Curiosidades

Amaranto, o que é? Benefícios e como cozinhar esse super grão

O amaranto é um grão ou pseudocereal nativo da América Central famoso por seus benefícios nutricionais e variedade de aplicações na cozinha.

O amaranto é um grão cultivado há milhares de anos e já foi tão popular quanto o milho. Tecnicamente, não é um grão de cereal, além disso suas folhas também são comestíveis e altamente nutritivas.

Em todo o mundo, existem mais de 60 espécies de amaranto. Dessa forma, a maioria das variedades tem flores cerradas e a cor pode variar do amarelo dourado a vermelho vivo e roxo brilhante. Atualmente, o consumo de amaranto está em largo crescimento, especialmente à luz do interesse renovado em dietas baseadas em vegetais e agricultura sustentável.

Como resultado, o uso do amaranto em produtos alimentícios é variado. Ou seja, ele é usado em sua forma intacta, como farinha, e cada vez mais como componente de cereais e barras de granola.

O alto teor de nutrientes do amaranto, a tolerância à seca e as necessidades de água extremamente baixas geraram mais pesquisas sobre a reprodução e o cultivo da safra, à medida que os agricultores que enfrentam os desafios da mudança climática começaram a buscar culturas mais resistentes e adaptáveis como o amaranto.

Continua após a publicidade

Nutrientes do amaranto

Amaranto: o que é, benefícios e como cozinhar esse supergrão
Fonte: Pinterest

O amaranto possui um vasto teor de nutrientes e, assim como outros pseudocereais, é uma fonte de proteína. Aliás, esse grão é uma proteína completa, contendo todos os nove aminoácidos essenciais, quase o dobro da quantidade encontrada no arroz e no milho. Além disso, pesquisadores descobriram que este grão é uma das proteínas vegetais mais nutritivas. No entanto, os benefícios da proteína do amaranto não param por aí – o amaranto também contém lunasina, um peptídeo que se acredita ter benefícios anti-inflamatórios e preventivos do câncer. Se você tem doença celíaca, lembre-se de que o amaranto é uma das muitas opções de grãos sem glúten.

Para esclarecer, cada grão integral oferece uma mistura diferente de nutrientes. O amaranto integral fornece uma boa fonte (maior ou igual a 10% do valor diário recomendado) de proteína, fibra, ferro, selênio e vitamina B e B6. O amaranto também é uma excelente fonte de magnésio e fósforo, e contém pelo menos metade do valor diário recomendado de manganês, que ajuda a metabolizar proteínas e outros macronutrientes.

Continua após a publicidade

Benefícios do amaranto (grão e folhas)

Amaranto: o que é, benefícios e como cozinhar esse supergrão

Fornece energia

Composto por carboidratos, proteínas, vitamina K, vitamina A, vitamina B6 e vitamina C, as folhas de amaranto aumentam a energia no corpo.

Continua após a publicidade

Previne o desequilíbrio eletrolítico

As folhas de amaranto são uma excelente fonte de manganês, ferro, cobre, cálcio, magnésio, potássio e fósforo, necessários para manter o equilíbrio mineral adequado no corpo.

Excelente dieta sem glúten

Vegetarianos com intolerância ao glúten ou aqueles que sofrem de doenças celíacas podem obter a dose diária recomendada de proteína de folhas de amaranto. Em comparação com outras fontes vegetais, como por exemplo trigo, centeio, bem como arroz e aveia, o amaranto contém 30% mais proteína com um conjunto completo de aminoácidos.

Melhora a digestão

O alto teor de fibra alimentar nas folhas melhora a saúde digestiva e reduz a constipação. É facilmente digerível e bom tanto para jovens como para idosos.

Ajuda no controle de peso

A proteína das folhas ajuda a reduzir os níveis de insulina no sangue e também libera um hormônio que diminui a fome e evita a compulsão.

Continua após a publicidade

Reduz o colesterol ruim

Um dos principais benefícios das folhas de amaranto é a capacidade de redução do colesterol. Por ser fibroso, essa planta é eficaz na redução dos níveis de LDL no sangue e promove a perda de peso. A presença de tocotrienóis (um tipo de vitamina E) também auxilia na redução do colesterol.

Combate anemia

Folhas de amaranto vermelho são ricas em ferro, dessa forma promovem a coagulação e aumentam o conteúdo de hemoglobina e a contagem de glóbulos vermelhos.

Diminui o risco de doenças cardiovasculares

As folhas de amaranto são uma excelente fonte dietética de fitoesteróis que reduzem a pressão arterial e previnem doenças cardíacas, incluindo derrame.

Combate ao câncer

A presença de lisina junto com vitamina E, ferro, magnésio, fósforo e potássio e vitamina C ajuda a combater os radicais livres responsáveis ​​pelo envelhecimento e formação de células malignas.

Continua após a publicidade

Tratamentos ayurvédicos

O suco extraído das folhas frescas de amaranto é prescrito para o tratamento de diarreia e hemorragia.

Impede a queda e o envelhecimento dos cabelos

Além do consumo regular, aplicar o suco das folhas evita que os cabelos quebradiços caiam. Este maravilhoso benefício cosmético das folhas de amaranto também retarda o início do envelhecimento precoce.

Previne doenças por deficiência de cálcio

O cálcio presente nas folhas de amaranto reduz o risco de osteoporose e outras deficiências de cálcio porque tem o dobro do cálcio do leite.

Melhora a visão

Por fim, a vitamina C encontrada nas folhas contribui para uma visão saudável.

Continua após a publicidade

Como cozinhar amaranto?

Amaranto: o que é, benefícios e como cozinhar esse supergrão
Fonte: Pinterest

A farinha de amaranto é usado mais frequentemente em produtos de panificação sem glúten. Contudo, é recomendado usar farinha de amaranto em combinação com outras farinhas sem glúten para obter uma textura melhor. Ou as sementes inteiras podem ser estouradas como pipoca quando colocadas secas em uma panela quente. Além disso, sementes ou farinha de amaranto podem ser adicionadas em caldos, ensopados e outros pratos com grãos. Como resultado, esse ingrediente irá adicionar nutrição e fornecer uma textura agradável à sua receita. Se preferir, o amaranto pode ser comido sozinho. Ademais, as sementes inteiras podem ser fervidas e cozidas como quinoa para fazer um prato à base de grãos.

O amaranto cozido deve ser monitorado de perto, pois tem tendência a ficar mole e gelatinoso, perfeito para fazer mingau. Por outro lado, as aplicações salgadas, no entanto, funcionam melhor com uma proporção específica de grãos para água e um tempo de cozimento mais curto. Além disso, como o amaranto absorve água pura com mais facilidade do que a água salgada, é aconselhável deixar o sal de fora até terminar de cozinhar.

Então, gostou de saber mais sobre o amaranto e quer conhecer outros grãos nutritivos? Pois clique e leia: O que é tremoço? Benefícios e como deve ser consumido

Fontes: Tua Saúde, Activia, Minha Vida, Uol

Continua após a publicidade

Fotos: Pinterest

Próxima página »

Escolhidas para você