Curiosidades

American Horror Story: histórias reais que inspiraram a série

A série American Horror Story tem fama por tratar sobre terror e drama com qualidade, mas cada temporada tem inspiração em histórias reais.

Em primeiro lugar, American Horror Story é uma série de televisão estadunidense antológica de terror. Nesse sentido, tem criação e produção de Ryan Murphy e Brad Falchuk. No geral, cada temporada narra uma historia independente, com próprio começo, meio e fim, seguindo um conjunto de personagens e ambientações diversas.

Desse modo, a primeira temporada, por exemplo, narra eventos da família Harmon que se muda para uma mansão assombrada sem saber. Posteriormente, a segunda temporada tem ambientação no ano de 1964. Sobretudo, acompanha as histórias dos pacientes, médicos e freiras em uma instituição para criminosos insanos sob o controle da Igreja Católica.

Em resumo, American Horror Story pertence ao gênero terror, antologia, sobrenatural e drama. Além disso, conta com 10 temporadas e 108 episódios em inglês. Comumente, cada episódio contém entre 43 e 74 minutos, dependendo da intenção de cada capítulo, ou seja, se ele é um episódio final de temporada, por exemplo.

Apesar disso, os criadores exploram histórias reais por meio da ficção e da dramatização. Em outras palavras, o nome da série surge justamente nesse sentido, porque se inspira em histórias reais nos Estados Unidos. Por fim, conheça alguns dos eventos que transformaram-se em enredo na produção:

Continua após a publicidade

Histórias reais que inspiraram American Horror Story

1) O massacre de Richard Speck na primeira temporada de American Horror Story

Fotografia de uma cena da produção

A princípio, essa história aconteceu no dia 14 de julho de 1966, quando Richard Speck, aos 24 anos, entrou em uma casa em que moravam nove enfermeiras. Porém, estava armado de uma faca e um revólver, matando cada uma. Entretanto, a única sobrevivente foi Corazón Amurao, de 23 anos, que se escondeu do assassino.

Continua após a publicidade

Posteriormente, o assassino enfrentou a sentença de cadeira elétrica, mas a Suprema Corte aboliu a pena de morte nessa época. Como consequência, recebeu uma sentença de 200 anos de prisão. Por fim, acabou morrendo por meio de um ataque cardíaco em 1991, mas as enfermeiras aparecem como fantasmas na primeira temporada de American Horror Story, com inspiração nesse evento.

2) Barney e Betty Hill, o casal abduzido na segunda temporada de American Horror Story

Fotografia de uma cena da produção

Continua após a publicidade

Em resumo, Barney e Betty Hill eram um casal que afirmou ter sido abduzidos em 1961. Ademais, teriam sido vítimas de um sequestro por curto período de tempo, ficando presos em um OVNI. Curiosamente, se trata do primeiro caso de abdução alienígena a ser amplamente divulgado, sendo representado na segunda temporada da série pelo casal Kit e Alma Walker.

3) Personagens reais na terceira temporada de American Horror Story

Fotografia de uma cena da produção

Basicamente, a terceira temporada trata sobre bruxaria e vodu. Desse modo, personagens como Marie Laveau e Papa Legba aparecem na historia, mas foram personalidades reais.

Nesse sentido, Papa Legba era um intermediário entre o loa e a humanidade. Ou seja, poderia negar a permissão de se falar com espíritos. Em contrapartida, Marie Laveau foi a Rainha do Vodu, uma praticante da tradição nos Estados Unidos no século XIX.

Continua após a publicidade

4) O Homem do Machado de Nova Orleans

Fotografia de uma cena da produção

Também na terceira temporada de American Horror Story, esse personagem tem inspiração no verdadeiro serial killer que matou 12 pessoas. Porém, nunca foi encontrado e entrou na história por convencer todos os moradores de Nova Orleans a esconderem-se em suas casas durante um dia inteiro. Em resumo, o criminoso teria publicado uma ameaça no jornal, de modo que todos se esconderam.

5) Personagens reais do Freak Show na quarta temporada de American Horror Story

Fotografia de uma cena da produção

Em primeiro lugar, durante metade do século XIX até o início do século XX era comum circos dos horrores e shows com aberrações reais. Basicamente, utilizava-se de pessoas com anomalias ou deformidades, além de qualquer tipo de deficiência em uma espécie de zoológico humano. Desse modo, a quarta temporada de American Horror Story aborda esse tema, mas traz personagens reais.

Continua após a publicidade

Como exemplo, pode-se citar Jimmy Darling, que tem inspiração em Grady Franklin Stiles Jr, o Garoto Lagosta. Sobretudo, esse nome surgiu em decorrência de uma rara ectrodactilia, que transformou suas mãos em garras.

6) Edward Mordrake, o personagem da quarta temporada de American Horror Story

American Horror Story: histórias reais que inspiraram a série

Também nessa mesma temporada, Mordrake participou com base em uma famosa lenda urbana estadunidense. Em outras palavras, ele seria um herdeiro nobre inglês do século XIX, mas em sua nuca havia um rosto adicional. No geral, esse rosto adicional seria incapaz de comer, mas poderia sorrir e chorar, sussurrando coisas horríveis ao homem e o levando a loucura.

7) Hotel Cecil

American Horror Story: histórias reais que inspiraram a série

Continua após a publicidade

Sobretudo, a história do Hotel Cecil inspirou inteiramente a quinta temporada de American Horror Story. Desse modo, consiste no caso do assassinato de Elisa Lam, em 2013, uma estudante canadense cujo corpo apareceu em uma caixa d’água do hotel. Apesar do registro legista apontar morte acidental, muitos suspeitaram porque o Hotel teria outras histórias suspeitas envolvendo crimes.,

8) O Castelo em American Horror Story

American Horror Story: histórias reais que inspiraram a série

Mais ainda, o Hotel Cecil não foi a única inspiração da quinta temporada de American Horror Story. Ademais, utilizaram a história de H.H Holmes, o primeiro serial killer norteamericano que também criou um hotel para atrair víitimas. Desse modo, o homem foi preso em 1895, mas teria assassinado 27 pessoas, sendo que somente 9 tiveram confirmação.

9) Personagens do Hotel

American Horror Story: histórias reais que inspiraram a série

Continua após a publicidade

Como citado anteriormente, personagens reais fizeram parte do elenco dessa temporada de American Horror Story. Em especial, cabe citar o próprio H.H Holmes, mas outros como Jeffrey Dahmer, o Canibal de Milkwaukee, que fez 17 vítimas entre os anos de 1978 e 1991. Porém, outros seriais killers aparecem também, como Aileen Wuornos e John Wayne Gacy.

10) A colônia de Roanoke na sexta temporada de American Horror Story

American Horror Story: histórias reais que inspiraram a série

Por fim, a sexta temporada envolve a colônia desaparecida de Roanoke, que faz parte e uma história do final do século XVI. Em resumo, um nobre teria estabelecido uma viagem para criar um assentamento na região, mas o primeiro grupo de homens foi assassinado de fora misteriora. Logo em seguida, o sgundo e terceiro grupo também morreram, incluindo o próprio nobre.

E aí, conheceu histórias reais que inspiraram American Horror Story? Então leia sobre Sangue doce, o que é? Qual a explicação da Ciência.

Continua após a publicidade

Próxima página »

Escolhidas para você