Curiosidades

Origem da pizza – Como surgiu, primeira pizzaria e sua história no Brasil

A origem da pizza causa muita confusão, mas independente se veio dos italianos ou não, ou mesmo do sabor da pizza, conquistou todos.

Um dos pratos mais apreciados pelos brasileiros é a famosa pizza, e não importa qual seja o sabor. Seja ela de muçarela, calabresa, portuguesa ou margherita, pois há sabores para todos os gostos. Mas, ao contrário do que todos acreditavam, a origem da pizza não é totalmente italiana.

A verdadeira origem da pizza ainda é um mistério, mas há algumas hipóteses com relação a quem realmente a criou.

Na verdade, acredita-se que a pizza teve sua origem há muitos séculos atrás. Acredita-se que foram os povos egípcios os primeiros a criarem uma massa similar, semelhante a pizza como conhecemos hoje.

Porém, mesmo não sendo os criadores da pizza, foram os italianos que deram um toque final, criando variações de sabores, e principalmente, acrescentando tomate e queijo muçarela à massa.

Continua após a publicidade

Hoje, a pizza é uma parte fundamental da culinária italiana, elaborada com uma massa fermentada de farinha de trigo, tendo o seu formato redondo.

E como cobertura, molho de tomates e produtos diversos, com alguma espécie de queijo, carnes defumadas, manjericão ou orégano, legumes e frutas. Claro, não podemos esquecer as pizzas doces com, chocolate, banana ou sorvetes. Porém, nem sempre a pizza foi feita da mesma forma que é feita hoje em dia.

Continua após a publicidade

Origem e história da pizza

Imagem: Ponto com pizza

A história da pizza teve início com o povo egípcio e hebreu, há mais ou menos seis mil anos. Mas naquela época, a massa era uma mistura de farinha com água, conhecida como pão de Abrahão, cuja semelhança se compara aos pães sírios atuais.

Anos depois, os gregos acrescentaram arroz à massa de farinha e água, e colocavam para assar sobre tijolos aquecidos, chamava-se piscea, o que depois provavelmente originou o nome pizza.

Continua após a publicidade

Já os fenícios, em 300 a.C, pegaram a massa dos gregos e acrescentaram em cima, cebola e carne.

Mais tarde, durante a Era Medieval, os turcos muçulmanos, mantiveram o costume dos fenícios, porém, trocaram a carne e cebola por carne de carneiro e iogurte fresco. Assim, durante as Cruzadas, no século 11, os turcos desembarcam na Itália, no porto da cidade de Nápoles.

A iguaria fez sucesso em Nápoles, porém, inicialmente foram acrescidos somente ervas típicas da região e azeite de oliva. Assim, a pizza se tornou um prato barato, mas que conseguia matar a fome. Por isso, era bem popular entre a população mais pobre.

Mas o grande toque que fez da pizza um fenômeno cultural, foi quando os italianos acrescentaram a mussarela e o tomate. Considerado como o toque final, o tomate, recém-chegado da América, através dos espanhóis, no século 16.

Continua após a publicidade

Inicialmente, a pizza era servida como um calzone, ou seja, dobrada ao meio, somente depois que chegou a forma final, redonda e aberta.

Inicialmente, a pizza era vendida pelos vendedores ambulantes, que usavam alimentos baratos como toucinho, peixes fritos e queijo, para nutrir a população pobre do sul da Itália.

Primeira pizzaria do mundo

Imagem: Consumer

Com o sucesso cada vez maior da pizza, em 1830, foi inaugurada a primeira pizzaria conhecida, a Antica Pizzeria Port’Alba, em Nápoles. A pizzaria era bem frequentada, tanto pelos napolitanos, quanto por artistas célebres como o romancista e dramaturgo francês, Alexandre Dumas.

A pizza foi amplamente difundida durante o século 19, não apenas na Itália, mas em todo o mundo. E ao longo dos anos, mais ingredientes foram acrescentados à massa da pizza, e assim, novos sabores criados.

Continua após a publicidade
Imagem: Globo

Foi assim que, em 1889, o primeiro pizzaiolo da história, o Dom Raffaele Espósito, um padeiro da cidade de Nápoles, criou o sabor de pizza Margherita.

Para homenagear ao rei Umberto I e a rainha Margherita, o pizzaiolo criou uma pizza com as cores da bandeira da Itália, verde, vermelho e branco. E para isso, utilizou muçarela, tomate e manjericão. Como a rainha ficou tão encantada com o prato, Dom Raffaele resolveu dar seu nome a pizza, nascendo assim, o sabor de pizza margherita.

Origem da pizza no Brasil

Imagem: Tribuna

Com a chegada dos imigrantes italianos no Brasil, em 1910, trouxeram com eles a receita da pizza italiana. Quanto à primeira pizzaria no Brasil, ela foi aberta no bairro do Brás, em São Paulo.

Inicialmente, os brasileiros não aderiram muito bem o novo prato, porém, em 1950, a pizza se tornou popular por todo o país. Hoje, a pizza é tão parte da cultura brasileira quanto da italiana.

Continua após a publicidade

A prova disso é que em todo o país, mais de um milhão de pizzas são produzidas por dia, sendo que o estado de São Paulo é responsável por mais da metade desse total.

Uma curiosidade sobre a pizza no Brasil é que a cidade de São Paulo é a segunda cidade que mais consome pizza no mundo, perdendo apenas para a cidade de Nova Iorque, Estados Unidos.

E claro, que não podia faltar uma data para comemorar esse amor pela pizza, em 1985, o dia 10 de julho foi escolhido para comemorar o dia da pizza no Brasil.

Então, o que achou da história da origem da pizza? Se você gostou da matéria, veja também: Comer pizza pode ajudar você a emagrecer, segundo a ciência. 

Continua após a publicidade

Fontes: Infoescola, Pizzeria Millano, Pizza Prime, Origem das coisas

Imagens:

Próxima página »

Escolhidas para você