História

Yahoo – História, evolução, compra, venda, erros e acertos

Apesar dos erros, a Yahoo! foi uma das primeiras empresas que surgiram ainda quando a internet era muito nova, revolucionando a tecnologia.

Por mais que hoje a maioria das notícias que se ouvem sobre o Yahoo! não são tão boas. A companhia ainda existe na forma de portal, tendo serviços como por exemplo o e-mai e Yahoo! Respostas.

Porém, não foi sempre assim. Essa marca era uma das mais poderosas existentes na internet entre o final dos anos 90 e certo ponto dos anos 2000.

A empresa passou por muitos momentos e foi fundamental e revolucionária. Conheça mais sobre o Yahoo! em seguida.

História do Yahoo!

Yahoo - História, erros e acertos e a venda
Imagem: Giz Modo

Algumas decisões comerciais, gestões que não conseguiram acompanhar o futuro e uma pesada concorrência foram cruciais para que a história fosse totalmente mudada. Em 1994 a internet tinha acabado de surgir, e navegadores como o Mosaic está se tornando popular.

Continua após a publicidade

O norte americano David Filo e o taiwanês Jerry Yang estudavam engenharia elétrica na Universidade de Stanfor e mandavam links um para o outro sobre seus sites favoritos. Isso foi crescendo e eles estavam precisando compilar todos os endereços em um único lugar, em suma, online.

Assim nasceu o Jerry’s Guide to the World Wide Web, que foi, surpreendentemente o primeiro nome do Yahoo!. Com o passar do tempo, o nome de David entrou junto e as pessoas não tinham ideia quem eram e então passaram a visitar a página, indicando links para que entrassem no índice.

Continua após a publicidade

Pouco a pouco, foram adicionas seções e tópicos para que os temas fossem organizados, porém, ainda controlavam todo tipo de endereço que fosse entrar lá. Pouco menos de um ano depois, o guia possuía 2 mil site que faziam 50 mil buscas por dia. Até os trabalhos de faculdade foram deixados de lado para que o projeto ganhasse mais foco e o nome ganhou uma sigla mais comercial.

Yahoo! é mais que uma palavra qualquer, ele significa “Yet Another Hierarchical, Officious Oracle”. Que significa, portanto, “Mais um oráculo oficioso e hierárquico”. A exclamação serviu para diferenciar a marca de uma outra que já existia na época, chamando mais atenção.

Continua após a publicidade

Evolução do negócio

Yahoo - História, erros e acertos e a venda
Imagem: Medium

Em 1995, todavia, o site saiu dos servidores de Stanford por motivos de muito tráfego, o que fez com ele migrasse para a Netscape. O primeiro e grande investimento aconteceu pela empresa Sequoia, num valor de 1 milhão de dólares. A oferta pública de ações aconteceu em 1996, rendendo 30 vezes mais o valor aplicado.

Nessa época, a internet não tinha muitas marcas fortes, eram poucas as fortes, nascidas diretamente online. A Yahoo! quer ser a pioneira. Os serviços de busca ou não existiam ou faltava uma marca forte, o que deixou a estrada limpa para o Yahoo! fazer sucesso.

Compra e venda

Yahoo - História, erros e acertos e a venda
Imagem: Ratki Coaches

Em 1997, entretanto, duas negociações entraram para a história. A primeira se trata sobre a compra do RocketMail, um dos primeiros e mais famosos serviços gratuitos de correio eletrônico. Na época, era concorrente direto do hotmail. Logo, ele se tornaria o Yahoo! Mail, um dos mais famosos da Yahoo!.

A outra negociação não foi tão boa. Dois engenheiros ofereceram para ela e também para outras companhias similares, um sistema de busca que indexava resultados. Com base em categorias, posteriormente, mostrando os melhores resultados antes. Os nomes dos engenheiros eram Sergey Brin e Larry Page, simplesmente os fundadores do Google.

Continua após a publicidade

O mais impressionante foi o valor oferecido. Cerca de US$ 1 milhão. Eles queria vender o serviço para poder voltar para a universidade, porém ninguém ficou interessado, e bom, como você deve saber, alguns anos depois, viraram um gigante bilionário. O Yahoo! recusou porque a ideia do buscador tinha uma finalidade diferente. Ao invés de mandar o usuário para sites, eles queriam que você ficasse mais tempo ali, clicando em anúncios e olhando conteúdo.

No começo do milênio, as duas se tornaram parceira, e o motor de busca do Google passou a ser “www.yahoo.com”. Em 2002, após analisar o potencial da tecnologia, o Yahoo! ofereceu US$ 3 bilhões para comprar de vez, mas foi recusado. No final da década de 90, a empresa fez aquisições, colocando o nome da empresa em tudo. Assim nasceram a Yahoo! Games, Groups, o Messenger, entre outros.

O primeiro site

Yahoo - História, erros e acertos e a venda
Imagem: Canal Tech

Na virada do milênio, a Yahoo! já era uma gigante, o que a permitiu comprar um serviço que se chamava GeoCitites por 3 bilhões de dólares. Inicialmente, sites eram hospedados nesse serviço para escolher uma espécie de cidade virtual. O que tinha a ver com o respectivo tema, seja cinema, tecnologia, enfim.

Com a nova dona, o link passava a mostrar o nome do dono usuário da página. Gifs animados em excesso, fontes exageradamente coloridas e imagens de fundo ficaram memorizados por quem já navegava na época. Inegavelmente, muitas pessoas com certeza tiveram acesso ao GeoCitites. Ele foi encerrado em 2009, quando já não tinha mais espaço num mundo já totalmente diferente.

Continua após a publicidade

No começo da década, o Yahoo! estava valendo 125 bilhões de dólares, com ações disparando direto e crescendo sem parar. Logo que a chamada bolha de internet estourou, apareceram várias empresas do nada, fazendo com que o valor de mercado despencasse. Ela foi uma das poucas que sobreviveram a crise.

Venda

Yahoo - História, erros e acertos e a venda
Imagem: Techno Blog

Anteriormente, em 2008, o Yahoo! se recusou a vender sua empresa por 40 bilhões de dólares para a Microsoft e isso foi mais um erro da empresa. Alguns anos depois, em 2016, a empresa se viu obrigada a vender a empresa por “apenas” 5 bilhões de dólares para a Verizon.

Por conta de mudanças inerentes, a CEO Marissa Mayer deixou o posto. Embora, o encerramento do processo veio depois de quase um ano depois do primeiro anúncio de venda feita pela Verizon. Dois vazamentos em massa de dados dos usuários, afetaram bastante no valor inicial da venda.

A Yahoo! perdeu cerca de 95% do seu valor de mercado em 16 anos. Por fim, a Yahoo! ainda fatura perto dos bilhões por trimestre. Mas, não é um bom resultado, quando se fala de tecnologia. Ela poderia ter comprado o Google e Facebook, que hoje produzem óculos de realidade virtual e carros que dirigem sem motorista. Mas, hoje, ainda é um grande site.

Continua após a publicidade

E então? Gostou da matéria? Confira também: Ligação restrita – O que é e passo a passo em cada operadora

Fontes: Folha, Olhar digital, Canal tech, Infomoney, The brief

Imagem de destaque: Techno blog

Continua após a publicidade

Próxima página »

Escolhidas para você