Notícias

Sobe para 10 o número de mortos no acidente de Capitólio, em MG

As vítimas passaram por análise no Instituto Médico Legal (IML) para a identificação dos corpos devido a gravidade das lesões.

Subiu para 10 o número de mortos no incidente com as lanchas e a rocha que se soltou do cânion na represa de Furnas, em Capitólio, Minas Gerais. Além disso, 30 pessoas sofreram alguns ferimentos.

Outras duas pessoas estavam desaparecidas, mas os corpos foram encontrados pelo Corpo de Bombeiros no último domingo (09). Ou seja, um aumento no número de mortos no acidente de Capitólio. De acordo com a corporação, foram necessários 50 militares com uma equipe de 11 mergulhadores especialistas em buscas.

Os corpos das vítimas passaram por análise no Instituto Médico Legal (IML) para a identificação. No entanto, não foi nada fácil devido à gravidade das lesões.

Identificação dos corpos

Sobe para 10 o número de mortos no acidente de Capitólio, em MG

Continua após a publicidade

Apesar da dificuldade, a Polícia Civil (PC) de Minas Gerais contou que conseguiram identificar as duas vítimas de maneira informal. Ou seja, entes próximos conseguiram identificá-las por meio de algumas características.

De acordo com o delegado regional da PC de Passos, Marcos Pimenta, apenas um corpo foi oficialmente identificado. Em seguida, a família recebeu autorização para pegá-lo. Segundo a PC, é o idoso, de 68 anos, Júlio Borges Antunes. Ele era de Alpinópolis, em MG.

O incidente

O tenente e porta-voz do Corpo de Bombeiros de Minas Gerais, Pedro Aihara, 4 lanchas passavam pelo local quando uma grande rocha se soltou do cânion.

Continua após a publicidade

Em seguida, caiu diretamente contra duas das embarcações, que afundaram devido a força do impacto. As outras duas lanchas, portanto, receberam o impacto de forma indireta.

Sendo assim, as vítimas receberam socorro e foram para uma unidade hospitalar. Segundo especialistas, as chuvas provocaram a situação juntamente com a erosão. 

As vítimas

Todos os 10 mortos no incidente estavam na lancha “Jesus”, de acordo com os bombeiros e a PC. O delegado contou que as vítimas eram hóspedes em São José da Barra, em Minas Gerais.

Segundo o Corpo de Bombeiros, 23 pessoas receberam atendimento médico na Santa Casa de Capitólio, 2 na Santa Casa de Pimhui, 3 na Santa Casa de Passos e 4 vítimas tiveram de ir para a Santa Casa de São João da Barra. Agora, só resta torcer para que não tenha um aumento no número de mortos no acidente de Capitólio.

Continua após a publicidade

 Veja também sobre Risco de rompimento da barragem em Minas Gerais exige evacuação!

Próxima página »

Escolhidas para você