Curiosidades

Kartikeya, quem é? História e origem do deus da guerra

Kartikeya é filho de Shiva e Parvat e irmão de Ganesha. Ele é o protetor dos humanos contra os vícios e luta contra um demônio

Atualizado em 10/08/2020

Kartikeya é uma divindade da mitologia indiana, considerado o deus da guerra. Primeiramente, é preciso ressaltar que ele é filho de outros dois deuses: Shiva e Parvati. Além disso, ele vive no Monte Kailash ao lado de seus pais e de seu irmão Ganesha.

Além de Kartikeya, o deus hindu também pode ser conhecido como Murugan, Skanda, Kumara e Subrahmanya. Ademais, essa divindade é bastante popular no sul da Índia, Sri Lanka, Singapura e Malásia.

A história de Kartikeya é bastante diversa e há várias versões possíveis. Mas, de modo geral, ele é conhecido como o deus filósofo da guerra. Além disso, a divindade é adorada por ter sido um grande guerreiro que derrotou o demônio Taraka.

Antes de mais nada, é necessário dizer também que o número seis aparece constantemente na história desse deus. Isso porque, de acordo com a mitologia indiana, seriam seis os vícios aos quais o ser humano está suscetível: sexo, raiva, ganância, paixão, ego e ciúmes.

A criação de Kartikeya

Kartikeya- História e origem do deus da guerra
Fonte: Qwi Wiki

Inicialmente as estrelas, também conhecidas como Krithikas eram em seis, cada uma delas casada com um sábio. Elas atuavam isoladamente como uma espécie de mãe substituta e dertilizando as sementes de Shiva. Desse modo, nasceram seis meninos.

Após darem a luz aos meninos, suas mães os jogaram em uma floresta. Sendo assim, os seis meninos se fundiram em um só. Dessa fusão, surgiu Kartikeya. A figura que surgiu era atlética, alta e forte, atributos essenciais para um guerreiro.

Kartikeya nasceu a fim de derrotar o demônio Taraka. Isso porque o ser maligno atormentava a harmonia entre os deuses, além de atrapalhar as estações do ano. Por isso, logo ao nascer, o deus foi considerado o comandante-chefe das forças divinas.

O deus da guerra tem um temperamento muito diferente do de seu irmão. Isso acontece porque Kartikeya nasceu somente de Shiva e, por isso, era uma guerreiro nato. Enquanto isso, Ganesha nasceu apenas de Parvati e, por isso, é mais pacífico.

Representação física

Kartikeya- História e origem do deus da guerra
Fonte: Pinterest

Por ser um exímio guerreiro, Kartikeya é comumente representado com porte atlético. Diversos elementos iconográficos rondam o deus e mostram o real motivo pelo qual ele foi criado. De um modo geral, essas são as principais características atribuídas a ele:

  • Jovem e bonito;
  • Pele brilhante;
  • Em uma mão segura lança, seta, espada, disco, laço, escudo e uma concha;
  • Na outra mão faz um gesto de benção;
  • Pode ser representado com uma cabeça ou com seis;
  • Às vezes é representado sentado em um pavão ou ao redor do animal;
  • Pode ser representado com doze braços;
  • Pode aparecer com o dorso de um pavão;
  • Utiliza armas;
  • Pode estar cercado por galos

Nos templos do deus Shiva, Kartikeya pode aparecer como a figura de um guardião. Além do mais, ele também pode ser representado ao lado de sua esposa Devasena. A lança do deus também tem um significado especial.

Conhecida como sakti, a arma simboliza a destruição do mal e de tendências negativas. Os adoradores de Kartikeya acreditam que o deus pode os defender contra o mal e abençoar para que obtenham coisas boas em suas vidas.

Rivalidade com Ganesha

Kartikeya- História e origem do deus da guerra
Kartikeya implicando com Ganesha. Imagem: Histórias para yoga

Uma das lendas mais conhecidas envolvendo Kartikeya está relacionada com seu irmão, Ganesha. Os irmãos eram muito diferentes, tanto na aparência física como na personalidade. Mas, por seus atributos de guerreiro, o deus da guerra se considerava superior ao irmão.

Um dia, no meio de uma discussão, os irmãos foram surpreendidos por um sábio conhecido como Narada que passava pelo local. Então, o sábio propôs o seguinte desafio: o irmão que desse primeiro a volta ao mundo, ganharia uma manga encantada.

Enquanto Ganesha estava interessado no prêmio, Kartikeya queria apenas o título de vencedor. O deus da guerra montou em seu pavão e saiu voando. Já o irmão optou por completar a tarefa em cima de um rato que se movia muito lentamente.

Kartikeya- História e origem do deus da guerra
Kartikeya, Ganesha e seus pais. Fonte: História para yoga

Narada então questionou Ganesha se ele estaria realmente interessado em ganhar o prêmio. O irmão de Kartikeya foi até seus pais, deu a volta neles e disse que estava dando a volta em torno do seu mundo e, portanto, ganhou a competição.

Ao retornar, Kartikeya fica indignado com a situação e alega que Ganesha não estava certo. Então, para conciliar os irmãos, Narada propõe dividir a manga entre os dois, fato que o deus da guerra acaba aceitando, mesmo a contragosto.

O que achou da história de Kartikeya? Talvez você possa se interessar por essa outra matéria sobre deuses hindus: Deuses Indianos – As principais divindades do hinduísmo

Fonte: Histórias para Yoga, Compra Zen, Qwe Wiki, Pousada Ganesh

Imagens: Glorious Hinduism, PinterestHistórias para YogaQwe Wiki

Por <a href='https://segredosdomundo.r7.com/author/amandasales/' rel='dofollow' class='dim-on-hover'>Amanda Sales</a>
Por Amanda Sales
Jornalista, escritora, redatora e social media. Gosto de coisas demais para caber aqui. Instagram: @tobemcansada