutava pela liberdade de todos. Do outro, o Homem de Ferro apoiava o governo e a luta pela criação da lei. O conflito acaba terminando com a vitória do lado do Homem de Ferro, depois que o Capitão se entregou.

Mais tarde, Tony teve papel fundamental na decisão de exilar o Hulk num outro planeta. Quando o gingante esmeralda acabou voltando para a Terra, Tony foi o primeiro a enfrentá-lo, com a armadura Hulkbuster.

Após a resolução da situação com Hulk, Tony, no comando da SHIELD, foi incapaz de lidar com a invasão dos alienígenas Skrulls. Dessa maneira, a agência acabou sendo substituída pela HAMMER (ou MARTELO), comandada pelo Patriota de Ferro, Norman Osborn.

Para derrotar a nova agência, Tony decidiu apagar a última cópia dos atos de registro de heróis. Mas ela estava, na verdade, em seu cérebro. Sendo assim, ele acabou extremamente debilitado e foi derrotado por Osborn. Apesar disso, Pepper conseguiu ferir a credibilidade do vilão, vazando documentos sobre a agência.

Por conta do impacto que gerou nas informações do cérebro, Tony ficou em estado de suspensão e precisou ser salvo pelo Doutor Estranho. Ele foi recuperado, mas ficou sem memória dos eventos que ocorreram após a Guerra Civil.

Fontes: AminoApps, CineClick, Rika

ImagensWhere to Start Reading, Universo EstendidoScreen RantFilmquisitionWhere to Start Reading