Notícias

Vídeo de festa de natal durante o lockdown repercute no governo britânico

Uma festa de natal durante o lockdown no Reino Unido no último ano escandalizou após a divulgação recente do acontecimento.

Uma festa de natal durante o lockdown no Reino Unido no último ano escandalizou após a divulgação recente do acontecimento. Agora, o governo britânico sofre um impacto negativo.

O evento aconteceu durante o confinamento total no Downing Street. Sendo assim, na residência e escritório do Primeiro Ministro do Reino Unido, Boris Johnson.  

No entanto, o premiê estava ausente da possível confraternização. Além disso, Boris ressalta que também não houve nenhuma festa no local.

A festa de natal durante o lockdown

Vídeo de festa de natal durante o lockdown repercute no governo britânico

Continua após a publicidade

Na época, não havia autorização para qualquer tipo de aglomeração na Inglaterra. Por isso, muitos não puderam fazer os eventos tradicionais de fim de ano com amigos e familiares.

Contudo, uma emissora de TV do Reino Unido divulgou recentemente um vídeo em que assessores de Johnson sorriam e brincavam sobre a suposta festa na casa do Primeiro Ministro. O grupo fingia ser jornalistas que perguntavam para a secretária do premiê, Allegra Stratton, sobre o evento do ano passado.

Por meio das imagens, é possível ver a mulher responder que aconteceu um “queijos e vinhos”. Ademais, “foi um encontro de negócios e não houve distanciamento social”. Portanto, fortaleceu a ideia de que a festa de natal durante o lockdown realmente ocorreu. 

Allegra Stratton

Continua após a publicidade

Ontem (08), devido a exposição do vídeo, Allegra pediu demissão do cargo. Ela revelou que virou uma dispersão no combate contra o novo coronavírus devido sua aparição no vídeo.   

Além disso, pediu perdão por “fazer pouco caso das regras” enquanto a população no Reino Unido realizou grandes esforços durante a pandemia

Pronunciamento do Primeiro Ministro

Mesmo ausente da suposta festa de natal durante o lockdown, o Primeiro Ministro britânico, Boris Johnson, demonstrou estar bravo com a situação e pediu desculpas para as pessoas do País por conta do que foi dito no vídeo. 

Continua após a publicidade

Ademais, caso tenha a confirmação de que o evento tenha realmente acontecido, uma ação disciplinar será aberta contra todos os responsáveis.  

Leia também sobre Mulher acusada de bruxaria foge do país para não ser morta pela família!

Próxima página »

Escolhidas para você