Andar em montanha-russa cura pedras nos rins, segundo a Ciência

Cálculos renais, ou como é mais conhecido por aí, pedras nos rins costuma ser um pesadelo na vida das pessoas. Quem sofre com o problema relata cólicas intensas, daquelas que só passam com injeções fortes na veia. Na grande maioria dos casos, quando o próprio organismo não consegue expelir a pedra ou as pedras nos rins, com ajuda de chás e medicamentos; a “faca” é a solução para transtorno.

Mas, ao que tudo indica, a prevenção e até o tratamento de pedras nos rins pode ser mais divertido e ter mais adrenalina do que qualquer um de nós poderia imaginar. Conforme os médicos americanos Marc Mitchell e David Wartinger, parece bizarro, mas andar em montanha-russa pode acabar com o problema em alguns casos.

1

E, se você está se perguntando como eles descobriram isso, fique sabendo que foi pura coincidência. Os médicos perceberam que casos de pacientes que relatavam ter expelido cálculos renais logo depois de uma visita à Big Thunder Mountain Railroad, durante passeios ao Magic Kingdom da Disney; começaram a se repetir. Um dos pacientes bem sucedidos relatou que havia andado três vezes seguidas no brinquedo.

7

O teste da montanha-russa

Para descobrir se essa história toda de montanhas-russas era mesmo possível, os médicos resolveram fazer o teste usando um rim impresso em 3D, de silício transparente, baseado em um rim com pedras. Eles levaram o órgão sintético para a Disney, com urina e três cálculos de tamanhos diferentes na parte superior, média e inferior das passagens renais.

6

Depois de 20 passeios na montanha-russa do parque, os médicos observaram que a pedra localizada na parte superior respondeu perfeitamente ao “tratamento” e foi expelida em todas as tentativas. Por outro lado, a pedra na parte inferior não saiu tão facilmente, mas foi eliminada em 40% das vezes.

3

Mas, claro, montanha-russa alguma faz mágica. Conforme os especialistas, esse tipo de “chacoalhada” só funciona com pedras nos rins até 5 milímetros. Acima disso, a dor costuma ser muito intensa e precisam de cirurgia para ser eliminada.

Como eliminar pedras nos rins com adrenalina

Depois dessa, Mitchell e Wartinger recomendam que pessoas que sofram com pedra nos rins ou que tenham propensão ao problema brinquem em montanhas-russas de tempos em tempos, como forma de tratamento ou prevenção. Interessante, não?

5

Mas, calma, conforme eles não é qualquer um desses brinquedos que ajuda no tratamento de pedras nos rins. Para conseguir mais que pura adrenalina nesse tipo de passeio é recomendável que a montanha-russa atinja uma velocidade moderada, que 65 quilômetros por hora, em média. O percurso precisa incluir quedas rápidas, curvas acentuadas, mas sem loopings.

8

Por último, o passeio perfeito e útil para seus rins deve ser feito na parte de trás dos “carrinhos”. Os médicos explicam que, no banco de trás, as chances são dobradas de eliminar as pedras, já que os impactos e a inércia parecem ser mais intensos nessa localização.

E, falando em em pedras nos rins, essa outra matéria pode ter muito mais a ver com o este assunto que você imagina: O que acontece em seu corpo se você NÃO beber água.

Fonte: Superinteressante