Curiosidades

Psicopatas interpretados por Evan Peters, além de Dahmer

Conheça os vários personagens de Evan Peters (além de Jeffrey Dahmer) com quem ele mostrou seu talento como ator.

Na TV e no cinema, o ator Evan Peters é reconhecido e aclamado por seus personagens sombrios, cheios de traumas e violência. Aliás, o mais recente não é exceção. Em ‘Dahmer: Um Canibal Americano’, Peters encarna o serial killer que assassinou 17 pessoas entre 1978 e 1991 em Milwaukee, nos Estados Unidos.

A série atraiu críticas de parentes das vítimas, que sentem que foram ainda mais vitimizadas, assim como de seus entes queridos. Mas o que não pode se negar é o ótimo desempenho de Peters. Veja abaixo outros psicopatas interpretados por Evan Peters!

Quais são os psicopatas interpretados por Evan Peters?

1. Tate Langdon

Em American Horror Story: Murder House, Tate é paciente do psiquiatra Ben Harmon. Ele é um rapaz mentalmente perturbado pela ausência de seu pai e pelo tratamento negligente de sua mãe.

Em 1994, ele liderou um tiroteio na escola de Westfield, matando 15 alunos. Em suas fantasias onde supostamente se prepara para a “guerra nobre”.

Continua após a publicidade

Com efeito, Tate vestiu roupas de couro preto, pintou o rosto como uma caveira e, por sua vez, Evan Peters demonstrou aos seus fãs a qualidade de um ator que eles veriam durante a maior parte das temporadas de AHS.

2. James March

Na quinta temporada de American Horror Story, acontece um jantar de Dia das Bruxas com a presença de diversos assassinos, o que inclui Aileen Wuornos, John Wayne Gacy e até Jeffrey Dahmer, vivido por Seth Gabel. Contudo, o detalhe é que o anfitrião do jantar é um psicopata fictício chamado James Patrick March.

Em “AHS: Hotel”, o personagem é o empresário que mandou construir o Hotel Cortez com diversas armadilhas mortais escondidas. Inclusive, March é inspirado no serial killer H. H. Holmes, um dos primeiros assassinos em série que se tem conhecimento nos Estados Unidos.

3. Kai Anderson

O personagem de Kai Anderson é um líder de culto do subúrbio de Michigan que ganhou destaque durante a eleição de Trump. Aliás, o ator disse que essa caracterização o levou à terapia.

Continua após a publicidade

“Aquela temporada realmente tirou muito de mim. Perdi contato com muitos amigos e familiares. Foi realmente muito difícil. E ‘Kai’ naquela época estava matando sua família, parecia de uma maneira estranha que a dedicação que ele estava dando a esse papel era quase extrema demais. E esse paralelismo foi muito intenso. Eu não sabia que estava tão triste”, disse Evan Peters ao The Angeles Times.

4. Charles Manson

Por fim, “AHS: Cult” apresenta Kai Anderson como um psicopata fictício, inspirado em líderes de cultos sombrios como Charles Manson e Jim Jones. Portanto, a mesma temporada conta com Peters se desdobrando entre dois psicopatas.

Em suma, ele interpreta o serial killer durante uma alucinação de Kim Anderson, seu outro personagem, o que mostra a inspiração no criminoso da vida real.

Quem é Evan Peters?

Como você deve ter percebido, o jovem ator ganhou fama internacional por interpretar psicopatas. Evan Peters também é famoso por interpretar o papel de Mercúrio na saga X-Men, e recentemente teve um papel na minissérie da Marvel “WandaVision”.

Continua após a publicidade

O jovem ator de 35 anos teve um relacionamento romântico com a atriz Emma Roberts de 2012 a 2019 e com a cantora Halsey de 2019 a 2020. Contudo, seu longo relacionamento com Emma Roberts foi envolvido em polêmica quando, em 2013, após uma discussão acalorada, foi dito que havia violência física entre ambas as partes.

No entanto, Emma foi a única a ser presa, pois Peters foi o único com ferimentos visíveis. Um ano depois, o casal ficou noivo, mas em 2019 eles terminaram definitivamente o relacionamento.

Evan Peters como Jeffrey Dahmer

A polêmica série da Netflix “Dahmer”, onde a estrela indiscutível é o ator Evan Peters, explora os crimes hediondos cometidos pelo serial killer Jeffrey Dahmer. De 1978 a 1991, ele assassinou e cometeu atos de canibalismo e necrofilia contra 17 jovens.

A polêmica ocorre no fato de que, segundo para a série, eles ficaram impunes por pouco mais de uma década devido à negligência da polícia. Como a maioria das vítimas de Dahmer eram jovens afro-americanos e outras minorias, na época o assassino foi acusado de ter cometido crimes por motivos raciais.

Continua após a publicidade

Porém, Jeffrey Dahmer assegurou que isso nunca foi um fator determinante na escolha de suas vítimas.

Fontes: Darkside, Trecobox, Fatos Desconhecidos, Tecmundo

Leia também:

O que houve com o prédio onde Jeffrey Dahmer morava?

Continua após a publicidade

Assassino do Zodíaco: o serial killer mais enigmático da história

Joseph DeAngelo, quem é? História do serial killer do Estado Dourado

Palhaço Pogo, o serial killer que matou 33 jovens na década de 1970

Vampiro de Niterói, história do serial killer que aterrorizou o Brasil

Continua após a publicidade

Ted Bundy – Quem é o serial killer que matou mais de 30 mulheres

Próxima página »

Escolhidas para você