Curiosidades

O que é gore? Origem, conceito e curiosidades sobre o gênero

Para entender o que é gore precisa-se conhecer os gêneros de terror e as principais características das obras nesse universo.

Para entender o que é gore precisa-se conhecer mais sobre os gêneros cinematográficos, principalmente o terror. Nesse sentido, define-se gore como um subgênero dos filmes de terror. Sobretudo, tem como característica básica a presença de cenas muito violentas e sangrentas.

Também com o nome splatter, a representação gráfica de sangue e violência é o pilar principal desse subgênero. Portanto, utiliza-se muitos efeitos especiais para apresentar com maior realidade possível. Dessa forma, tem um interesse forte na vulnerabilidade do corpo humano, mas também na dramatização da mutilação humana.

Como consequência, a principal intenção desse gênero é chocar e atingir o espectador, de forma física, psicológica ou ambos. No geral, o gênero abrange a literatura, música, jogos eletrônicos e artes, mas sempre com muita polêmica ao redor. Acima de tudo, a formatação do que é o gore para criar sensações desagradáveis gera muita controvérsia sobre sua produção e consumo.

Em outras palavras, porque é feito desde sua concepção para criar desespero, ansiedade, medo e pânico, há uma discussão grande sobre ser entretenimento ou não. Curiosamente, há quem diga que se trata de um terror psicológico comercializável, pois o foco das obras não são as histórias. Por outro lado, o gore tem como foco a exploração dos limites humanos.

O que é gore? Origem, conceito e curiosidades sobre o gênero
Despertar dos Mortos (1978)

Origem do gore

A princípio, a definição de o que é gore partiu inicialmente do cinema splatter, um termo original do diretor George A. Romero. No geral, esse foi um importante diretor e idealizador de filmes de zumbis. Curiosamente, existe um gênero específico para essas obras nos Estados Unidos, e Romero consagrou-se com suas produções.

Como exemplo de seus filmes, pode-se citar A Noite dos Mortos Vivos (1968), O Despertar dos Mortos (1978) e a Ilha dos Mortos (2009). Nesse sentido, cunhou o termo cinema splatter que posteriormente se tornaria o que é gore atualmente. Sobretudo, a expressão surgiu como autodesignação para o gênero de sua obra O Despertar dos Mortos, citada anteriormente.

Continua após a publicidade

Apesar disso, a crítica negou que seria um gênero específico, porque a obra de Romero teria um cunho mais específico de comentário social. Portanto, ainda que apresentasse quantidades estratosféricas de sangue cenográfico, não tem o objetivo de ser apelativo. No entanto, a partir desse ponto houve grande desenvolvimento da ideia, e o termo tornou-se popular com o tempo.

Sendo assim, houve um maior desenvolvimento do conceito e de o que é gore. Em especial no que diz respeito à uma diferenciação com os outros subgêneros de terror. Por exemplo, o terror psicológico e o gore diferenciam-se de maneiras opostas. Por um lado, o gore apresenta violência extrema, com conteúdo perturbador, sangue e vísceras.

Em contrapartida, o terror psicológico aborda poucas questões visuais e mais perspectivas imaginativas. Ou seja, trabalha com paranoias, perseguições mentais, desconforto e a mentalidade do espectador. Contudo, o gore é mais próximo do body horror que escancara as violações do corpo humano, mas não necessariamente abusa do uso de sangue nas cenas.

Curiosidades sobre o gênero

Como exemplo de obras que são subgênero gore pode-se citar Banquete de Sangue (1963), O Albergue (2005) e Centopeia Humana (2009). Porém, há ainda produções mais modernas, como Grave (2016), cuja exibição contou até mesmo com pessoas passando mal na sala de cinema.

Em contrapartida, o gore é um gênero muito comum em desenhos animados sádicos. Por exemplo, Happy Tree Friends e Mr. Pickles mostram uma enorme quantidade de sangue e o sofrimento dos personagens de maneira cômica. Ou seja, é uma estratégia de humor que utiliza da sátira e de elementos macabros.

Continua após a publicidade

Por outro lado, quando se pensa em animes, a questão muda um pouco porque existe uma atmosfera mais assustadora e séria, e não ambientada na comédia. No geral, conhece-se o gore em especial conteúdos da deep web, uma zona da internet com conteúdos de caráter ilegal, imoral e assustador.

Nesse sentido, há ainda o crescimento de conteúdos pornô com gore, onde há a combinação violência gráfica e imagens sexuais. Sobretudo, também são materiais de cunho ilegal, cuja vigilância está em crescimento. Como consequência, há um aumento no número de polêmicas sobre o gênero.

E aí, aprendeu sobre o que é gore? Então leia sobre Sangue doce, o que é? Qual a explicação da Ciência

Próxima página »

Escolhidas para você