Curiosidades

Parvati , quem é? História da deusa do amor e do casamento

Parvati, a deusa do amor e do casamento é, em todas as suas vidas, esposa de Shiva. Ela também é considerada a Mãe Suprema.

Primeiramente, Parvati é conhecida pelos hindus como a deusa do amor e do casamento. Ela é uma das várias representações da deusa Durga, retratando o seu lado maternal e gentil. Esta é uma deusa Hindu que representa todo o poder feminino. Além disso, Parvati também faz parte da Tridevi, uma trindade de Deusas Hindus. Ao lado dela estão Sarasvati, deusa das artes e sabedoria, e Lakshmi, deusa da riqueza e prosperidade.

Parvati é a segunda esposa de Shiva, deus da destruição e transformação. Uma curiosidade sobre o casal é que a esposa anterior do deus, Sati, era uma encarnação de Parvati. Ou seja, ela sempre foi a única esposa do deus. Juntos eles tiveram dois filhos: Ganesha, deus da sabedoria e Kartikeya, deus da guerra.

Seus devotos costumam procurá-la para pedir bons casamentos, atrair o amor e sobretudo, resolver alguns problemas de relacionamento. A deusa Hindu é recheada de amor e muita tranquilidade. Além de casamentos, Parvati é considerada deusa da fertilidade, da devoção, da força divina e inegavelmente protetora das mulheres.

A história de Shiva e Parvati

Parvati - Quem foi a deusa do amor e do casamento
Parvati e Shiva – Mercadolivre

Segundo histórias, o casal jamais poderia ser separado. Ou seja, mesmo em outras vidas eles acabariam juntos. Parvati chegou à Terra como filha de Mena e Himalaia, o deus das montanhas. Similarmente, ambos eram grandes devotos de Shiva. Certa vez, quando Parvati já era quase uma moça, o sábio Narada visitou Himalaia. Narada leu o horóscopo da menina e trouxe boas notícias, ela era predestinada a casar com Shiva. Primordialmente, ela deveria ficar com ele e ninguém mais.

Continua após a publicidade

A deusa, reconhecendo Shiva como seu eterno esposo, iniciou todo um trabalho de devoção ao deus, entretanto, Shiva apenas meditava, ignorando a presença da moça. Surpreendentemente, tocados por seu esforço, vários deuses tentaram intervir a favor da moça que, todos os dias, visitava Shiva levando frutas frescas para ele. Apesar disso, ele seguia irredutível.

Por fim, já desesperada, ela recorreu mais uma vez a Narada, que a aconselhou a meditar em nome do deus, com o mantra Om Namah Shivaya, sem nunca perder as esperanças. Parvati passou por sua maior provação. Ficando posteriormente dias e noites em meditação, enfrentando chuvas, ventos e neves, tudo em nome de seu amor. Até que então, depois de muito sofrimento, Shiva enfim reconheceu a deusa como sua mulher e se casaram.

A deusa das mil faces

Parvati - Quem foi a deusa do amor e do casamento
Learn Religions

Parvati também é a deusa da beleza. Ela aparece em vários momentos na forma de outras deusas. Por esse motivo, ela também é chamada de deusa das mil faces. Além disso, muitos a consideram Mãe Suprema, que se dedica para todos os filhos, com muito amor e proteção, guiando-os nos caminhos corretos da lei do karma e orientando quais passos eles devem tomar.

Entre seus vários atributos, um dos mais conhecidos é a fertilidade. Ou seja, a deusa é considerada a força que gera a reprodução em todas as espécies de todo o mundo. Ela é chamada de shakti, ou seja, a própria geração da energia que tem o poder de criar.

Continua após a publicidade

Enfim, entre seus nomes e identidades, a deusa pode aparecer em nas histórias como:

  • Uma
  • Sati
  • Ambika
  • Haimavati
  • Durga
  • Mahamaya
  • Kali
  • Mahakali
  • Badrakali
  • Bhairavi
  • Devi
  • Mahadevi
  • Gauri
  • Bhavani
  • Jagatambe
  • Jagatmata
  • Kalyayani
  • Kapila
  • Kapali
  • Kumari

Ritual de invocação

Parvati - Quem foi a deusa do amor e do casamento

Para entrar em sintonia com Parvati, você só precisa honrar diariamente alguma mulher que você admire, presenteando-a com algo vindo do coração. Dizem que a deusa está muito presente nessas relações saudáveis. O mais comum é que ela seja invocada para tratar de assuntos de casais. Entretanto, ela pode ser chamada em vários outros momentos, pois possui diversos atributos que podem ajudar a amparar os outros.

Para realizar seu ritual, é necessário que esteja em lua crescente, pois é a fase que mais se identifica com a deusa e seu marido. Além disso, são necessários três itens: um símbolo que representa Parvati (elefantes, tigres, tridente ou flor de lótus), incenso e uma música calma ou um mantra.

Continua após a publicidade

Enfim, tome um banho, relaxe e acenda o incenso. A partir daí, mentalize seus pedidos e dance como quiser, sempre com o símbolo em suas mãos. Evite pensamentos negativos e aproveite para extravasar, foque apenas em Parvati e em sua força. A dança deve durar o tempo que for necessário ou até você ficar cansada. Por fim, repita o ritual durante os dias da lua crescente.

O mantra de Parvati é: Swayamvara Parvathi. Seus devotos afirmam que, para gerar a energia necessária para o seu funcionamento, ele deve ser pronunciado durante 108 dias, 1008 vezes por dia.

Nos templos hindus, Parvati é quase sempre encontrada ao lado de Shiva. Além disso, grandes eventos são feitos para celebrar a deusa. Os principais templos que são devotos a ela são: Khajuraho, Kedarnath, Kashi e Gaya. Segundo a mitologia hinduísta, foi em Khajuraho que Parvati e Shiva se uniram em matrimônio.

Enfim, gostou da matéria? Que tal ler sobre Shiva em seguida? Shiva – Quem é, origem, símbolos e história do Deus Hindu

Continua após a publicidade

Imagens: PinterestLearnreligions, Mercadolivre, Pngwing

Fontes: Vyaestelar, Vyaestelar, Shivashankara, Santuariolunar

Próxima página »

Escolhidas para você