Mundo Animal

A migração dos caranguejos vermelhos: como, onde e quando acontece?

Os caranguejos vermelhos são uma espécie única que são encontradas apenas na Ilha Christmas, também conhecida como Ilha Natal, na Austrália.

Você já deve ter visto em algum site de notícias ou em telejornais um mar cor de sangue em movimento pelas ruas de uma determinada cidade. Esses são os caranguejos vermelhos que fazem uma jornada migratória todo ano. 

Milhões de caranguejos vermelhos invadem ruas, casas, quintais para chegar no mar. Na Austrália, por exemplo, onde acontece esse evento, acaba sendo uma das principais atrações turísticas locais. 

Devido a quantidade e a frequência das viagens dessas criaturas, foram necessárias construções de caminhos e interdições específicas para este fenômeno.

Porque e quando acontece?

Continua após a publicidade

Cerca de 120 milhões de caranguejos vermelhos começam a migração determinada pela fase da lua. Sendo assim, após a desova antes do amanhecer em uma maré alta que recua. Portanto, sempre acontece no último quarto da lua. Peritos em estudos sobre esses animais ainda não sabem dizer ao certo como eles acertam exatamente a fase lunar

A trajetória dos caranguejos vermelhos fazem essa viagem após a desova para se acasalarem na costa. Por isso, quando chegam ao local as fêmeas liberam os ovos em pequenas tocas próximas ao mar. Dessa forma, quando a água aumenta de nível e carrega os ovos, eles eclodem. Além disso, também facilita na aproximação ao mar. 

Os caranguejos vermelhos levam a fase da lua tão a sério, que se houver qualquer espécie de atraso lunar e do clima a migração também sofre o efeito. Ou seja, o grupo também adia a reprodução até o seguinte mês quando estiver com tudo adequado. As migrações acontecem entre os meses de outubro e novembro durante as estações chuvosas. Porém, se houver atrasos como mencionado antes pode prorrogar para dezembro e janeiro.

De onde são os caranguejos vermelhos?

A migração dos caranguejos vermelhos: como, onde e quando acontece?

Continua após a publicidade

Os caranguejos vermelhos são uma espécie única que são encontradas apenas na Ilha Christmas, também conhecida como Ilha Natal, na Austrália. Esses animais são importantes para o ecossistema e durante seu trajeto passam por uma extensa floresta tropical, que é a predominante da região. 

O caranguejo vermelho vive sozinho grande parte do ano em tocas feitas por eles mesmos. Portanto, cavam buracos e vários deles ficam pela floresta. Quando é uma estação de calor, os caranguejos saem das tocas e ficam do lado de fora até 3 meses. Motivo disso, é para conservar a umidade corporal. 

O trajeto

Quando a estação chuvosa começa os caranguejos vermelhos deixam as florestas e vão para áreas de acasalamento próximas da praia. Portanto, devem atravessar diversas situações que podem tentar impedi-los. Eles passam por jardins, estradas, erosões e casas com portas abertas. Os caranguejos têm a capacidade até mesmo de romper pneus de veículos e parar trânsitos.

Continua após a publicidade

 Funcionários do Departamento de Parques local possuem o trabalho também de auxiliar esses animais na sua jornada para que não sejam atropelados. Para que isso não ocorra, é necessário interditar vias parcialmente ou totalmente. Sendo assim, pode levar horas ou até mesmo vários dias inteiros. 

Ademais, já foram construídas pontes especialmente para os caranguejos vermelhos passarem para evitar acidentes e também bloqueios no trânsito. Contudo, mesmo com essas precauções é bastante comum esses animais passarem por lugares diferentes e continuar a invadir casas ou passar por ruas com muito movimento. 

Mais sobre o caranguejo vermelho

A migração dos caranguejos vermelhos: como, onde e quando acontece?

São animais invertebrados de grande porte. Podem chegar a 12,7 centímetros de comprimento. São criaturas dinâmicas durante o dia. Contudo, sempre evitam o sol para manter a hidratação corporal. É um dos animais que fazem uma das maiores migrações no planeta.  

Continua após a publicidade

Os caranguejos vermelhos comem folhas, frutas e flores. Além disso, são eficazes na reciclagem de nutrientes. Por isso, auxiliam na determinação da divisão e formação da flora nativa local.  Eles ficam cerca de um mês no oceano e depois voltam pouco a pouco para respirar o ar. Em seguida, voltam para as florestas tropicais e recomeçam todo o processo. 

Na terra, o caranguejo vermelho é a presa das formigas-loucas-amarelas. Essa espécie não é nativa da ilha e chegou ao local de forma acidental. Estas formigas são umas das principais causas de desequilíbrio no ecossistema do lugar. Já na água, o predador dos caranguejos vermelhos é o tubarão-baleia. 

Veja também sobre os Mini porcos, o que são? Origem, características e cuidados básicos!

Continua após a publicidade
Próxima página »

Escolhidas para você