Ciência & Tecnologia

Seu cocô boia ou afunda? Saiba o que isso diz sobre sua saúde

Responda rápido: seu cocô boia ou afunda? Descubra o que a densidade do suas fezes pode revelar sobre sua saúde e seus hábitos de vida.

Seu cocô boia ou afunda? Um bom indicativo para a sua saúde intestinal é as suas fezes ficarem no fundo do vaso sanitário. Isso, porque assim elas vão mostrar que você está se alimentando de forma adequada, além de estar se hidratando suficientemente.

Por outro lado, caso suas fezes fiquem boiando, é preciso rever seus hábitos alimentares, pois isso costuma indicar que elas estão repletas de gorduras, geralmente, provenientes de frituras e alimentos gordurosos. Esse fato também pode ser sinal de algum tipo de disfunção em órgãos do sistema digestivo, por isso é sempre importante conferir a densidade do cocô no vaso.

Se quiser saber mais sobre esse tema, continue lendo nosso texto!

Relação entre o aspecto do cocô e a saúde

Agora, se você não consegue imaginar como saber se o cocô boia ou afunda pode revelar tanta coisa, chegou a hora de entender. Mas, antes, vamos “introduzir” (no bom sentido, claro) alguns detalhes importantes que você precisa saber sobre esse assunto.

Segundo Bristol Stool Chart, uma escala de fezes de Bristol (sim, isso existe), desenvolvida por especialistas na saúde intestinal humana, existem alguns tipos de fezes que são mais saudáveis que outros. Confira quais são as características e o que indicam.

1. Tipo 1: bolinhas separadas e duras

Slide 1

Continua após a publicidade

2. Tipo 2: comprido, cilíndrico e encaroçado

Slide 2

3. Tipo 3: comprido, cilíndrico e com algumas rachadura na superfície

Slide 3

4. Tipo 4: Comprido, cilíndrico e macio

Slide 4

5. Tipo 5: gotas macias bem divididas

Slide 5

6. Tipo 6: pedaços moles sem divisão nítida

Slide 6

7. Tipo 7: Totalmente líquido

Slide 7

Como você viu nas imagens, são 7 tipos básicos, sendo que os mais saudáveis e que indicam que está tudo bem aí dentro são os tipos 3 e 4. Ou seja, fezes cilíndricas, lisas e que, literalmente, não machucam você. Os demais tipos não são ideais, já que podem ferir ou indicar algum tipo de desarranjo.

E, embora não pareça, fezes saudáveis e o fato de seu cocô boiar ou afundar estão profundamente interligados. Isso porque, conforme coloproctologistas, o que determina a densidade das fezes é sua composição. Logo, cocô que boia tem componentes menos densos que a água, os que afundam, tem componentes mais densos, obviamente.

É melhor quando o cocô boia ou quando afunda?

Agora, resumindo nosso papo, o cocô que boia indica fezes ricas em gordura e, consequentemente, uma alimentação pobre, com excesso de comidas gordurosas. Isso também pode indicar que a presença de muitas bolhas de gases ali, mostrando que a pessoa ou ingere muitos alimentos que causam flatulências (o famoso pum, sabe?) ou sofre com alterações intestinais, como a Síndrome do Intestino Curto.

Já, o cocô que afunda é um bom sinal, desde que não esteja ressecado, claro. Isso mostra que sua alimentação é rica em fibras e nutrientes variados. Isso porque um cocô mais pesado, ao contrário do que explicamos a cima, tem mais presença de água, menos bolhas de gás e menos gordura em sua composição.

E então, seu cocô boia ou afunda?

Falando nisso, você deveria ler também: Cocô em tudo! 14 coisas que mais têm coliformes fecais.

Fonte: Bolsa de Mulher

Próxima página »

Escolhidas para você