Curiosidades

Como controlar taquicardia – Técnicas a curto e longo prazo + remédios

Existem técnicas capazes de controlar taquicardia em poucos minutos, que podem ser aliadas no caso de coração acelerado, como a longo prazo.

Por Amanda Sales

-

A sensação de coração acelerado pode ser consequência de estresse, medo, susto ou ansiedade. Além disso, excesso de cafeína ou nicotina podem ser responsáveis pelo desconforto. Comum no dia a dia, a sensação pode ser desagradável, mas há meios eficientes para controlar taquicardia.

Primeiramente, é preciso saber se o que você está sentindo é realmente uma taquicardia. Desse modo, basta consultar os batimentos cardíacos e caso os batimentos por minuto passem de 100, em repouso, configura-se uma taquicardia. Em casos mais graves, a frequência pode chegar a 160 batimentos por minuto, às vezes até mesmo a 200.

Além de aprender a controlar a taquicardia, é importante observar se esse sintoma é recorrente. Isso porque, nos casos de taquicardia frequente, pode ser necessário buscar orientação médica a fim de constatar se não há problemas cardíacos ou outras doenças. Se não houver problemas de saúde associados, há algumas técnicas eficientes para controlar esse sintoma.

Técnicas para controlar taquicardia

Submersão

Fonte: Incrível Club

Em primeiro lugar, uma técnica quem consiste em submergir o rosto em água fria. Ela é eficiente, porque com a repentina diminuição da temperatura corporal, o ritmo cardíaco diminui. Sendo assim, o sistema nervoso adapta o organismo às novas condições.

Assim, o coração também é afetado e a taquicardia é controlada. Siga o passo-a-passo:

  • Coloque água fria em uma bacia. Você pode optar por acrescentar pedras de gelo na água;
  • Prenda a respiração. Se necessário, aperte o nariz com os dois dedos e mergulhe o rosto rapidamente na água fria durante alguns segundos;
  • Se você não tiver o recipiente adequado, encha as mãos com água e mergulhe o rosto nelas.

Manobra de Valsalva

Fonte: Incrível club

Já esse procedimento tem o objetivo de estimular o nervo vago, responsável por controlar a frequência das contrações cardíacas. Desse modo, a sensação de coração acelerado é controlada. Aprenda realizar a Manobra de Valsalva:

  • Primeiramente, faça uma respiração profunda e tensione os músculos do estômago;
  • Em seguida, aperte o nariz com o polegar e o indicador e feche a boca e os olhos;
  • Tente fazer uma exalação com o nariz e a boca fechados sem deixar de tensionar os músculos do abdômen.

Medidas imediatas para controlar o coração acelerado

Fonte: Supera

Apesar da eficácia das outras técnicas, em muitos casos não é possível realizá-las. Seja por estarmos em público ou por falta de tempo para realizar os procedimentos, outras técnicas podem ser utilizadas a fim de controlar taquicardia. Muitas dessas ações podem ser realizadas em poucos minutos, confira:

  • Beba um copo de água com 1 a 2 colheres (chá) de açúcar e algumas gotas de suco de limão;
  • Tente contrair o corpo, como ao evacuar;
  •  Desobstrua os ouvidos: tampe o nariz e feche a boca e tente expirar pelos ouvidos como se estivesse desentupindo o ouvido;
  • Coloque uma toalha de mão molhada com água fria ou gelada sobre o pescoço;
  • Encha um balão de ar, até que ele estoure;
  • Já no caso de crianças, coloque uma bolsa gelada na testa;
  • Fique em pé e dobre o tronco em direção às pernas;
  • Tente tossir com força 5 vezes;
  • Respirar fundo, inspirando pelo nariz e deitando o ar pela boca lentamente 5 vezes;
  • Fazer contagem dos números do 60 para o 0, de forma lenta e olhando para cima.

Remédios para taquicardia

Fonte: Supera

Contudo, em alguns casos a taquicardia precisa ser controlada com o uso de remédios. Em primeiro lugar, vale ressaltar que esses medicamentos devem ser usados com acompanhamento médico. Além disso, cardiologistas só podem receitar tais substâncias após análise do histórico de saúde do paciente e da realização de exames específicos como eletrocardiograma, ecocardiograma ou até mesmo holter de 24 horas.

Desse modo, após os exames, o médico pode indicar remédios para controlar a taquicardia, como amiodarona ou flecainida. Contudo, há outros medicamentos que ajudam com o coração acelerado e que não são específicos para esse sintoma. É o caso de Xanax ou Diazepam, usados nos casos em que a taquicardia é causada por efeitos de estresse ou ansiedade.

Há ainda situações em que a taquicardia representa um sinal de alerta e um médico deve ser procurado com urgência. Por isso, se atente a esses sinais e, se necessário, ligue para o serviço de atendimento de urgência:

  • Taquicardia que demora mais de 30 minutos para desaparecer;
  • Presença de sintomas como dor no peito que irradia para o braço esquerdo, formigamento, dormência, dor de cabeça ou falta de ar;
  • Ocorrência da taquicardia mais de 2 vezes por semana.

Medidas para controlar taquicardia a longo prazo

Fonte: Supera

Mas não basta controlar taquicardia, é preciso ter medidas que diminuam a ocorrência do coração acelerado. Para isso, é preciso mudar hábitos e adotar uma rotina mais saudável. Como por exemplo:

  • Evitar o consumo de álcool e cigarro;
  • Evitar refeições pesadas;
  • Mantenha o intestino funcionando normalmente;
  • Pratique exercícios físicos regularmente;
  • Crie e siga uma rotina;
  • Procure ajuda médica e psicológica sempre que preciso.

Confira também esse conteúdo: Força g – O que é e quais os efeitos no corpo humano

Fonte: Seleções, Tua Saúde, Incrivel Club

Imagens: Incrivel Club, Supera

Próxima página »

Escolhidas para você