Mundo Animal

Ataque de cachorro bravo – O que fazer se isso acontecer?

Afinal, o que fazer para se proteger e evitar um ataque de cachorro bravo? Essa matéria pode salvar sua pele algum dia, caso seja atacado.

Atualizado em 27/03/2020

Cachorros costumam ser fofos e super companheiros. Mas, como você já deve ter descoberto ao longo da vida, nem todos são amigáveis assim. Mais dia, menos dia, a gente corre o risco de enfrentar um ataque de cachorro mais agressivo.

Claro que essa é uma tremenda má sorte. Porém, será que você saberia o que fazer se fosse atacado por cachorro? Você saberia como agir para evitar que ele lhe morda?

Se você ficou perdido em meio a essas perguntas, caro leitor, não deixe de acompanhar essa matéria, porque o que vamos ensinar aqui pode salvar sua pele algum dia. Por isso, selecionamos algumas recomendações de adestradores sobre como se proteger em um ataque de cachorro bravo.

Se seguir as dicas abaixo, muito provavelmente você assumirá o controle da situação e despistará o cão, sem que ele se sinta acuado e tenha o impulso de agredir você.

O que fazer em um ataque de cachorro?

1. Mantenha a calma

Assim como outros animais, os cães podem sentir o medo dos humanos. Então, por mais que você esteja com medo, tente manter a calma diante de um cão agressivo. Portanto, não grite e evite balançar os braços ou correr. Porque essas reações ansiosas podem fazer com que o cão entenda que você vai atacá-lo.

2. Anda devagar

Se você estiver correndo, por exemplo, quando um cachorro agressivo cruzar seu caminho, a dica é: diminua a velocidade imediatamente. Em seguida, tente mudar de direção e observe o cachorro discretamente. Isso pode fazer com que ele perca o interesse em você.

3. Jamais olhe o cachorro nos olhos

Certamente, manter contato visual direto com o animal já irritado pode transmitir a ideia de desafio ou de agressão ao cachorro. Para evitar que ele ataque, portanto, olhe sempre para o cão de forma discreta. Esse é um sinal de paz e ajuda o animal a entender que você não é um inimigo.

4. Distraia o cão

Um pacote que você esteja carregando, seu tênis, uma garrafa PET, uma mochila ou bolsa e qualquer outro objeto serve como distração. Ou seja, como algo que ele possa morder, antes de chegar aos seus braços ou pernas. Enquanto o animal estiver ocupado, você vai poder se distanciar (sem correr ou fazer movimentos bruscos).

5. Diga “Não!”

Se, depois de tudo isso, o cachorro ainda demonstrar atratividade, “ordene” (preste atenção nessa palavra) que ele vá embora. Para isso, você precisa manter a voz segura e autoritária, mas sem gritar. O comando “Não!” é a forma mais simples de conseguir alguma reação de afastamento do cachorro. A palavra deve ser dita de forma autoritária, para dar um pequeno susto no cão com sua autoridade e fazer com que ele desista e vá embora sem atacar.

Agora, um aviso importante: se você for atacado por cachorro e levar uma mordida, procure atendimento profissional. Além de cuidar do ferimento, é aconselhado tomar vacina antirrábica.

E, por falar em cães, você precisa conferir também: 10 raças de cachorro que foram desfiguradas pelo homem.

Fonte: BBC, Runner’s World, Incrível

Por <a href='https://segredosdomundo.r7.com/author/renata/' rel='dofollow' class='dim-on-hover'>Thamyris Fernandes</a>
Por Thamyris Fernandes
Jornalista pela PUC Goiás. Já flertou com assessoria de imprensa, passou um tempo em jornais impressos e encontrou na internet seu habitat natural. Basicamente, uma taurina curiosa. Gosta de vinho, café, livros, um bom papo e aconchego. Ama o que faz e faz o que ama por aqui. Instagram: @thamyriscf