Curiosidades

Afrodite: a história da deusa grega do amor e da sedução

Afrodite é a deusa do amor, da beleza e da sexualidade. Entenda mais sobre sua origem e algumas histórias sobre sua vida bastante confusa.

Certamente, você já deve ter ouvido falar de Afrodite, a deusa do amor. A mitologia grega é cheia de histórias surpreendentes, sendo um fruto de uma religião politeísta. Nessa religião, diversos deuses eram venerados quando se desejava coisas diferentes, como Poseidon era o deus dos mares e Ades era o deus do submundo e dos mortos. Sendo que, Zeus é conhecido como o maior de todos os deuses.

Afrodite é considerada a deusa do amor, da beleza e da sexualidade. Sua história é pouco conhecida, e por conta disso, muitos se enganam ao acreditar que ela é um rosto bonito que sai espalhando amor para todos que pedem. Essa deusa é extremamente vingativa e impiedosa, passando por cima de qualquer pessoa para conseguir o que deseja.

Já na mitologia romana, Afrodite é conhecida como a deusa Vênus. De acordo com a mitologia grega, Afrodite já nasceu adulta. Conhecida como uma divindade vaidosa e sedutora. Além disso, foi forçada a se unir com Hefesto, um deus feio e mal-humorado. Mas, mantinha um relacionamento extra conjugal com Ares, o deus da guerra.

Fique em seguida com a origem e algumas curiosidades sobre essa deusa.

Origem

Afrodite - Conheça mais sobre a deusa do amor
Godess

Com relação a sua origem, existem duas versões, mas é preciso entender um pouco sobre a origem dos deuses gregos antes. Primeiramente, temos que voltar no tempo onde existia Gaia e seus filhos, Urano (o céu), Pontos (o mar) e Tártaro (o inferno grego). Gaia então manteve relações com todos seus filhos, sendo seu preferido Urano. A partir desse romance, ela teve diversos filhos e um deles era o titã Cronos, o titã do tempo.

Urano prendeu todos seus filhos por medo e Gaia, com raiva da situação, pediu a Cronos que matasse seu pai. Com uma foice, o Titã do Tempo cortou o pênis e os testículos de seu pai, fazendo com que ele nunca mais voltasse para Terra. Quando íntimas do ser encontraram o mar, uma espuma foi produzida e Afrodite nasceu dai. A deusa, considerada a primeira do Olimpo, nasceu antes do próprio Zeus.

Por fim, temos a segunda versão, onde Afrodite nasceu fruto do relacionamento de Zeus com Dione, a deusa das ninfas. Ninjas eram criaturas em forma de mulheres que vivam durante anos e não envelheciam. Elas eram conhecidas por sua beleza e, apesar de não serem imortais, eram cultuadas e até mesmo temidas.

Enquanto a primeira versão mostrada é a de Hesíodo, a segundo é de Homero.

Amores e filhos de Afrodite

Afrodite - Conheça mais sobre a deusa do amor
Mahamed Okab

Como deusa do amor, é de se esperar que ela passou por diversos momentos amorosos durante toda sua história. Primeiramente, temos que falar de Hefesto, que é o deus do fogo. Ela se casou com ele por ordens de Zeus, mas não amava ou gostava de seu parceiro. Uma deusa que está se importa tanto com a beleza, acreditava que o deus do fogo era feio e sem senso de humor.

Enfim, cansada de seu casamento, ela procurou diversos outros relacionamentos. Um de seus principais amantes foi Ares, o deus da guerra. Apesar de Ares ser o mais famoso, ela também manteve relações com Hermes (deus dos mensageiros), com Dionísio (deus do vinho), com Poseidon (deus dos mares), com Adônis (um jovem mortal de beleza olímpica), com Apolo (deus do Sol), e muitos outros. Fique em seguida com alguns dos filhos que ela gerou em diversos desses relacionamentos:

  • Eros (deus da paixão e filho de Ares)
  • Anteros (deus da ordem e filho Ares)
  • Deimos (deus do terror e filho de Ares)
  • Harmonia (deusa da harmonia e filha de Ares)
  • Fobos (deus do temor e filho Ares)
  • Hermafrodito (filho de Hermes)
  • Príapo (deus da fertilidade de filhos de Dionísio)
  • Rodes (deusa da ilha de Rhodes e filha de Poseidon)
  • Himeneu (deusa do casamento e filha de Apolo)

Por fim, sabemos a deusa do amor deixou diversos filhos importantes pelo mundo. Ainda existem outros filhos e relacionamentos não citados que tem menor importância.

História e mitos

Afrodite - Conheça mais sobre a deusa do amor
A Maravilhosa Esperança

Afrodite com certeza é uma peça importante de toda a história grega. Certamente, o momento um dos momentos mais importantes é a Guerra de Troia, onde ela supostamente causou a desavença. Na versão conhecida, sabemos que o rei Páris de Troia raptou Helena após de apaixonar perdidamente por ela. Antes de tudo, sabemos que Helena, a mulher mais bonita viva, era esposa do rei Menelau. A partir disso, a Guerra entre os aqueus e troianos começou.

De acordo com a mitologia grega, quem causou todo esse problema foi Afrodite. Em algum momento da história, Zeus recebe uma maça de outro (também chamada de Pomo de Ouro ou Maça de Outro). Tal objeto deve ser entregue para a mais bela e justa e conforme diz a lenda, Hera, Afrodite e Atena concorriam ao título.

Zeus não quis tomar partido e deu essa função para o rei Páris. O rei de Troia entregou a maçã para a Afrodite e em troca, fez com que a mulher mais bonita do mundo se apaixonasse por ele. Por fim, sabemos que Afrodite causou uma das guerras mais conhecidas da história.

Outro ponto importante é falar sobre a adoração dos gregos sobre ela. Nos cultos para Afrodite sempre existiam sacrifícios de animais, flores belas e também frutas, como maça e romã. Esses cultos eram dos mais vários, sendo desde os mais inocentes, até os mais depravados. Os objetivos das pessoas desses cultas eram variados, podendo ser ligados ao sucesso no casamento, saúde em uma gravidez e até mesmo ligado a paquera.

E aí, o que achou? Comenta aí e compartilha. Caso tenha gostado, é provável que também vá gostar dessa matéria: Medusa, uma história tragédia, traição e feminismo na mitologia grega

Fontes: InfoEscola, Mitologia Online, Toda Matéria

Imagem de destaque: Suno

Próxima página »

Escolhidas para você