Suas pupilas denunciam sua sexualidade, segundo a Ciência

O ditado popular diz que os olhos são o espelho da alma e a Ciência, basicamente, confirmou isso. Segundo estudos científicos recentes, os olhos humanos, ou, mais exatamente, nossas pupilas revelam nossa verdadeira sexualidade, por mais que a gente tente disfarçá-la.

Ao que tudo indica, esse pontinho preto que temos no olho reage de maneira diferente à imagens de homens e de mulheres, revelando assim a real orientação sexual de qualquer pessoa. Pelo menos foi isso que os pesquisadores da Universidade Cornell, nos Estados Unidos, puderam observar com relação aos 300 voluntários do estudo.

O que acontece?

De acordo com os cientistas, homens heterossexuais ficam com as pupilas mais dilatadas quando observam imagens estimulantes de mulheres. A mesma coisa acontece com relação aos homossexuais, mas quando observam outros homens.

No caso das mulheres, o assunto é um pouco mais complexo e interessante. As pupilas delas se dilatam diante de imagens de homens e de mulheres, embora elas sejam mais propensas a observar os homens, quando se tratam de mulheres heterossexuais.

Outro ponto interessante revelado pelo estudo é que, ao contrário do que muitos dizem por aí, homens também podem ser bissexuais. Isso porque os voluntários do sexo masculino que assim se declaravam realmente tiveram as pupilas mais dilatadas diante de imagens sensuais de homens e de mulheres.

As pupilas e a sexualidade das mulheres

Com relação às mulheres e a atração que elas costumam sentir por homens e por mulheres, mesmo que mantenham relacionamentos heterossexuais, os cientistas explicam que se trata da composição do cérebro feminino.

Isso acontece devido a um mecanismo de defesa evolutivo, que serve para protegê-las de relações íntimas forçadas. Assim, se a mulher se atrai por qualquer simulação sexual, a lubrificação acontece e ela pode se proteger de lesões.

Interessante, não? E sua pupila, costuma se dilatar para eles ou para elas?

E, falando em olhos e pupilas, essa outra matéria vai deixar seu cérebro em choque: Encarar pessoas por mais de 3 segundos gera reação estranha.

Fontes: Hypescience, Livescience, NBC News