Curiosidades

Alistamento Militar: o que acontece com quem se alista e e não se alista

Muitos jovens têm medo do alistamento militar, porém, não sabem muito bem como ele funciona. Entenda todas as etapas do longo processo.

Todos os anos, milhões de jovens por todo o Brasil tem que participar do alistamento militar. Para alguns, isso é o grande medo ao fazer 18 anos, para outros, esse mesmo terror é um sonho. Nessa matéria vamos adentrar no mundo do alistamento militar, contando um pouco sobre sua obrigatoriedade, etapas, problemas e por fim, o que fazer caso você “passe” no processo. Mas antes vamos falar um pouco sobre o exército brasileiro.

Tudo começou no ano de 1542, quando um “Termo” foi assinado na Câmara de São Vicente. Nele, colonos e índios teriam que organizar uma milícia para lutar contra inimigos estrangeiros e índios rebeldes. Foi só em 1574 que o serviço militar se tornou obrigatório, onde todo cidadão entre 14 e 60 anos, deveria servir as Companhias de Ordenanças. Com o passar do tempo isso foi evoluindo até ser como nós conhecemos hoje.

Ao todo, temos 3 forças armadas no Brasil: o Exército, a Marinha e a Aeronáutica. O principal papel desses três grupos é defender o Brasil em caso de conflitos internacionais. Apesar de esse ser seu principal objetivo, as forças podem praticar outros papéis, sempre em prol da sociedade brasileira.

Enfim, agora que você já entende mais sobre a história e sobre o exército brasileiro, vamos aos detalhes do alistamento militar.

Como funciona o processo do alistamento militar?

Alistamento Militar - Etapas e o que acontece se você não se alistar
Santa Bárbara

Em primeiro lugar, o alistamento é obrigatório apenas para homens que alcançaram os 18 anos. Mulheres também podem se candidatar aos 18 anos, mas fica ao seu critério. Quando o jovem alcança a idade, ele deve comparecer a Junta de Serviço Militar mais próxima de sua residência ou também acessar o site www.alistamento.eb.mil.br para fazer o cadastro online. Caso queria comparecer a Junta Militar, esses são alguns documentos importantes para levar:

  • Certidão de Nascimento (caso não possua CPF) ou casamento
  • Carteira de identidade
  • Foto 3×4
  • Comprovante de residência

É importante lembrar que o prazo começa em meados de janeiro e termina no final de junho, no dia 30. Posteriormente, quem fez a inscrição no prazo correto, deve comparecer no dia marcado que pode variar de fevereiro a novembro.

Continua após a publicidade

Nesse encontro presencial são feitos diversos testes, levando em conta dois critérios principais. Primeiramente temos diversos testes de resistência que levam em consideração o físico da pessoa. Caso ela esteja em boa forma, existem grandes chances de passar nesse teste. Já o segundo leva em conta as classes sociais e também a região em que o candidato se encontra.

Sobretudo, é bom lembrar que é necessário uma altura mínima de 1,60 m para homens e 1,55 m para mulheres.

Ao passar dessa fase, ele será designado para o quartel de sua região. Nesse quartel ele passará por exames médicos novamente, que por sua vez, são mais criteriosos. Após concluir todas essas etapas, o jovem será incorporado começara o treinamento.

Fui alistado, e agora?

Alistamento Militar - Etapas e o que acontece se você não se alistar
Gazeta do Povo

Ao entrar no exército, você terá que se dedicar alguns anos para sair de lá formado. Em primeiro lugar temos o curso básico, que tem duração de 48 semanas. Em segundo lugar, após o curso básico, temos o curso de qualificação, que também tem duração de 48 semanas.

Durante esse período, o aluno terá diversos benefícios como alojamento, assistência média, assistência odontológica, alimentação, férias, acesso às áreas de lazer e uma bolsa de R$ 1141,00.

Após concluir o curso, o aluno irá para Academia Militar das Agulhas Negras. Por fim, ele passará 4 anos até se formar a aspirante Oficial das Armas, podendo escolher Quadro de Material Bélico ou Serviço de Intendência do Exército.

Continua após a publicidade

Todavia, é importante lembrar que para entrar na Marinha e na Aeronáutica, é necessário prestar concurso públicos. Sendo assim, não é possível entrar através do alistamento militar obrigatório. Também existem concursos para entrar no próprio exército, mas são para cargos superiores.

E se eu não me alistar?

Alistamento Militar - Etapas e o que acontece se você não se alistar
Ultimo Segundo

Certamente, como muitos devem saber, não se alistar gera diversos problemas para o cidadão brasileiro. Dentre os principais impedimentos que ele tem estão:

  • Não pode receber prêmios ou favores do governo
  • Não pode tirar o passaporte
  • Não pode assinar um contrato com o governo
  • Não pode se inscrever em um concurso público
  • Não pode obter a carteira de trabalho ou tirar o diploma em universidades

Por fim, a regularização pode ser feita pelo ou pela Junta Militar mais próxima de você, porém, será cobrado uma multa.

E aí, o que achou da matéria? Caso tenha gostado, é provável que também vá gostar dessa: Saiba quanto é o salário dos 3 mil militares da intervenção militar do Rio.

Fonte: Força Militar, Alistamento, Defesa Gov

Imagem de destaque: Flickr

Continua após a publicidade
Próxima página »

Escolhidas para você