Curiosidades

Pégaso na mitologia grega – Origem, história e simbolismo

Na mitologia grega Pégaso era filho de Medusa e Poseidon e também representava a criatividade de espírito, imaginação e imortalidade.

Atualizado em 20/05/2020

Grandes histórias e figuras compõem a mitologia grega, e a lenda de Págaso é uma delas. Também conhecido como Pegasus, Pégaso é descrito como um cavalo branco voador, ou seja, possuía asas.

Além disso, era conhecido pela inteligência e pelo espírito nobre. Apesar da gentileza, Pégaso era domado apenas por alguém com características nobres. O animal conseguia identificar quem tinha essa habilidade e, consequentemente, afastava o mal.

Na história mitológica, Pégaso era filho de Poseidon, Deus dos oceanos, e Medusa, que possui serpentes no lugar dos cabelos. O cavalo branco pode ser visto em muitas obras de arte, já que também é conhecido como símbolo da imortalidade, da criatividade e da imaginação.

Pégaso - Origem, história e representação na mitologia grega
Na mitologia grega Pégaso era inspiração para artistas

Como nasceu Pégaso

A lenda, basicamente, diz que Pégaso nasceu do pescoço de Medusa, após ser decapitada por Perseu. Mediante isso, quando o sangue de Medusa encostou na água, ouviu-se um trovão. Assim, com uma espuma branca surgiu o cavalo branco com asas.

No entanto, há uma história sobre Poseidon e Medusa. Ele não podia tocá-la, já que ela tinha o poder de transformar as pessoas em pedra. Contudo, também nasceu Chrysaor, irmão de Pégaso. Ainda assim, a lenda diz que Pégaso tem a forma de cavalo porque seu pai se transformava com essa forma para tentar atrair Medusa.

Como resultado disso, com o trovão, Pégaso passou a ter conexões com as forças do céu. Ademais, conforme a lenda, ao nascer Pégaso bateu os cascos no monte Hélicon dando origem a fonte de Hipocrene, símbolo de inspiração para as artes. Ainda assim, dizia-se que quem bebesse as águas desta fonte passaria a ter dons artísticos.

Domação de Pégaso

Inicialmente, Belerofonte, herói grego, queria lutar contra Quimera, monstro da mitologia grega. No entanto, contou a ajuda da deusa Atena que lhe entregou uma rédea de ouro para domar Pégaso. A partir disso Belerofonte conseguiu matar Quimera e salvar  Corinto, cidade fundada pelo rei Eetes.

Contudo, Belerofonte foi tomado por orgulho e pensou que poderia voar com Pégaso até o monte Olimpo, morada dos deuses.  Com isso, Zeus, deus da mitologia grega, fez com que o cavalo voador fosse picado por um animal derrubando o herói.

Pégaso - Origem, história e representação na mitologia grega
Representação da luta de Beleforonte contra Quimera

Apesar da queda, Atena fez com que a terra ficasse mole evitando a morte de Belerofonte que, após isso, passou a viver como um mendigo procurando o cavalo.  Ainda assim, Zeus permitiu que o cavalo continuasse voando até às estrelas, onde foi denominado de constelação de Pégaso.

A história ainda diz que no Século II o astrônomo Plonomeu conseguiu identificar a constelação que aparece tando no hemisfério norte quanto no hemisfério sul.

Constelação

Ademais, a constelação de Pégaso tem o formato triangular com três estrelas que representam as suas asas. Assim, seu corpo no formato de um quadrado é comporto por quatro estrelas. Contudo, sua constelação faz parte de outras 88 encontradas na Via Láctea.

Entretanto, a identificação da constelação surgiu no primeiro século d.C. e relacionado em 11783 por Willian Herschel. Além disso, Markab é o nome da sua estrela mais brilhante e as demais são: Schedar, Enif, Biham, Algenib e Matar. De acordo com observações a constelação está fora do centro da Via Lácte e, por isso é mais fácil a sua visualização.

Pégaso - Origem, história e representação na mitologia grega
Posição das estrelas na Constelação de Pégaso

Representação em moedas antigas

Certamente, a lenda de Pégaso carrega simbologia e, portanto, na antiguidade sua figura era estampada em moedas, pois representava poder político imortal. Vejas alguns exemplos destas moedas:

  • Estáter de Corinto

Pégaso - Origem, história e representação na mitologia grega
Moeda grega antiga

A moeda grega antiga tinha de um lado a deusa Atena e do outro o cavalo branco com asas. Diante disso, os relatos apontam que a moeda surgiu na Sicília 350 a.C.

  • Denário Republicano

Pégaso - Origem, história e representação na mitologia grega
Moeda da república romana

Com registro de 90 a.C a moeda romana também tinha a imagem de Titus Lartius

  • Denário do Imperador Domiciano

Pégaso - Origem, história e representação na mitologia grega
Moeda do Império Romano

Por fim, o Império Romano também com sua moeda registrada em 79-80 d.C traz a mitologia do cavalo branco e do outro lado a figura de Domiciano.

Você se interessa por mitologia grega? Conheça a história dos Deuses gregos – Os principais e quem eles foram na mitologia

Fonte: Santhatela Cultura Mix Portal São Francisco Conceitos Astronoo Jafet Numismática

Imagens: Santhatela Mitografias Pinterest Jafet Numismática

Imagem destacada: Wallpaper