Ciência & Tecnologia

Paralisia do sono: entenda o que é e porque ela acontece

Esse estado acontece durante o sono REM, quando acontecem os sonhos mais vívidos e, por isso, a paralisia do sono pode ser tão aterrorizante.

A paralisia do sono é uma experiência relativamente comum. Estima-se que um em cada quatro indivíduos a experimentará involuntariamente em algum momento da vida.

Ela ocorre quando o cérebro acorda do estado de sono REM, que é quando acontecem os sonhos mais vívidos. Porém, quando isso acontece,  o corpo continua paralisado. Essa desconexão entre o cérebro e os músculos do corpo pode causar sintomas aterrorizantes.

Quais são as causas da paralisia do sono? Existem coisas que você possa fazer para evitar experimentá-la?

Paralisia do sono: o que é e porque ela acontece

Existem alguns fatores que afetam a paralisia do sono e que estão além do seu controle, mas alguns comportamentos auto-induzidos podem potencialmente desencadear um episódio de paralisia do sono.

Ao aprender como certas causas podem potencialmente levar à paralisia do sono, você pode ser mais capaz de evitá-la.

Continua após a publicidade

Paralisia do sono como uma extensão do estado de sonho

A paralisia do sono é simplesmente uma extensão do estado de sonho (chamado REM), portanto, é tecnicamente inofensiva. No entanto, não é algo que as pessoas tentam repetir quando a experimentam, pois pode ser desagradável.

As pessoas experimentam incapacidade de se mover, falar ou controlar seu corpo, apesar de estarem conscientes. Às vezes é acompanhada de alucinações, que contribuem para a natureza desagradável da situação.

Entendendo as causas

As causas da paralisia do sono são surpreendentemente mundanas, apesar das elaboradas explicações dadas por algumas pessoas. Para entender melhor o que é a paralisia do sono, imagine que haja dois estados de consciência: estar dormindo e acordado. Normalmente, há um período de transição entre esses estados.

Elementos da consciência podem ser preservados – como a consciência do seu ambiente – enquanto aspectos do sono podem começar (como sonhar). Normalmente, essa transição é breve e sem complicações.

Continua após a publicidade

No entanto, uma transição prolongada ou interrompida pode predispor você a experiências incomuns de paralisia do sono.

Regulando e interrompendo o REM

A paralisia do sono está diretamente relacionada a um problema que regula o sono REM. É durante o REM que nosso corpo fica paralisado, de modo que somos capazes de sonhar. Esse relaxamento muscular, chamado atonia, às vezes pode ocorrer enquanto você está acordado. Como tal, você será incapaz de se mover, mesmo se estiver consciente. Esta é uma das características comuns da paralisia do sono.

Claramente, existem certos gatilhos de paralisia do sono. Muitas vezes ocorre durante períodos de privação de sono e estresse. Muitas pessoas experimentam quando o horário de sono é interrompido, não importando o motivo. Aqueles com distúrbio do sono por turnos de trabalho estão em um risco superior. Se você tentar dormir durante o dia, é mais provável que ocorram interrupções do sono.

Além disso, é possível ativar experimentalmente a paralisia do sono interrompendo o REM. Em um ambiente controlado (como um estudo do sono), isso poderia ser tentado – e já comprovado em laboratório.

Distúrbios psiquiátricos

Também parece haver uma forte associação com transtornos psiquiátricos, como ansiedade e depressão. O uso de álcool ou outras drogas também pode provocar um ataque de paralisia do sono. Para algumas pessoas, uma história familiar de paralisia do sono se torna evidente, embora uma causa genética da doença não seja conhecida.Posição de dormir

Continua após a publicidade

A maioria das pessoas com paralisia do sono relata que ocorre quando elas estão dormindo de barriga para cima. No entanto, com menos frequência, outros relataram que ocorre quando dormem de barriga para baixo ou de lado também.

Outros distúrbios do sono

A paralisia do sono também pode ocorrer em associação a outros distúrbios do sono que fragmentam o sono, incluindo a apneia obstrutiva do sono e a narcolepsia. A apneia do sono é frequentemente pior por estar diretamente relacionada ao sono REM, portanto, outros sintomas, como roncos e acordar para urinar, podem sugerir a necessidade de testes.

Com sintomas como sonolência, alucinações e cataplexia, pode sugerir o distúrbio do sono chamado narcolepsia. O tratamento dessas condições pode reduzir a frequência de episódios de paralisia do sono.

Como evitar a paralisia do sono

Se estas são algumas das causas da paralisia do sono, como você pode evitá-la? Talvez a coisa mais importante que você possa fazer seja seguir as melhores diretrizes do sono.

Continua após a publicidade

É necessário manter um horário regular de sono, garantir que você tenha um sono adequado e evitar qualquer um dos gatilhos acima que você identificou como sendo importantes.

Explicações não científicas da paralisia do sono

A paralisia do sono ocorre desde sempre e foi documentada ao longo de toda a história, e há incontáveis ​​exemplos na literatura e na arte. Em algumas partes do mundo, a condição é chamada de “velha bruxa”.

Religião e a paralisia do sono

Muitas pessoas tentam descrever a experiência do ponto de vista teológico-religioso. Alguns podem culpar um fantasma, demônio ou espírito maligno como a causa.

Os elementos aterrorizantes da paralisia do sono são facilmente atribuídos a uma presença malévola. Outros sugerem que é devido a alienígenas. Não há evidências científicas para tais crenças.

Continua após a publicidade

Problemas médicos e mentais

Outros temem que o problema possa ser médico ou mental. A lista de possíveis doenças médicas que podem explicar a experiência da paralisia do sono é diversa, variando de convulsões a ataques cardíacos e derrames.

Alguns até pensam (pelo menos brevemente) que morreram. Outras pessoas ainda temem que elas tenham enlouquecido e não expõem a experiência porque estão preocupadas com a possibilidade de os outros reagirem negativamente.

O episódio de paralisia do sono é autolimitado sem consequências duradouras e, portanto, essas explicações provaram ser falsas.

Sonhos e pesadelos

Finalmente, algumas pessoas acham que a paralisia do sono seja apenas um sonho ou um pesadelo. Isso pode realmente ser o mais próximo da verdade. Como descrito acima, a paralisia do sono ocorre quando há um colapso entre os estados de consciência e o sono, quando nosso estado de sonho se intromete em nossa vigília.

Felizmente, muitas pessoas são tranquilizadas por uma melhor compreensão do fenômeno da paralisia do sono. Desse modo, se ocorrerem, elas saberão interpretar a experiência e poderão tolerá-la com mais facilidade até que ela termine.

Continua após a publicidade

E então, leitor, você já sofreu (ou conhece quem tenha sofrido) com episódios de paralisia do sono? Não deixe de comentar!

Agora, falando em problemas relacionados ao sono, você pode gostar de se informar também sobre esse outro tema: Apneia do sono: 8 sintomas comuns que vão muito além do ronco.

Fonte: National Sleep Foundation, Medical News Today, Sleep Education, WebMD,

Próxima página »

Escolhidas para você