Curiosidades

Músicas de festa junina clássicas que não podem faltar em sua festa

Festas juninas são um marco nessa época do ano e existem alguns clássicos das músicas de festa junina que não podem faltar na sua festança

A festa junina está batendo na porta, e já tem muita gente ansiosa para a festa. Certamente você também adora essa data, que reuni muitos elementos clássicos da cultura brasileira. Apesar de quase todo mundo ficar pensando nas comidinhas tipicas, as músicas de festa junina clássicas também chamam a atenção.

Além de dar o tom da comemoração anual, elas também embalam as danças clássicas. Provavelmente você dançou no minimo nas festas juninas da escola. Além disso, deve-se lembrar dos comandos básicos, como “olha a cobra… é mentira” ou “a ponte quebrou… já concertou”.

Levando tudo isso em consideração, uma coisa é certa, as músicas de festa junina são incríveis. Acima de tudo, você lembra de algumas delas? Nós vamos te ajudar, uma vez que selecionamos as principais para você.

Confira 10 músicas de festa junina clássicas que não podem faltar na festa

Asa Branca (Humberto Teixeira e Luiz Gonzaga)

Continua após a publicidade

Primeiramente um grande clássico dessa época do ano. Da mesma forma que Asa Branca é uma ótima música, ela também é uma das mais amadas das festas juninas. Além disso, ela é do lendário Gonzaguinha.

Cai, Cai Balão (Assis Valente)

Certamente você conhece essa música, que também é inesquecível. Da mesma forma que ela consegue colocar todo mundo para dançar, ela também aciona a memória afetiva sobre o passado de todo mundo.

Chegou a Hora da Fogueira (Lamartine Babo)

Continua após a publicidade

Finalmente um clássico interpretado por uma voz feminino. Além disso, essa é uma música que embalou o São João de muita gente, e também serviu como trilha sonora para a dança tradicional.

Eu Só Quero um Xodó (Dominguinhos)

https://www.youtube.com/watch?v=hAo-HHNhyJ0

Certamente você já percebeu que as músicas do Dominguinhos são uma constante nessa época. Além disso, ele estará nessa lista muitas vezes ainda.

Festa do Interior (Gal Costa)

Continua após a publicidade

Provavelmente Gal Costa é um dos maiores nomes da música nacional, e ela também está presente nas músicas clássicas desse período. Além disso, ela também é mais uma interprete feminina para essa lista.

Isso Aqui Tá Bom Demais (Dominguinhos)

Novamente Dominguinhos estrela essa lista, e acima de tudo com muita qualidade e beleza. Devido a sua habilidade com a música, podemos ver que os seus sons são os mais inesquecíveis da época. Além disso, suas músicas alcançam o nosso coração.

O Sanfoneiro Só Tocava Isso (Haroldo Lobo e Geraldo Medeiros)

Continua após a publicidade

O Xote das Meninas (Zé Dantas e Luiz Gonzaga)

Pula a Fogueira (Getúlio Marinho e João Bastos Filho)

Sonho de Papel (Alberto Ribeiro)

Esperando na Janela (Raimundinho do Acordeon, Targino Gondim e Manuca Almeida)

Continua após a publicidade

Forró do Xenhenhém (Alcione)

Frevo Mulher (Zé Ramalho)

Naquele São João (Trio Nordestino)

Nosso Xote (Bicho de Pé)

Continua após a publicidade

Pedro, Antonio e João (Benedito Lacerda e Oswaldo Santiago)

Prenda o Tadeu (Clemilda)

São João na Roça (Luiz Gonzaga)

https://www.youtube.com/watch?v=gtyn_4iE5Pk

Uai Uai (Ney Matogrosso)

Continua após a publicidade

Você gostou dessa matéria? Então você também vai gostar dessa: 25 expressões populares brasileiras e suas origens

Fonte: M de Mulher

Imagens:  Tribuna de Jundiaí

Continua após a publicidade
Próxima página »

Escolhidas para você