O que acontece com o cérebro de quem usa cogumelos alucinógenos?

Quem aí já ouviu falar em “chá de cogumelos”? Parece coisa de hippie, mas não é. Muita gente por aí costuma consumir cogumelos alucinógenos para pegar um “barato”, mas até pouco tempo, os cientistas não sabiam o que rolava dentro do cérebro das pessoas que usavam a droga.

Isso, no entanto, mudou recentemente. Um estudo mostrou que a psilocibina, o princípio ativo presente nos cogumelos alucinógenos, age diretamente na área do cérebro que costuma ser ativada enquanto sonhamos.

Cogumelos alucinógenos x raciocínio complexo

Outra reação interessante observada na atividade cerebral dos voluntários durante a ação da psilocibina está relacionada com o raciocínio complexo e a autoconsciência. De acordo com os testes, essas regiões, pareciam descoordenadas; ao mesmo tempo em que a área responsável por conexões mais primitivas do cérebro, como o pensamento emocional, foram ativadas ao mesmo tempo.

É por isso que pessoas que tomam chá de cogumelos alucinógenos costuma relatar o que vêem como se estivessem dentro de um sonho. Interessante, não? Mas, claro, usar drogas nunca é bom, por isso, não caia na tentação de sentir essa sensação na pele!

Efeito terapêutico

Conforme os cientistas, a meta agora é descobrir possibilidades de usar drogas alucinógenas, como os cogumelos e o LSD, com finalidades terapeutas e sem os efeitos colaterais que elas proporcionam, como a dependência. No caso da psilocibina, por exemplo, os cientistas acreditam que possa ajudar na cura da depressão, por ser capaz de romper padrões e paradigmas de pensamentos.

E aí, você imaginava que fosse mais ou menos assim os efeitos colaterais dos cogumelos alucinógenos? Agora, já que estamos falando em drogas, você pode gostar de conferir ainda: 5 drogas usadas como remédio no passado.

Fonte: Revista Galileu, Imperial College