Ciência & Tecnologia

Pílula Azul: tudo sobre o comprimido que está parando o HIV

Apelidada de pílula azul, o medicamento pode ser uma luz no fim do túnel quando o assunto é a prevenção da Aids.

O vírus da imunodeficiência humana, o HIV, é o causador da AIDS e ainda infecta milhares de pessoas pelo mundo anualmente. Apesar do desenvolvimento científico, principalmente na área da saúde, ocorrido nos últimos anos, ainda não conseguiram encontrar a cura para o mal.

A Doença Sexualmente Transmissível (DST) pode ser passada tanto pela relação sexual quanto pela troca de fluidos corporais (como o sangue) através de um emissor.

Uma pílula antiviral está deixando os cientistas animados no combate ao HIV. Apelidada de Pílula Azul, ela vem sendo tomada por vários homens de Sidney e outras regiões da Austrália a algum tempo.

Pílula Azul: tudo sobre o comprimido que está parando o HIV

Continua após a publicidade

O resultado foi uma diminuição considerável no número de casos de HIV no local. Um estudo da Universidade de Novas Gales do Sul aponta que uma abordagem preventiva direcionada pode levar ao fim da epidemia da AIDS.

Pílula de Truvada ou pílula azul

A PrEP, ou comercialmente conhecida como Pílula de Truvada, é um comprimido que funciona como prevenção ao vírus do HIV. Ao tomar o comprimido, a pessoa previne o contato com o vírus na hora de uma relação sexual sem proteção.

Ela basicamente bloqueia vias por onde o vírus adentraria para se instalar no corpo. Para sexo vaginal, o agente protetor começa a funcionar 20 dias após o uso.

Para sexo anal, o efeito funciona a partir da segunda semana. O uso, para ser eficaz, precisa ser diário.

Continua após a publicidade

Pílula Azul: tudo sobre o comprimido que está parando o HIV

Quando usado diariamente e sem nenhuma falha, ele pode chegar a 90% de eficácia na prevenção ao HIV. Ainda assim, não é aconselhável deixar de usar a camisinha.

Isso porque a pílula azul é exclusiva para a prevenção ao HIV, e não funciona para nenhum outro tipo de doença sexualmente transmissível. Além disso, mesmo para a HIV, ele é visto como uma proteção extra, e não o único meio possível.

Resultados

O remédio está sendo usado a algum tempo em diversas área do mundo – inclusive no Brasil. O sucesso não poderia ser maior. O remédio fabricado pela Gilead Sciences Inc reduziu consideravelmente o número de contágios por HIV pelo mundo todo.

Continua após a publicidade

Segundo alguns levantamento realizados até o momento, o número de pessoas infectadas com HIV caiu para 1,8 milhão em todo o mundo no ano de 2017. Isso é um ótimo resultado comparado aos 3 milhões por ano de infectados durante a década de 90.

Pílula Azul: tudo sobre o comprimido que está parando o HIV

Esse progresso levou os membros da ONU a fazerem um compromisso de acabar com a epidemia da AIDS até 2030.

Interessante, não? Você já tinha ouvido falar sobre o assunto? Comente!

Continua após a publicidade

Agora, falando em doenças transmitidas pelo sexo sem proteção, confira ainda: 5 sinais de que você pode estar com uma DST e não percebeu.

Fonte: Vix, Hyperscience

Próxima página »

Escolhidas para você