Curiosidades

Lúcifer: como o anjo foi expulso e se transformou no Diabo

Lúcifer é o rei do inferno. No entanto, segundo a mitologia cristã, ele já foi um dos anjos mais poderosos e amados por Deus antes de "cair".

Lúcifer é um dos personagens mais interessantes da mitologia cristã e, certamente, a representação do mal. Apesar disso, sua escuridão é também um reflexo da luz, ou seja, do bem. Isso por que ele já fez parte do exército de anjos de Deus.

Segundo a Bíblia, no segundo dia da criação, depois de já ter feito o dia e a noite, Deus criou o céu. Aliás, nesse momento, também surgiram os anjos. Entre eles, inclusive, estava Lúcifer.

Ele era mais um dos querubins e, assim como todos os outros, era um dos mensageiros de Deus. Além disso, ele impressionava a todos pela sua beleza única.

Acima de tudo, esse anjo rebelde teve como maior pecado sua vaidade. Basicamente, ele se deixou levar por sua beleza e alta posição na hierarquia celeste. Então, orgulhoso, ele decidiu que queria construir seu trono acima de Deus e convenceu um terço dos anjos a apoiá-lo.

Continua após a publicidade

Lúcifer – A batalha pelo Paraíso

Como Lúcifer foi expulso do paraíso + como se tornou o Diabo
História do Mundo

Inicialmente, a tradição cristã conta que Lúcifer se transformou em um Dragão para lutar na Batalha pelo Paraíso. Provavelmente este é o mesmo Dragão que aparece no livro de Apocalipse, com sete cabeças e dez chifres.

O Arcanjo Miguel comandou o lado do bem. Consequentemente, ele é representado em muitas pinturas com uma lança, uma espada flamejante ou um escudo com a frase latina “Quis ut Deus?” (“Quem é como Deus?”).

Como Lúcifer foi expulso do paraíso + como se tornou o Diabo
Aleteia

A batalha aconteceu e o exército de rebeldes não foi suficiente para vencer as hostes celestiais. Os perdedores foram enviados para o inferno, por isso são chamados de anjos caídos.

A ideia é que no inferno eles deveriam arder no fogo por toda a eternidade. Lúcifer pagou um preço maior. Ele foi transformado em Satanás, ou Satã.

Continua após a publicidade

Satã jurou vingança, prometendo destruir a raça humana. Além disso, ele disfarçou-se de serpente para se insinuar no Jardim do Éden. Consequentemente, convenceu Eva a provar o fruto da árvore da vida e dividi-lo com Adão, causando a expulsão do casal.

Você gostou dessa matéria? Então você também vai gostar dessa: 4 supostas marcas do Diabo na Terra

Fonte: Mundo Estranho

Imagens: Gospel Prime

Continua após a publicidade
Próxima página »

Escolhidas para você