Curiosidades

Musas da mitologia grega – Origem e história das 9 divindades

As musas da mitologia grega são conhecidas por inspirar inventores, tanto no campo da arte quanto das diversas ciências que existem.

Por Cecília Fernandes

Em primeiro lugar, as musas da mitologia grega fazem parte do panteão de divindades da Grécia Antiga. Nesse sentido, são conhecidas pela capacidade de inspirar a criação artística ou científica. Além disso, deram origem na história da humanidade ao conceito de musa como referência ou inspiração.

A princípio, as musas são nove filhas de Mnemosine, a deusa da memória, e são fruto de um relacionamento extraconjugal da divindade com Zeus, o deus dos deuses. Desse modo, também fazem parte do Monte Olimpo, ainda que com menor poder. No geral, sua origem está associada com o trabalho de Hesíodo, que as nomeou e descreveu detalhadamente.

Comumente, as musas da mitologia grega são descritas como acompanhantes do deus Apolo, que as liderava a sua maneira. Ademais, as habilidades do deus do Sol foi responsável por mantê-las jovens e belas. Por outro lado, as musas ainda eram capazes de ver o futuro, curar a tristeza, a dor e ferimentos menores.

Além disso, tendem a ser associadas com a habilidade de cantar, o que aprenderam com Apolo. Em resumo, todas as nove musas formam um coro harmônico e encantador, responsável por inspirar novas invenções. Sendo assim, costumavam ser cultuadas por filósofos, matemáticos, estudiosos e até reis da Antiguidade, principalmente na região de Trácia ou em Pieria.

Musas da mitologia grega, quem são? Origem e história das 9 divindades
Fonte: Fala Universidades

Quem são as nove musas da mitologia grega?

A princípio, as musas da mitologia grega apareceram primeiramente na obra Teogonia, do poeta grego Hesíodo. Nesse sentido, o autor narra em seus versos que somente se tornou poeta por influência das musas. Logo em seguida, descreve-as com detalhamento. Por fim, conheça-as a seguir:

1) Calíope, a musa mais velha dentre as irmãs da mitologia grega

Musas da mitologia grega, quem são? Origem e história das 9 divindades
Fonte: Pinterest

Em primeiro lugar, Calíope era a primogênita de Mnemosine e Zeus. Sendo assim, inspirava a eloquência e fluidez, o que Hesíodo descreveu como característica fundamental para que ela fosse responsável pelos reis.

Desse modo, a primeira musa acompanhava os reis para que seus discursos fossem fluentes, mais belos e assertivos. Sendo assim, costuma ser representada carregando uma tabuleta e um buril, mas por vezes pode ser vista portando um poema épico. Por fim, sua posição como irmã mais velha é identificada pelo uso de grinaldas e até coroas de ouro.

2) Clio

Musas da mitologia grega, quem são? Origem e história das 9 divindades
Fonte: Clio, História e Literatura

Acima de tudo, o nome dessa musa da mitologia grega significa proclamadora, o que a associou como musa da História. Normalmente, é representada carregando um clarim heroico e a clepsidra.

Ademais, Clio é a responsável pelas celebrações, em especial para conferir títulos e famas aos indivíduos, inclusive aos semideuses. Em contrapartida, ainda tem associação com a implantação do alfabeto fenício na Grécia Antiga.

3) Euterpe, a musa da música e inventora da flauta

Musas da mitologia grega, quem são? Origem e história das 9 divindades
Fonte: Pinterest

Primeiramente, Euterpe corresponde à musa da poesia lírica e por consequência da música. Desse modo, costuma estar representada por portar uma flauta, uma de suas invenções. Além disso, é descrita como uma jovem alegre, carregando uma coroa de flores e rodeada de instrumentos ou partituras.

4) Tália

Musas da mitologia grega, quem são? Origem e história das 9 divindades
Fonte: Speglich

Sobretudo, dentre as musas da mitologia grega é Tália quem personifica a comédia e a festividade. Nesse sentido, costuma ser responsável por inspirar artistas circenses e atores que trabalham com entretenimento. No geral, é representada carregando uma máscara cômica, mas também é possível vê-la com ferramentas como um clarim, característico dos atores da comédia antiga.

5) Melpômene, a musa da tragédia

Musas da mitologia grega, quem são? Origem e história das 9 divindades
Fonte: Pinterest

Ao contrário de sua irmã, Melpômene representa a tragédia entre as mudas da mitologia grega. Sendo assim, carrega consigo a máscara trágica para representar o oposto complementar de sua irmã Talia.

Por outro lado, ainda apresenta as feições rígidas e tende a estar bem vestida, apesar de utilizar coturnos gastos. Em resumo, seu nome significa “o melodioso”, o que a associa ao gênero do melodrama e também às tragédias gregas.

6) Terpsícore

Musas da mitologia grega, quem são? Origem e história das 9 divindades
Fonte: Pinterest

Em primeiro lugar, Terpsícore é a musa da dança na mitologia grega, mas também fazia parte do coral com suas irmãs. Desse modo, sua representação a envolve em roupas leves e em constante movimento. Ademais, ainda é considerada a mãe das sereias dentro de algumas culturas.

7) Érato, a musa do erotismo e dos desejos

Ilustração de Érato para exemplificação do item
Fonte: Pinterest

Curiosamente, Érato é a musa dos versos eróticos, representada como uma jovem ninfa. Nesse sentido, ficou conhecida por inspirar o amor e o desejo em artistas, trazendo novas emoções às invenções. No geral, sua representação a envolve com uma lira e tons de rosa ou vermelho.

8) Polímnia

Ilustração de Polímnia para exemplificação do item
Fonte: Speglich

No geral, Polímnia representa a musa dos hinos sagrados, mas também da narração de histórias. Desse modo, tende a representada com uma atitude reflexiva e trajada em um vestido branco.

Porém, existem versões que a colocam como musa da dança, ao lado de sua irmã Terpsícore. Contudo, nessas narrativas Polímnia inspira uma dança sagrada, ao contrário da irmã.

9) Urânia, a mais nova dentre as musas da mitologia grega

Ilustração de Urânia para exemplificação do item
Fonte: ECV

Por fim, Urânia costuma ser apresentava como a última irmã dentre as musas da mitologia grega. Comumente, a apresentam como a musa da astronomia, carregando consigo um compasso ou um globo celeste. Ademais, suas vestimentas e acessórios personificam a galáxia e o céu estrelado.

E aí, gostou de conhecer sobre as musas da mitologia grega? Então leia sobre Nos braços de Morfeu – Origem e significado dessa expressão popular.

Fontes: Mitologia Grega BR | Fala Universidades | Jafet

Imagens: Fala Universidades | Mitografias | Pinterest | Speglich | Clio, História e Literatura | ECV

Próxima página »

Escolhidas para você