Yoga para dormir: 10 posições para dormir igual a um bebê

Se você chegou até essa matéria, provavelmente não está com o sono muito satisfatório. A boa notícia é que é possível reverter esse quadro e ter uma boa noite de sono praticando algumas posições de yoga para dormir melhor e mais relaxado.

Como você vai ver ao longo desse post, as posições que listamos abaixo, além de exigir concentração, equilíbrio e proporcionar o alongamento do corpo, elas ainda não perfeitas para retirar a tensão da nuca, do pescoço, dos ombros, da coluna e assim por diante.

O resultado, disso como você vai ver, é uma noite de sono muito mais relaxante e revigorante, sem contar que a tendência é que essas posições de yoga para dormir reduzam bastante seu nível de estresse pelo relaxamento profundo.

Confira 10 posições de yoga para dormir:

1. Balasana – postura de criança

Essa posição não é indicada para quem tem problemas no joelho, mas, se esse não é seu caso, vai ajudar bastante a melhorar seu sono por relaxar o sistema nervoso, as costas, os ombros, a barriga e a mente.

Se seu glúteo não encostar no calcanhar, use um cobertor dobrado embaixo do bumbum para ajudar na sustentação e relaxar. Você deve alongar os braços à frente do deixá-los relaxadamente ao lado do corpo.

Quando você já estiver na postura, respire profundamente, cuidando para expandir as costas.

2. Supta Baddha Konasana – Postura da deusa reclinada ou da borboleta

Deite-se de costas, dobre os joelhos, junte as solas dos pés e, com cuidado, deixe os joelhos afastados e caídos de lado. Para ajudar no relaxamento, coloque um travesseiro ou um cobertor enrolado embaixo de cada um dos joelhos.

Deixe os braços caídos nas laterais do corpo, bem relaxados; e respire fundo, expandindo até o abdômen inferior.

3. Apanasana – Joelho no peito

Depois de se deixar de costas, dobre os joelhos no peito e abrace as pernas. Se você for mais flexível, abrace bem próximo da canela. Balance lentamente de um lado para o outro para relaxar e, ao mesmo tempo, ir massageando a lombar.

Deixe as pernas e os pés completamente relaxados, ao mesmo tempo em que permite os ombros relaxados em direção ao chão. Respire profundamente.

4. Supta Matsyendrasana – Torção deitada

Deite-se de costas, dobre os joelhos e, então, deixe que eles caiam para o lado direito. Você pode estabilizar as pernas segurando a coxa esquerda com a mão direita. Ao mesmo tempo, abra o braço esquerdo na altura do ombro e, com cuidado, gire a cabeça para o lado esquerdo.

Você também deve relaxar os ombros e deixá-los bem próximos ao chão, sem tencioná-los. Então, respire e repita a postura girando as pernas para o lado oposto.

5. Matsyasana – Postura do peixe

Deite-se de costas com os braços no chão e deslize as mãos por debaixo do glúteo, deixando as palmas para baixo. Então, pressione o antebraço no chão e dobre os cotovelos, levantando o tronco e o deixando apoiado nos cotovelos e abrindo bem o peitoral.

Se a gargante e os pescoço estiverem confortáveis, você pode olhar para cima; mas também pode deixar a cabeça cair para trás, sem fazer movimentos bruscos. Então, respire profundamente de 5 a 10 vezes, depois retire as mãos de debaixo do corpo e deite-se completamente no chão, expandindo o corpo.

6. Kapotasana – Postura do pombo

Embora essa seja uma postura mais avançada yoga para dormir, é uma ótima técnica de yoga para dormir. Para conseguir sustentá-la, a maioria das pessoas precisa de um cobertor ou travesseiro abaixo do glúteo para sustentar o corpo nessa postura.

Agora, sentada com a perna cruzada, coloque as palmas das mãos no chão, na frente do corpo, e transfira o peso para frente. Em seguida, você deve escorregar a perna esquerda para trás, até que ela esteja esticada e manter o peito do pé esquerdo encostado ao chão.

Assim que conseguir acertar a postura, relaxe os ombros e coloque um coberto grosso embaixo do lado direito do glúteo para relaxar completamente. A postura te alonga e relaxa bem.

O próximo passo é levar as mãos à frente do corpo, alongando bem todo tronco e apoiar a perna direita. Mantenha as costas o mais alongadas possível e tente encostar o peito no chão. Continue respirando e soltando a cabeça e os ombros à medida que permite o alongamento se estender até os quadris e à virilha.

Com a prática, você vai conseguir relaxar nessa postura por até 10 minutos e, então, repita a postura do outro lado.

7. Meditação

Com a meditação, você consegue controlar e até evitar os efeitos do estresse, tirando os focos das preocupações longe por um tempo. Para isso, você deve cruzar as pernas e se sentar na beira de um cobertor dobrado ou de um livro grosso, alongando a coluna para cima e relaxando os ombros.

Tente respirar profundamente e foque a atenção na respiração todas as vezes que a mente começar a dispersar.

Caso você esteja distraído com algo em particular, como sentimentos (mesmo que seja de raiva, frustração, tristeza) tente focar somente no sentimento em si e não no que o despertou e volte a se concentrar em sua respiração.

8. Paschimottanasana – Alongamento para frente

Sente-se com a coluna ereta e deixe as pernas à frente do corpo. Alongue bem a coluna para cima e depois jogue o tronco para frente.

Se quiser focar o alongamento ainda mais nas pernas, estenda-se ainda mais à frente, com a coluna um pouco dobrada. Agora, se você tem algum problema de coluna, ou se for usar o corpo inteiro nessa postura, mantenha as costas retas e apenas vá à frente o máximo que conseguir mantendo a coluna esticada, mesmo que não consiga alcançar um ângulo de 45º.

Depois, se apoie para ajudar a manter as costas retas, colocando as mãos próximas às coxas ou ao joelhos, dependendo do quanto você conseguir ir à frente.

9. Parivrtta Sukhasana – Torção sentada

Sente-se com as pernas cruzadas e coloque a mão direita no joelho esquerdo. A mão esquerda, por outro lado, deve ficar atrás do quadril esquerdo. Então, gire o tronco com cuidado para a esquerda e mantenha a respiração, elevando a coluna, mesmo quando estiver girando o tronco.

Repita o processo do outro lado.

10. Vaparita Karani – Postura com as pernas na parede

Escolha um local com espaço suficiente no chão para que você se deite e estenda as pernas para cima, encostando na parede. Então, deixe os braços nas laterais do corpo, relaxando em direção ao chão e respirando profundamente, de forma a expandir o peito.

Se você for muito alto, fique levemente afastado da parede para não forçar demais a coluna. Para quem tem problemas na lombar, uma forma de deixar a posição mais confortável é colocando um cobertor ou travesseiro no cóccix para dar suporte.

E então, vai tentar as técnicas? Se conseguir resultados positivos com essas posições de yoga para dormir, não deixe de nos contar nos comentários!

Agora, falando em yoga, não deixe de conferir ainda esses outros truques: Aprenda como ficar mais alto em apenas uma semana.

Fonte: Cuide-se