Ciência & Tecnologia

Quem inventou o wifi? A história da atriz e gênia Hedy Lamarr

Apesar de essencial para os dias contemporâneos, muitos não sabem quem inventou o wifi: Hedy Lamar, famosa atriz de Hollywood da década de 30.

Por P.H Mota

O uso da internet sem fio é parte da realidade do mundo há anos. Ainda assim, há quem não saiba que quem inventou o wifi foi uma atriz de Hollywood. Hedy Lamarr também era inventora e desenvolveu o sistema durante a Segunda Guerra Mundial.

Conehcida como a mulher mais linda do mundo, ela criou o método de comunicações para que as Forças Armadas dos Estados Unidos pudessem trocar informações durante o conflito.

Além de servir de base para o desenvolvimento do wifi, a tecnologia também ajudou a criar a telefonia celular.

Vida de Hedy Lamarr

Quem inventou o wifi? A história da atriz e gênia Hedy Lamarr

Continua após a publicidade

Hedy Lamarr nasceu em Viena numa família de judeus de classe média. Até os dez anos de idade, ela estudou piano sob orientações da mãe, pianista. Além disso, ainda na adolescência já demonstrava outros dotes artísticos, atuando do filmes alemães.

Em 1933, Lamarr participou do filme tcheco Êxtase, em que aparecia nua e simulava um ato sexual terminando em orgasmo. Sendo assim, antes mesmo de inventar o wifi, ela já entrava para a história, já que foi a primeira vez que o ápice sexual era apresentado no cinema.

O episódio, entretanto, provocou os ciúmes de seu marido milionário, que tentou adquirir e destruir todas as cópias do filme. Lamarr acabou separando-se do homem, mas casou-se novamente no mesmo ano com um outro homem tão controlador como o primeiro.

Só em 1937, ela conseguiu fugir dele, que a mantinha trancada em casa enquanto tinha encontros profissionais com oficiais da elite nazista. Nos Estados Unidos, a mulher se casou outras cinco vezes e chegou a estrelar filmes em Hollywood, até que se naturalizou estadunidense, em 1953.

Continua após a publicidade

Lamarr e Antheil

Quem inventou o wifi? A história da atriz e gênia Hedy Lamarr

Durante a Segunda Guerra, Hedy Lamarr trabalhou com o inventor George Antheil num aparelho de interferência em rádio que, mais tarde, culminou na invenção do wifi. A ideia do dispositivo era despistar radares nazistas e oferecer privacidade para o exército americano.

A ideia da dupla surgiu enquanto faziam um dueto no piano e alternavam os controles do instrumento. Dessa maneira, a mulher percebeu que a troca constante de frequências permitia uma comunicação sem medo de interceptações da mensagem.

Antes disso, George Antheil já era conhecido por experimentar o controle autômato de instrumentos musicais e escrever livros sobre endocrinologia. O conhecimento sobre hormônios, inclusive, foi o motivo que deu início a amizade entre os dois. Hedy Lamarr teria procurado o homem, seu vizinho, para descobrir formas de aumentar os próprios seios.

Continua após a publicidade

Além disso, os dois carregavam na história pessoal a origem judaica e o desprezo aos ideais nazistas.

Como a dupla inventou o wifi

Quem inventou o wifi? A história da atriz e gênia Hedy Lamarr

Em 1942, Hedy Lamarr e George Antheill apresentaram a tecnologia que inventou o wifi ao Departamento de Guerra dos Estados Unidos. O método de alternância de frequências (“frequence hopping”), entretanto, foi recusado por parecer muito complexo.

Dessa maneira, o projeto ficou guardado por 20 anos, até que militares começaram a utilizar o aparelho em 1962, em Cuba. Na época, a patente já havia expirado e o exército podia apostar na tecnologia de internet sem problemas.

Continua após a publicidade

Ainda que ela tivesse inventado o wifi, entretanto, seu reconhecimento só veio em 1997. Na época, a Electronic Frontier Foundation premiou Hedy Lamarr pela sua contribuição no desenvolvimento da tecnologia. No mesmo ano, o Governo dos Estados Unidos lhe deu menção honrosa “por abrir novos caminhos nas fronteiras da eletrônica”.

Próxima página »

Escolhidas para você