Ouvidos entupidos: por que isso acontece em viagens de avião?

Quem nunca percebeu os ouvidos entupidos durante uma viagem de avião, um pouco depois da decolagem ou durante o pouso? Se isso acontece com você, fique sabendo que não é um “problema pessoal” e que este mal acomete a maioria das pessoas que estão em um avião em movimento.

Mas, afinal de contas, porque será que isso acontece? Aliás, seria bom saber também o deixa os ouvidos entupidos também em outras situações, como quando entramos em alta velocidade em um túnel, ou quando descemos uma serra em um carro ou ônibus, não acha?

6

Pressão do ar x ouvidos entupidos

Pois, para quem ainda não sabia, todo problema é causado pelo efeito da pressão do ar, ou melhor dizendo, pela mudança brusca de pressão.

Conforme o professor de Física Aplicada da Universidade de Alcalá, Antonio Ruiz de Elvira, nessas ocasiões, os ouvidos ficam entupidos porque precisamos de um tempo de adaptação para o corpo lidar com esse “golpe” e restabelecer o equilíbrio da pressão no duto de comunicação entre as vias nasais e do ouvido, chamado Trompa de Eustáquio.

5

Tímpano retraído

Em entrevista ao site O Globo, o otorrinolaringologista do Hospital São Francisco na Providência de Deus, Fernando Portinho, explicou que a mudança de pressão faz com que essa trompa se feche e o tímpano, no final do canal auditivo, se retraia.

Isso causa o efeito dos ouvidos entupidos, e, em alguns casos, como em crianças (que têm trompas mais curtas) pode causar até mesmo dor.

2

No entanto, ninguém precisa entrar em pânico se perceber que os ouvidos ficam tampados nesses momentos. Tanto no caso do avião, quanto caso da descida de uma serra de carro, como dissemos antes, assim que a pressão se restabelecer, o incômodo passará.

O que fazer para melhorar?

Agora, se você não tem paciência de esperar que o entupimento passe sozinho existem alguns truques que podem ser feitos.

A menor maneira, segundo o médicos, é fazer o ar circular pela Trompa de Eustáquio por meio da deglutinação, quando você mastiga um chiclete e engole a saliva, por exemplo). Um outro métodos é a Manobra de Valsalva, que nada mais é que tampar o nariz e forçar a ventilação interna das narinas.

7

O incômodo só se torna realmente preocupante, segundo o médico, caso os ouvidos entupidos permaneçam assim por mais de dois dias.

Neste caso, o mais aconselhável é procurar ajuda médica, já que a mudança de pressão, dependendo da intensidade, pode perfurar o tímpano, embora casos extremos assim sejam raros.

4

E, falando em situações complicadas para nossos ouvidos, descubra também: O que fazer se um inseto entrar em seu ouvido?

Fontes: O Globo, Mega Curioso, El Mundo