Curiosidades

Regras da ABNT: o que é e como formatar trabalhos acadêmicos

Um trabalho acadêmico requer uma elaboração criteriosa e uma formatação com base nas regras da ABNT. Veja as principais normas neste artigo!

O padrão de formatação de trabalhos acadêmicos normalmente utilizado pelas instituições de ensino superior baseiam-se nas normas da ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas), as quais são compostas por cinco principais regras, ou seja, as NBRs.

Mas, o que significa ABNT?

Em resumo, a Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) foi fundada em 1940 e é uma entidade brasileira privada sem fins lucrativos que, em parceira com outros órgãos brasileiros e internacionais, estabelece quais são as normas padrões internacionalmente aceitas para a produção de trabalhos acadêmicos e científicos.

Principais regras de formatação da ABNT

Fonte: Pinterest

NBR 14724 – Trabalho Acadêmico

Em suma, esta Norma especifica os princípios gerais para a elaboração de trabalhos acadêmicos (teses, dissertações e outros), visando sua apresentação à instituição (banca, comissão examinadora de professores, especialistas designados e/ou outros).

Continua após a publicidade

NBR 10520 – Citações

Esta Norma especifica as características exigíveis para apresentação de citações em documentos.

NBR 6022 – Artigos científicos impressos

Informação e documentação – Artigo em publicação periódica científica impressa; Apresentação

NBR 6023 – Referências

Esta norma estabelece os elementos a serem incluídos em referências. Ou seja, esta norma fixa a ordem dos elementos das referências e estabelece convenções para transcrição e apresentação da informação originada do documento e/ou outras fontes de informação.

NBR 6027 – Sumário

Esta norma estabelece a apresentação do Sumário.

Continua após a publicidade

NBR 6028 – Resumo e Abstract

Por fim, esta norma estabelece a apresentação do Resumo e do Abstract.

Estrutura utilizada em trabalhos acadêmicos

Regras da ABNT: o que é e como formatar trabalhos acadêmicos
Fonte: Pinterest

A estrutura de tese, dissertação ou de um trabalho acadêmico, compreende elementos pré-textuais, elementos textuais e elementos pós-textuais, que aparecem no texto na seguinte ordem:

Pré-textuais

Os elementos pré-textuais que compõem a apresentação do trabalho científico são compostos por itens para sua identificação, bem como para possibilitar que o leitor tenha conhecimento sobre aspectos pessoais do autor e que constituem a obra. Desse modo, abrange itens obrigatórios que são:

  • Capa (obrigatório)
  • Folha de rosto (obrigatório)
  • Errata (opcional)
  • Lombada (opcional)
  • Folha de aprovação (obrigatório)
  • Dedicatória (opcional)
  • Agradecimentos (opcional)
  • Epígrafe (opcional)
  • Resumo em língua vernácula (obrigatório)
  • Resumo em língua estrangeira (obrigatório)
  • Lista de ilustrações (opcional)
  • Sumário (obrigatório)
  • Lista de abreviaturas e siglas (opcional)
  • Lista de símbolos (opcional)

Textuais

Fonte: Pinterest

Os elementos textuais são constituídos pela parte do trabalho onde o autor desenvolve o conteúdo do que está sendo abordado, construindo sua argumentação de modo a conduzir o leitor para o entendimento daquilo que está a afirmar.

Continua após a publicidade

Dessa maneira, a redação científica apresenta algumas características que a diferencia de todos os outros tipos de exposição escrita. Ademais, ela possui uma formalidade facilmente perceptível, referendada pela utilização do argumento da autoridade.

Portanto, cada informação importante deve ser validada e confirmada por uma autoridade no assunto, sendo essa a razão pela qual os textos científicos têm tantas citações.

Desse modo, deve ser escrito em linguagem impessoal, clara e concisa. Além disso, recomenda-se o uso na terceira pessoa do singular e verbo na voz passiva. Assim, sua divisão deve ser feita em seções e subseções, sendo que a seção deve iniciar em folha própria.

Conforme o tipo de trabalho, área de conhecimento ou metodologia adotada, o texto se organiza de maneira distinta, mas sua estrutura básica
normalmente abrange:

Continua após a publicidade
  • Introdução
  • Fundamentação teórica (revisão bibliográfica)
  • Descrição metodológica
  • Apresentação, análise e interpretação dos resultados
  • Conclusão

Pós-textuais

Os elementos pós-textuais objetivam elucidar e dar suporte ao texto, auxiliando na sua compreensão. Como parte integrante do trabalho, sua paginação deve ser contínua à do texto principal. Assim, os elementos pós-textuais abrangem:

  • Referências (obrigatório)
  • Apêndice (opcional)
  • Anexo (opcional)
  • Glossário (opcional)

Formatação gráfica de trabalhos acadêmicos

Regras da ABNT: o que é e como formatar trabalhos acadêmicos
Fonte: Pinterest

A apresentação gráfica refere-se às definições da estrutura gráfica do trabalho com base nas regras da ABNT. Com efeito, os elementos estruturais do trabalho científico incluem: formato, espaçamento, bem como notas de rodapé, indicativos de seção, título sem indicativo numérico, elementos sem título e sem indicativo numérico e paginação.

Formato

Para a impressão, deve-se utilizar papel branco ou reciclado no formato A4 (21 cm × 29,7 cm). Além disso, os textos devem escritos em cor preta, podendo utilizar outras cores somente para as ilustrações.

Todos os elementos pré-textuais devem ser digitados, somente, no anverso da folha, com exceção dos dados internacionais de catalogação na publicação, que devem vir no verso da folha de rosto.

Continua após a publicidade

Além disso, a ABNT NBR 14724 recomenda que os elementos textuais e pós-textuais sejam digitados no anverso e verso das folhas.

Margens

Considerando que todo trabalho científico deve ser realizado em tamanho de papel A4, a margem inferior e direita deve ter 2cm de distância da borda, por outro lado a margem superior e esquerda deve ter 3cm.

Espaçamento

Todo texto deve ser digitado com espaçamento 1,5 entre as linhas. Excetuam-se desta regra, as citações de mais de três linhas; as notas de rodapé; as referências; bem como as legendas das ilustrações e das tabelas; (o tipo do trabalho, objetivo, nome da instituição a que é submetido e área de concentração) na folha de rosto, as quais deverão ser digitados em espaço simples.

Na folha de rosto e na folha de aprovação, o tipo do trabalho, o objetivo, bem como o nome da instituição e a área de concentração devem ser alinhados do meio da mancha gráfica para a margem direita.

Continua após a publicidade

As referências, ao final do trabalho, devem ter espaço simples de entre as linhas e separadas entre si por espaço duplo em branco, de acordo com a NBR 6023, com alinhamento à esquerda.

Informações obrigatórias na capa

Fonte: Pinterest

Segundo as regras da ABNT, as informações obrigatórias na capa da monografia são: nome da instituição, nome do curso, bem como nome do autor, título do trabalho, subtítulo (se houver), cidade e ano. Além disso, a formatação deve seguir as regras padrões:

  • Fonte Arial ou New Times Roman;
  • Fonte com tamanho 12;
  • Texto em caixa alta (letra maiúscula);
  • Centralizado;
  • Espaçamento simples entre linhas;
  • Título do trabalho em negrito (apenas o título, todas as outras informações devem permanecer sem negrito).

Paginação – regras da ABNT

Na ABNT, a capa não conta como página, ou seja, a página 1 é a folha de rosto. Porém, a paginação só deve ser inserida na primeira página da introdução, onde começa a produção textual. A paginação deve ser inserida a 2cm da margem direita da folha, no canto superior.

Destacam-se, de forma hierárquica, os títulos das seções, utilizando-se os recursos de negrito, itálico ou sublinhado e outros. Ademais, frisa-se que o indicativo das seções primárias deve ser grafado em números inteiros a partir de 1.

Continua após a publicidade

Desse modo, deve-se inserir a numeração progressiva a partir da seção primária e sucessivamente. O indicativo numérico de uma seção e subseção precedem o título de cada uma destas, alinhado à esquerda, separado por um espaço de caractere. Ademais, o texto deve iniciar em outra linha.

Fontes e parágrafos – regras da ABNT

Assim como a capa da monografia, a fonte utilizada no restante do trabalho acadêmico deve ser Arial ou New Times Roman, sendo que deve ser utilizada apenas um tipo de fonte para todo o documento, no tamanho 12. Todavia, em legendas e rodapés, o tamanho indicado é o 10.

Outro detalhe é o recuo da primeira linha dos parágrafos, que deve ser de 2cm. Ademais, o espaçamento entre linhas indicado é de 1,5, já em citações, notas de rodapé, legendas e referências bibliográficas deve ser utilizado o espaçamento simples.

Por fim, vale lembrar que frequentemente, essas regras são revisadas e atualizadas por uma comissão técnica. Então, sempre busque se atualizar e ficar atento as possíveis mudanças para adaptá-las à formatação de seu trabalho acadêmico.

Continua após a publicidade

Então, gostou de saber mais sobre as regras da ABNT, pois confira também: Você sabe o que é mentoria?

Fontes: Toda Matéria, Tecnoblog, UCS, Normas e regras para TCC

Fotos: Pinterest

Continua após a publicidade
Próxima página »

Escolhidas para você