6 órgãos humanos sem os quais você pode viver

Como você já deve ter visto aqui, no Segredos do Mundo, vários órgãos humanos são valiosos e são vendidos à preços de ouro no mercado negro. Os mais caros, inclusive, você pode conferir clicando aqui. Mas, ao contrário desses órgãos considerados vitais, existem também em nosso corpo alguns outros órgãos humanos sem os quais é possível continuar vivendo.

Essa ideia, claro, não é lá muito boa, já que todos os órgãos humanos têm funções específicas e estão lá por alguma razão, não é mesmo? No entanto, em caso de câncer ou outras complicações em que eles precisem ser retirados é possível que as pessoas sobrevivam e que tenham até uma vida normal.

Como você vai ver, fazem parte dessa lista de órgão humanos sem os quais é possível viver o baço e o apêndice, cuja operação de retirada não é tão incomum assim. Até mesmo o estômago, que parece tão importante e essencial pode ser dispensado, caso necessário, e a pessoa ainda continuará viva. Doido, não?

Confira, abaixo, outros órgãos humanos sem os quais é possível viver:

1. Baço

1

Um dos órgãos humanos sem o qual você, e todo mundo, pode sobreviver é o baço. Esse, para quem não sabe, é o órgão que faz parte do sistema imunológico do corpo humano e funciona, basicamente, como um filtro e um reservatório de sangue. Apesar de podermos sobreviver sem ele, nosso organismo fica muito mais propenso a infecções quando ele é retirado.

2. Rim

2

Dentre várias outras funções, o rim tem como função filtrar o sangue para eliminar substâncias prejudiciais ao organismo. O normal é nascermos com dois rins, no entanto, há quem viva com apenas um rim, por ter doado um deles ou por questões de saúde mesmo.

Há até mesmo quem viva sem nenhum desses órgãos humanos ou mesmo quem viva com apenas parte deles funcionando. Nesses casos, inclusive, as pessoas são submetidas à hemodialise, um método de filtração do sangue, por uma máquina, que simula as funções que deveriam ser desempenhadas pelos rins.

3. Órgãos reprodutivos

3

Apesar de se tornarem estéreis, a verdade é que as pessoas conseguem viver sem esses órgãos humanos. Aliás, a não ser a impossibilidade de se reproduzir, não há muitos outros danos para a vida de indivíduos que, por algum motivo, precisam ter órgãos reprodutivos retirados, como testículos e útero.

4. Estômago

4

Embora pareça um dos órgãos humanos essenciais para a vida, a verdade é que as pessoas por aí vivem sem estômago. Aliás, quanto o estômago precisa ser retirado, seja por câncer ou outros problemas, o esôfago é ligado diretamente com o intestino delgado.

Conforme relatos médicos, pessoas que passam por esse tipo de intervenção precisam receber injeções de vitaminas enquanto se recuperam da cirurgia e se adaptam à nova realidade. Depois disso, no entanto, elas podem viver normalmente, desde que se alimentam em pequenas quantidades.

5. Cólon

5

Para quem não sabe, cólon é a maior proporção do intestino grosso. Ele é responsável pela absorção de água das fezes e por torná-las mais consistentes, antes de serem eliminadas pelo organismo.

Aliás, esse é outro dos órgãos humanos sem o qual é perfeitamente possível viver. No caso de pessoas que precisam ter o cólon retirado, é preciso implantar uma bolsa interna ou externa, que vai simular o armazenamento das fezes.

6. Apêndice

6

Embora seja comum ouvir por aí que o apêndice humano não serve para nada, estudos já provaram que ele é o responsável pelo crescimento de bactérias benéficas para o organismo, além de facilitar o repovoamento dessas bactérias no cólon. Apesar disso, esse é um dos órgãos humanos que não compromete a sobrevivência, caso precise ser retirado do corpo. Aliás, é muito comum pessoas que precisam passar por cirurgia para a retirada desse órgão por causa de inflamações ou lesões e que continuam vivendo normalmente.