Mundo Animal

Animais peçonhentos – Quais são, características e como lidar com ataques

Os animais peçonhentos abrangem mais de 100.000 espécies diferentes, incluindo répteis, insetos, moluscos, mamíferos entre outros.

O grupo de animais peçonhentos abrange mais de 100.000 espécies diferentes, incluindo répteis, insetos, moluscos, mamíferos, entre outros. No entanto, isso não significa que todos os animais que injetam toxinas através das suas presas se originam de um ancestral comum venenoso. Na verdade, a capacidade de produzir veneno é geralmente resultado de mutações aleatórias, ao longo do processo evolutivo, que fornecem uma vantagem para uma espécie.

Normalmente, novas habilidades surgem como uma reação a mudanças no ambiente por exemplo, mudanças no clima ou presas, bem como recursos insuficientes. Nesse sentido, a seleção natural e a sobrevivência dos mais aptos são a premissa da teoria da evolução darwiniana. Por esse motivo, os animais às vezes podem desenvolver o mesmo tipo de habilidade de forma independente, pois se adaptam a ambientes semelhantes, mesmo quando distintos uns dos outros.

Este fenômeno, denominado “evolução convergente”, é observado pela presença de veneno em muitos animais que não são da mesma espécie. Por exemplo, abelhas e cobras podem injetar um veneno único em sua presa ou vítima como meio de ataque ou defesa. Confira outros animais peçonhentos e venenosos abaixo.

Qual a diferença entre animais peçonhentos e venenosos?

Fonte: Pinterest

Por definição, venenoso significa prejudicial ou mortal se absorvido pelo organismo. Ou seja, a transmissão de veneno só pode ocorrer por meio da ingestão, inalação ou contato dérmico e geralmente é administrado passivamente pelo animal. Exemplos de organismos venenosos são sapos e lagartos venenosos.

Continua após a publicidade

A peçonha ou toxina, por outro lado, causa danos ou morte por injeção no corpo. Os animais podem usar farpas, ferrões e presas para fazer isso. A maioria dos animais peçonhentos são predadores, incluindo a água-viva, a aranha marrom e a maioria das vespas.

Embora, quando falamos de animal peçonhento, a maioria das pessoas vai se lembrar da cobra, o reino dos insetos, na verdade, contém mais animais peçonhentos do que qualquer outro. Por exemplo, a maioria das formigas possui veneno que utiliza para sedar presas ou defender sua colônia. Outros insetos incomuns, embora venenosos, são as centopeias, os percevejos e a lagartas.

Continua após a publicidade

Como saber se um animal é venenoso ou peçonhento?

Geralmente não há nenhum recurso de diagnóstico visual que aponte se um animal é venoso ou peçonhento. Muitos animais venenosos têm padrões ou corpos brilhantes que alertam os predadores antes que eles ataquem. No entanto, este conceito não se aplica a todos os animais peçonhentos. Normalmente é melhor evitar lidar com animais desconhecidos que podem causar danos a sua saúde.

Animais mais peçonhentos e venenosos do mundo

Rã mais venenosa: Sapo dardo dourado

Fonte: Pinterest

Encontrado apenas nas densas florestas tropicais da Colômbia, o sapo dourado secreta veneno brilhante suficiente de sua pele para matar de 10 a 20 humanos – então imagine os resultados quando este minúsculo anfíbio é engolido por um mamífero pequeno e desavisado. Curiosamente, a rã dardo dourado obtém seu veneno de sua dieta de formigas e besouros indígenas. Ou seja, esses pequenos sapos criados em cativeiro e alimentados com moscas e outros insetos comuns são completamente inofensivos.

Continua após a publicidade

Aranha mais peçonhenta: Aranha errante brasileira

Fonte: Pinterest

Surpreendentemente essa aranha não fornece necessariamente uma dose completa de veneno ao picar e raramente ataca humanos. Além disso, um antiveneno eficaz (se administrado rapidamente) torna as fatalidades muito raras. Esse animal injeta uma potente neurotoxina que lentamente paralisa e estrangula suas vítimas, mesmo em doses microscópicas. Ademais, homens picados por aranhas errantes brasileiras costumam ter ereções muito dolorosas.

Cobra mais peçonhenta: Taipan

Fonte: Pinterest

O veneno dessa cobra australiana é o mais poderoso do reino dos répteis, uma única mordida contem toxinas suficientes para matar cem humanos adultos. Só para constar, o veneno do taipan é composto por um rico ensopado de neurotoxinas, hemotoxinas, miotoxinas e nefrotoxinas, o que basicamente significa que ele pode dissolver o sangue, cérebro, músculos e rins antes mesmo da presa atingir o solo. Felizmente, esse ser rastejante raramente entra em contato com seres humanos.

Peixe mais venenoso: Peixe-pedra

Animais peçonhentos: características e diferenças de animais venenosos

Assim como o nome sugere, este peixe do sul do Pacífico se parece estranhamente com uma rocha ou pedaço de coral e é facilmente pisado por banhistas descuidados. Dessa maneira, eles geralmente vivem em águas costeiras rasas, ficando imóveis e parcialmente enterrados para atrair suas presas. O veneno pode causar fraqueza muscular, paralisia temporária e morte, se não for tratado.

Continua após a publicidade

Inseto mais peçonhento: Formiga colhedora Maricopa

Fonte: Pinterest

A formiga cortadeira, colhedora ou colheitadeira Maricopa é o inseto mais perigoso do reino animal. Ela ataca por meio de mordida com as mandíbulas e ferroada aplicando a peçonha, e costuma fazer isso repetidas vezes. Apesar disso, essas formigas cortadeiras desempenham um papel importante na decomposição, já que abrigam cadáveres de insetos embaixo da terra, o que enriquece o solo para as plantas e as colheitas.

Água-viva mais venenosa: Vespa do mar

Fonte: Pinterest

As águas-vivas são de longe os invertebrados mais perigosos do mundo, e a vespa do mar é a espécie mais perigosa. Os tentáculos dela são cobertos por “cnidócitos”, células que literalmente explodem com o contato e liberam veneno para a pele do intruso. A maioria dos humanos que entram em contato com vespas marinhas apenas experimenta uma dor excruciante, e em grandes quantidades pode levar a morte em menos de cinco minutos.

Molusco mais peçonhento: Caracol cone

Fonte: Pinterest

O caracol cone imobiliza sua presa com um veneno tóxico que pode facilmente exterminar um ser humano descuidado. Para esclarecer, suas contrações musculares intensas disparam um dente em forma de arpão na pele da presa, momento em que o caracol retrai seu dente e morde sua vítima paralisada.

Escorpião mais peçonhento: Escorpião Amarelo da Palestina

Animais peçonhentos: características e diferenças de animais venenosos
Fonte: Pinterest

Esses escorpiões são aracnídeos agressivos encontrados no Norte da África e no Oriente Médio. Acredita-se que eles sejam responsáveis ​​por mais de 75% das mortes relacionadas aos escorpiões todos os anos. Os adultos geralmente sentem uma dor aguda da picada, enquanto as crianças podem ficar paralisadas. Em ambos os casos, eventualmente os pulmões se enchem de líquido e a vítima morre.

Continua após a publicidade

O que fazer em caso de acidentes com animais peçonhentos?

Animais peçonhentos: características e diferenças de animais venenosos
Fonte: Pinterest

A maioria das mortes por picadas de animais peçonhentos ou venenosos ocorre quando a vítima não procura atendimento médico imediato. Por isso, ao ser atacado por qualquer animal desconhecido você deve sempre ser avaliado por um especialista, pois muitas vezes é difícil distinguir entre espécies perigosas e inofensivas. Algumas recomendações gerais para casos de picadas por animais peçonhentos são:

  • Fique calmo e peça ajuda imediatamente
  • Imobilize o membro mordido
  • Evite mexer na ferida
  • Mantenha a picada no nível do coração ou abaixo dele
  • Os anti-histamínicos e analgésicos podem ser usados ​​para tratar a dor e o inchaço, mas são os anti-venenos que são mais eficazes e devem ser administrados rapidamente.

Ficou interessado e quer saber mais sobre animais venenosos? Então, clique e leia: Taturanas – Vida, hábitos e risco do veneno para seres humanos

Fontes: Toda Matéria, Saúde – PR, Uol

Fotos: Pinterest e VB.

Continua após a publicidade

Próxima página »

Escolhidas para você