Ciência & Tecnologia

Hormônios da felicidade: quais são e como eles podem ser estimulados

Aqui estão cinco dos principais neurotransmissores e hormônios da felicidade, além de maneiras de aumentá-los.

Se você pensa que sentimentos e emoções são apenas produtos de nossas ações ou situações de vida, está equivocado. Pelo contrário, o cérebro de um ser humano é uma fonte de substâncias neuroquímicas, neurotransmissores ou hormônios que se autoproduzem e nos fazem sentir todos os tipos de emoções, incluindo felicidade e amor.

Em suma, o corpo humano produz centenas desses produtos químicos, e a maioria deles ainda não foi identificada pela ciência. Os pesquisadores trabalham na descoberta de todos os neuroquímicos. Mas, é muito improvável que saibamos tudo o que há para saber sobre esses incríveis produtos químicos que afetam nossos sentimentos durante a nossa vida.

No entanto, conhecemos as moléculas cerebrais mais importantes que controlam nosso bem-estar, as quais você confere a seguir.

Quais os principais tipos de neurotransmissores?

Neurotransmissores são mensageiros químicos liberados na fenda sináptica pelos neurônios. Em suma, eles mantêm sinais no sistema nervoso ligando-se a receptores em neurônios pós-sinápticos e desencadeando impulsos elétricos. Além disso, eles também ativam respostas por órgãos efetores (como contração nos músculos ou liberação de hormônio das glândulas endócrinas).

Os neurotransmissores podem ser excitatórios ou inibidores em seu efeito (alguns podem ser ambos, dependendo do receptor ao qual se ligam); e se diferenciam da seguinte forma:

  • Neurotransmissores excitatórios desencadeiam a despolarização, aumentando a probabilidade de uma resposta;
  • Neurotransmissores inibitórios desencadeiam hiperpolarização, diminuindo a probabilidade de uma resposta;

Exemplos de neurotransmissores

1. Adrenalina

A adrenalina é principalmente um hormônio liberado pela glândula adrenal, mas alguns neurônios podem secretá-la como um neurotransmissor. Desse modo, ela aumenta a frequência cardíaca e o fluxo sanguíneo, levando a um impulso físico e maior consciência; bem como é produzida durante situações estressantes ou emocionantes.

Continua após a publicidade

2. Noradrenalina

Em contraste com a adrenalina, a noradrenalina é predominantemente um neurotransmissor que ocasionalmente é liberado como um hormônio. Dessa forma, ele contrai os vasos sanguíneos e aumenta o fluxo sanguíneo, melhorando a atenção e a velocidade na qual as ações responsivas ocorrem.

3. GABA

Este neuroquímico, em resumo, inibe o disparo de neurônios no SNC – níveis elevados melhoram o foco, enquanto níveis baixos causam ansiedade. Aliás, ele também contribui para o controle motor e visão.

4. Acetilcolina

Envolvido no pensamento, aprendizagem e memória dentro do cérebro; a acetilcolina ativa a contração muscular do corpo e também está associada à atenção e ao despertar.

5. Glutamato

O glutamato é o tipo de neurotransmissor cerebral mais comum. Com efeito, ele regula o desenvolvimento e a criação de novas vias nervosas e, portanto, está envolvido no aprendizado e na memória.

4 hormônios da felicidade e como estimulá-los

Quando se trata de felicidade, amor e bem-estar, existem efetivamente 4 neurotransmissores ou hormônios principais que desempenham papéis muito importantes na regulação dessas emoções: Dopamina, Oxitocina, Serotonina e Endorfina.

1. Dopamina

Em primeiro lugar, a dopamina nos ajuda a permanecer motivados. Dá-nos a determinação para aprender, cumprir nossos objetivos, desejos e necessidades pessoais (físicas e emocionais).

Continua após a publicidade

No entanto, muita dopamina pode ser prejudicial. Assim, o ímpeto que sentimos da onda de prazer reforçador pode se tornar viciante. Seu cérebro libera dopamina ao:

  • Alcançar uma meta, ter sucesso, completar uma tarefa
  • Satisfazer uma necessidade ou desejo
  • Praticar o autocuidado
  • Comer uma comida saborosa
  • Dormir o suficiente
  • Comer alimentos que podem aumentar os níveis de magnésio, ômega-3 e vitamina D

2. Oxitocina: o hormônio do amor

Em segundo lugar, a oxitocina também é conhecida como “hormônio do amor” ou “hormônio do afeto”. Este produto químico nos permite construir e manter relacionamentos íntimos. Ademais, ajuda-nos a criar laços, a estabelecer sentimentos de confiança e a promover emoções positivas duradouras.

A oxitocina também estimula nosso sistema imunológico, tornando-nos mais resistentes ao estresse. Ao contrário da dopamina, a oxitocina nos dá uma sensação duradoura de calma e segurança. Seu cérebro libera oxitocina ao:

  • Ter contato físico
  • Acariciar animais
  • Socializar, se reunir com amigos
  • Ajudar os mais necessitados
  • Fazer um elogio
  • Receber uma massagem

3. Serotonina

A serotonina, dessa forma, nos recompensa com uma sensação maravilhosa quando experimentamos poder ou status social. Ou mesmo quando sentimos confiança em nos aceitarmos. Contudo, os baixos níveis deste hormônio frequentemente estão relacionados à depressão e outros transtornos de humor. Seu cérebro libera serotonina ao:

  • Tomar sol
  • Fazer uma imersão na natureza
  • Meditar
  • Praticar atenção plena
  • Ver fotos antigas
  • Consumir alimentos ricos em triptofano, como carboidratos com baixo IG, como: muffins, torradas de massa fermentada, bananas, arroz integral e aveia.

4. Endorfina

Por fim, as endorfinas são a resposta do nosso corpo ao estresse e à dor. Esses produtos químicos nos fazem sentir uma sensação repentina de euforia para mascarar a dor física. Aliás, as endorfinas também ajudam no estresse, ansiedade e depressão.

As endorfinas, em suma, são responsáveis ​​pela chamada “euforia do corredor”. Isso frequentemente ocorre em corredores, desafiando e ultrapassando seus limites físicos. Seu cérebro libera endorfina ao:

Continua após a publicidade
  • Ouvir música
  • Assistir um filme
  • Praticar exercício físico
  • Rir
  • Comer chocolate amargo
  • Comer comidas picantes

Então, gostou de saber mais sobre os neuroquímicos da felicidade? Pois, leia também: 10 línguas mais fáceis de aprender

Próxima página »

Escolhidas para você