Ciência & Tecnologia

O que são os buracos negros? A Nasa explica

Todos nós ouvimos falar com frequência dos buracos negros, porém, na prática quase ninguém sabe o que eles são de verdade. A NASA explica.

Se você ligar a sua TV no National Geographic Brasil a qualquer momento, corre o risco de acabar assistindo um programa sobre os buracos negros. Para a falar a verdade, se colocar em qualquer noticiário, a notícia que estiver passando no momento pode ser sobre esse assunto.

Ao entrar no YouTube, não é impossível que encontre algum canal especializado em astronomia falando sobre os benditos buracos negros.

Se acha que o assunto está te perseguindo, e resolve dar uma volta, não passe em frente em nenhuma banca de revista, pois a Scientific American deste mês pode trazer os buracos negros na capa. No fim das contas é bom nem olhar para o céu, e não correr o perigo de lembrar desse assunto.

Os buracos negros são populares, e nós ouvimos sobre eles a todo momento, porém, você sabe dizer o que eles são? Bom, a NASA sabe.

Continua após a publicidade

O que são os buracos negros?

Você sabe o que são os buracos negros? A Nasa explica

Os buracos negros são um dos maiores mistérios do universo. Ainda sim, nós já possuímos algumas informações básicas sobre eles. Na prática, segundo informações da NASA, os buracos negros são certas regiões do espaço aonde a gravidade tem um poder incrivelmente forte, sendo capaz de sugar até a própria luz que existe no ao redor.

Continua após a publicidade

O nascimento de um buraco negro se dá com a morte de uma estrela. Quando uma estrela implode, sua densidade se torna infinita e a massa acumula em um único ponto.

Os buracos negros podem ser dos mais variados tamanhos. Ele pode ser do tamanho da massa do sol multiplicada por milhões. Ele também pode ser do tamanho de um átomo – porém, ainda sim com um poder devastador.

Continua após a publicidade

O que mais a NASA sabe sobre eles?

Você sabe o que são os buracos negros? A Nasa explica

Os buracos negros são invisíveis a olho nu, por isso são necessários equipamentos para conseguir localiza-los. Ainda sim, é preciso muita atenção, uma vez que mesmos com equipamentos pode ser complicado identifica-los.

Aliás, recentemente, telescópios flagraram a primeira imagem de um buraco negro no espaço. A boa notícia é que as terias acertaram direitinho a aparência dele.

De acordo com estimativa da NASA, hoje existem 10 milhões de buracos negros por ai.

Continua após a publicidade

E se está com medo de um buraco negro engolir a Terra, saiba que não existe a menor chance de isso acontecer. O buraco negro mais próximo de nós está a 24 mil anos luz de distância.

Você gostou dessa matéria? Então também vai gostar dessa aqui: Como sobreviver ao fim do universo, segundo ciência

Fonte: Mega Curioso

Continua após a publicidade

Próxima página »

Escolhidas para você