7 explicações para aquele roxo na pele que você não sabe de onde veio

Quem é meio estabanado e vive batendo braços e pernas em quinas de móveis e assim por diante costuma colecionar aquele típico roxo na pele, de vários tamanhos e tonalidades. Mas, e quando você não se lembra de ter batido em lugar algum e, mesmo assim, o roxo na pele está lá?

Apesar de todo mundo já ter enfrentado esse tipo de “mistério”, a verdade é que existem explicações bem lógicas para os hematomas que costumam aparecer na pele, mesmo sem que a gente tenha batido ou sofrido algum acidente.

Como você vai ver ao longo desse post, as causas por trás do roxo na pele podem ir desde a falta de nutrientes no organismo até a exposição excessiva ao sol. E a lista não para por aí!

Portanto, caso você não tenha sofrido nenhum tipo de impacto na pele, que justifique o roxo que acabou surgindo, não deixe de conferir a lista abaixo. Com certeza, alguns desses fatores podem ajudar a explicar o que está acontecendo com você e, em alguns casos, é bom até mesmo você procurar um médico!

Descubra o que pode estar por trás daquele roxo na pele:

1. Infecção

Nem todo mundo sabe, mas o roxo na pele também pode ser o efeito de alguma invasão do tecido corporal por organismos capazes de provocar doenças. Dependendo do tamanho da “invasão”, toxinas podem ficar em níveis elevados no sangue ou no tecido, e pode provocar tais manchas.

2. Ausência de nutrientes

A falta de alguns nutrientes no organismo também é capaz de fazer surgir aquele misterioso roxo na pele. Um bom exemplo disso é a carência de vitaminas A, B, C, D ou do ácido fólico. Nesses casos, o corpo pode se manifestar por meio de hematomas.

3. Envelhecimento

Não são apenas as rugas que costumam aparecer com o avanço da idade. Roxo na pele também pode ser um sinal de envelhecimento, uma vez que é comum, com o tempo, que esse nosso órgão (sim, a pele é o maior órgão do corpo humano) fique mais fino.

Como consequência disso, o revestimento protetor dos vasos capilares também acaba sendo reduzido, deixando muito mais fácil o aparecimento de hematomas.

4. Problemas no sangue

Doenças no sangue também podem estar por trás do seu misterioso roxo na pele, sabia? Hemofilia, trombocitopenia, lúpus, cirrose, leucemia e mieloma múltiplo são algumas dos problemas que podem provocar distúrbios hemorrágicos e que também costumam se manifestar na pele por meio de hematomas.

5. Muito exercício físico

Fazer exercícios físicos em excesso também pode fazer um ou outro roxo na pele acabar surgindo. A explicação para isso é que, durante a atividade, os músculos ficam tensionados, o que podem fazer com que os vasos sanguíneos se rompam, fazendo os roxos surgirem na superfície da pele.

6. Diabetes

Causada pelo excesso de glicose no sangue, a diabete é uma doença que também pode deixar uma espécie de hematoma aparente na pele.

Conforme os médicos, embora não seja exatamente o típico roxo na pele, as manchas escuras são um sinal físico do organismo para a resistência à insulina, hormônio responsável pela redução da glicemia.

7. Excesso de sol

Tomar muito sol também pode acaba facilitando o surgimento daquele roxo na pele. Isso porque a exposição excessiva aos raios solares acaba causando alterações na pele, que facilitam o aparecimento de hematomas em várias partes do corpo.

E então, descobriu, finalmente, qual pode ser a causa daquele roxo na pele que você nunca sabe explicar? Ou, no seu caso, é por excesso de delicadeza mesmo? Não deixe de comentar!

Agora, falando em roxos na pele, você pode gostar de conferir ainda: Sabia que chupão no pescoço pode ser fatal? Entenda.

Fonte: Fatos Desconhecidos