4 segredos para melhorar o sinal Wi-Fi na casa inteira

Por mais rápida e eficiente que seja sua internet Wi-Fi, vai ter sempre um cômodo de sua casa em que o sinal não vai ser tão bom. Isso pode acontecer por vários motivos, desde um mau posicionamento de seu roteador até problemas mais técnicos.

Mas, independente do porquê da queda do sinal, o mais importante mesmo é melhorar a falha e ter uma internet estável em todos os lugares da casa. Não é mesmo? É por isso, aliás, que fizemos a matéria de hoje.

Confira, na lista abaixo, alguns segredos, dicas e truques que podem melhorar o sinal Wi-Fi na casa inteira e garantir internet de qualidade em qualquer cômodo em que você esteja:

1. Atualize o roteador

1

Há várias formas de fazer isso. Primeiro, você pode tentar entrar em contato com seu provedor para saber se existe um hardware mais potente e compatível com sua conexão. Você também pode procurar isso em fóruns especializados na internet.

Outra opção é “tirar o escorpião do bolso”, ou seja, deixar de ser “pão duro” e comprar um roteador melhor. Mas, antes de abrir a carteira, é melhor observar as especificações do seu roteador e ver se uma atualização  realmente vai fazer diferença.

Uma terceira opção é substituir as antenas do roteador. Claro que essa dica só vale para os roteadores com antenas externas. Nesse caso, só de mudar a antena de posição já pode melhorar sua vida.

2. Altere a posição do roteador

3

Sim, parece óbvio demais, mas a mudança da posição do roteador pode resolver todo seu problema com o sinal wi-Fi. Isso porque a maioria dos roteadores lançam a internet em todas as direções ao mesmo tempo. O ideal, então, é colocá-lo bem no meio da casa, em algum lugar que privilegie outros cômodos intermediários.

Além disso é bom não esquecer que paredes, pisos, móveis, espelhos e objetos variados de metal não são bons para o sinal. Da mesma forma, monitores de bebê, telefones sem fio e micro-ondas também podem causar interferência, e mudar o canal usado pelo seu roteador pode reduzir isso. Banda 5GHz, por exemplo, tem mais canais e menos chance de interferência, mas a 2,4 GHz oferece um alcance mais longo do sinal.

3. Compartilhe a internet sem fio com o vizinho

2

Apartamentos e casa com terraço, por exemplo, podem ter um sinal Wi-Fi muito melhor se a internet for compartilhada com o vizinho, de forma que o seu roteador, por exemplo; fique no piso térreo e o do seu vizinho, no de cima. O ideal é que os dois tenham uma conexão rápida para surtir efeito nessa parceria.

Se você não se sentir completamente confortável com isso, por manter o controle sobre o que a casa ao lado vai poder acessar em sua rede. Isso, aliás, pode ser adequado em seu computador, nas configurações de rede, de forma a restringir o que será compartilhado com os demais usuários do sinal.

4. Invista em repetidores de sinal

4

Outra forma de melhorar o sinal Wi-Fi por toda sua casa é investindo em dispositivos que utilizam a fiação elétrica dos ambientes para garantir a transferência de bytes a partir do seu roteador. Mas, você pode também colocar um antigo roteador (que todo mundo tem em casa, guardado por algum motivo) em conjunto com algum software de código aberto para fazer o mesmo trabalho que um repetidor de sinal. No entanto, quem usa a internet de forma mais pesada, para baixar vídeos em HD, por exemplo, uma boa opção – e cara também – são os Kits Powerline, que consiste em equipamentos “mais profissionais” para a reprodução do sinal, digamos assim.