Curiosidades

Picada de inseto, como identificar? Sintomas, complicações e tratamento

A picada de inseto é incômoda e em alguns casos perigosa, pois pode provocar desde reações alérgicas mais brandas até casos mais graves.

Ganhar uma picada de inseto é bastante desagradável, mas infelizmente muito comum, gerando no local dessas picadas uma pequena reação alérgica com vermelhidão, coceira e inchaço. Entretanto, algumas pessoas podem sofrer com reações alérgicas mais agressivas. Desse modo, provocam inchaço de todo o membro afetado ou outros locais do corpo, além de outros sintomas, como sensação de desmaios.

Ademais, existem vários insetos que provocam essa alergia na pele. Por exemplo, os pernilongos, borrachudos, marimbondos, muriçocas, abelhas e percevejos. Assim, cada um se manifesta de uma maneira diferente no organismo, com diferentes reações e aparências.

Em suma, os sintomas podem ser diminuídos com o uso de uma pedra de gelo no local, ou alguma pomada antialérgica. No entanto, em casos mais graves é necessário realizar o tratamento através de pomadas à base de corticoides, ou injeção de epinefrina. Por isso, é necessário ficar atento a qualquer tipo dessas picadas que provoquem sintomas graves, e recorrer a ajuda médica quando necessário.

Picada de inseto: Os insetos

Imagem: Terra

Os insetos que picam fazem parte da ordem Hymenoptera, da classe Insecta. Ademais, os venenos deles provocam reações tóxicas no local em todas as pessoas, e reações alérgicas somente nas previamente sensibilizadas. Por exemplo, as vitimas de ataques de enxames e aquelas com altos níveis de imunoglobulina E específica do veneno apresentam maior risco de anafilaxia.

Continua após a publicidade

Os maiores subgrupos da ordem Hymenoptera são: Apídeos, constituídos por abelhas de mel e mangangás, Vespídeos, formado por vespas e marimbondo-caçador, e Formicidas, sendo formigas-de-fogo não aladas.

Picada de inseto: Sintomas

Imagem: Maxifarma

A picada de inseto provoca reações no organismo, especificamente na área que foi a picada. Dessa forma, os sintomas gerados são:

Continua após a publicidade
  • Vermelhidão e inchaço do membro afetado
  • Dor ou coceira intensa no local afetado
  • Saída de um líquido fluido e transparente pelo local da picada
  • Por outro lado, algumas pessoas podem sofrer uma reação alérgica exagerada, chamada de choque anafilático com a picada de inseto. Por isso, é essencial procurar ajuda médica caso perceba esses sintomas:
  • Queda rápida da pressão arterial
  • Sensação de desmaio
  • Tonturas ou confusão
  • Inchaço do rosto e da boca
  • Extrema dificuldade em respirar

Como identificar picada de inseto

Existem vários insetos que provocam a reação de alergia na pele. Por exemplo, os pernilongos, borrachudos, marimbondos, muriçocas e percevejos. Assim, cada um se manifesta de uma maneira diferente no organismo, com diferentes reações e aparências.

1 – Mosquitos

Imagem: Gettyimages

A picada de inseto, provocada por mosquitos, causa coceira e pode ocorrer inúmeras vezes, geralmente nem é notada. Ademais, em crianças e bebês essas picadas podem ocasionar edemas. No entanto, essas picadas de mosquitos e pernilongos se tornam um problema em indivíduos alérgicos, fazendo com que o corpo se encha de manchas. Além disso, picadas de mosquitos Aedes Aegypti, transmissores do vírus da Dengue, Zica e Chikungunya, podem acarretar doenças graves que necessitam de cuidados.

Continua após a publicidade

2 – Abelhas

Imagem: Gettyimages

As picadas de abelhas podem ser bastante perigosas. Pois, elas podem provocar a morte de algumas pessoas por dois fatores. Logo, podendo ser por conta de alergia, que é o choque anafilático, ou por envenenamento, quando mais de 300 abelhas injetam sua peçonha. Ademais, as abelhas deixam o ferrão ao picarem, e deve ser removido com muito cuidado para não injetar mais peçonha ao organismo. Geralmente, a picada deixa a pele avermelhada e inchada, causando sintomas de dores e queimação no local.

3 – Maribondos

Imagem: Gettyimages

Os maribondos são parentes das abelhas, vivendo em áreas urbanas ou rurais. Por isso, só costumam atacar as pessoas em situações de perigo. Dessa forma, eles se sentem ameaçados e procuram se defender. Ou seja, picam deixando a pele com um grande edema avermelhado, dores, inchaço e coceira. Ademais, realizar compressas com gelo costuma amenizar os sintomas.

4 – Borrachudos

Imagem: Gettyimages

A picada de inseto, feita por borrachudos, não costuma ser dolorosa. Entretanto, essas picadas provocam bastante irritação, coceira, inchaço e vermelhidão na pele. Além disso, a lesão fica como um ponto vermelho e sangra ao ser espremido. Por outro lado, vale ressaltar que os borrachudos são um tipo de mosquito, só que menor e mais gordinho.

5 – Percevejos

Imagem: Gettyimages

As picadas provocadas por percevejos variam conforme cada pessoa. Isto é, em alguns casos podem ser imperceptíveis, mas em outros podem causar lesões que coçam muito, são avermelhadas, inchadas e surgem erupções. Ademais, para pessoas alérgicas, o cuidado deve ser redobrado, para evitar inflamações no local afetado.

Continua após a publicidade

6 – Carrapatos

Imagem: Gattyimages

As picadas de carrapatos podem transmitir doenças graves. Além disso, provocar pápulas que coçam bastante, por conta das toxinas na saliva do bicho. Ademais, quando ocorre a quebra do aparelho sugador do carrapato, uma inflamação é provocada, e dura por meses. Dessa maneira, sua picada gera dor, ardência, vermelhidão e inchado. Por isso, ao retirar o carrapato que ficou agarrado no centro da lesão, é preciso de uma pinça em um movimento de torção. Pois, assim irá evitar a contaminação e proliferação de doenças graves.

7 – Formigas (lava-pés)

Imagem: Gettyimages

A picada de inseto causada por formigas provocam bastantes dores e coceira, sendo bastante incomoda, podendo causar uma reação alérgica. Porém, essa reação alérgica não é letal. Ademais, as formigas lava-pés são comuns em atacar em grande número indivíduos que pisam no formigueiro.

8 – Pulgas

Imagem: Gettyimages

Já as pulgas, elas se alimentam do sangue de mamíferos, podendo gerar complicações graves de reações alérgicas no indivíduo contaminado. Ademais, as picadas provocam inchaço, vermelhidão, coceira e dores. Geralmente, atacam os humanos nos membros inferiores, mas podem atacar qualquer parte do corpo. Portanto, é importante manter o local da picada limpo e evitar coçar, para evitar uma infecção.

Picada de inseto: Complicações

Imagem: Gettyimages

Quando ocorre uma reação alérgica proveniente de uma picada de inseto, significa que o organismo está tentando se defender contra invasores que penetraram pela pele. No entanto, essa defesa varia para cada pessoa, independente da idade, ela pode agir de forma leve ou grave. Logo, quando ocorrem as picadas, as células humanas chamadas de mastócitos produzem anticorpos que combatem as toxinas.

Continua após a publicidade

Desse modo, quando se encontram, os mastócitos são rompidos liberando histamina, que aumenta a circulação do sangue e gera a coceira, inchaço e vermelhidão. Porém, quando ela induz uma hipersensibilidade no organismo pode deixar a vida da pessoa em perigo. Isto é, a pessoa sofre o choque anafilático, cujos sintomas são de taquicardia, inchaços nas cabeças ou pés, náuseas, sudorese e obstrução das vias aéreas, podendo ser mortal.

Picada de inseto: Tratamento

Imagem: Tua Saúde

Caso tenha a presença de ferrões nas picadas, é imprescindível retirar o mais rápido possível. Ademais, é recomendado colocar uma pedra de gelo envolvida por algum pano no local das picadas. Dessa maneira, irá diminuir a dor, queimação e coceira. Além disso, utilizar bloqueadores H1, AINEs via oral também é eficaz. Por outro lado, também é possível utilizar loções tópicas, adesivos de lidocaína, mistura eutética de creme anestésico, injeção intradérmica de lidocaína a 1%, e cremes ou pomadas de corticoides.

As reações alérgicas podem ser tratadas com anti-histamínicos IV, e a anafilaxia com adrenalina parenteral, hidratação venosa e vasopressores. Ademais, pessoas com hipersensibilidade devem possuir um estojo com seringa com adrenalina. Pois, ao serem picados deve utilizar o mais rápido possível e recorrer a ajuda médica o quanto antes.

Então, se você gostou dessa matéria, também vai gostar dessa: Sintomas de alergia – Como reconhecer as principais reações alérgicas. 

Continua após a publicidade

Fontes: Tua Saúde, MDS Manuals, UOL, Almanaque SOS

Imagens: Alergo Imuno, Terra, Maxifarma, Gettyimages

Próxima página »

Escolhidas para você