Aprenda a se tornar um mestre Pokémon em Pokémon Go

Demorou, mas chegou! O Pokémon Go deixou muita gente ansiosa pela demora do lançamento, mas agora que, finalmente, está em todos os lugares possíveis aqui no Brasil, a ansiedade não passou. Isso porque, para os jogadores, é precisa dominar o game o quanto antes e, claro, se tornar um mestre Pokémon de respeito o quanto antes.

Claro que você mesmo poderia descobrir todos os segredos do jogo e se tornar um mestre Pokémon sozinho, na prática. Mas, caso você queira agilizar o processo e dominar as ganhas desse game em 5 minutos, preparamos uma lista “porreta” para ajudar você nessa missão.

Como você vai ver na seleção abaixo, existem algumas etapas que precisam ser respeitadas no jogo. Além disso, existem truques e jogadas que, com certeza, farão de você ou não um grande mestre Pokémon, capaz de capturar o máximo de criaturinhas possível.

Ou, quem sabe, com a nossa ajudazinha, você seja o primeiro brasileiro a conseguir capturar todas os 150 Pokémons em tempo recorde? Vai saber, não é? Se isso é tentador a você, que tal começar a conferir nossas dicas abaixo?

Aprenda a se tornar um mestre Pokémon em Pokémon Go:

1. Escolha uma forma de login

3

A forma mais eficiente de se tornar um mestre Pokémon é entrando no jogo. Para isso, você precisa escolher uma forma de login. Segundo o site Gizmodo, a conta do Google é a mais estável das opções. Mas, antes de fazer isso, pense bem sobre o seu login, já que não é possível escolher uma nova forma de entrar, posteriormente.

2. Personalize seu treinador

4

Bom, essa parte é meio intuitiva, mas não custa nada comentar, não é mesmo? Para você se tornar um mestre Pokémon, que tal dar uma cara mais personalizada ao seu treinador? Ele pode ser menino ou menina, ter roupas como mais lhe agradar e cabelo e olhos da cor que você preferir.

3. Escolha o Pokémon inicial

2

Agora sim o game começa. Três criaturinhas vão aparecer na sua tela e você terá que escolher uma delas para capturar: Charmander, de fogo; Bulbassaro, de planta; e Squirtle, de água.

Agora, se nenhuma das opções lhe agradou, você pode forçar uma quarta opção, se distanciando do trio algumas vezes. Nesse caso, é o Pikachu quem aparece.

4. Comece a caçada

5

E, o que um mestre Pokémon faz de melhor se não caçar? Então, tenha em mente que não adianta nada jogar durante só um período do dia. As espécies de Pokémon aparecem em diferentes horários do dia.

Mas, para caçar você precisa saber alguns detalhes sobre o game. Bom, vamos lá:

Pontos verdes: são locais em que há Pokémons disponíveis para capturar. Mas, se você não encontrar nada ali, use um dos incensos do jogo para atrair as criaturinhas para perto.

Cubos azuis: estes são conhecidos como PokéStops e consistem em locais em que você pode conseguir novos Pokémons e ovos.

Torres de cores diferentes: elas representam os ginásios, onde acontecem os duelos Pokémons; e suas cores são definidas de acordo com a equipe que lidera o local.

5. Capturar Pokémons

6

O próprio jogo quer que você se torne um mestre Pokémon e, por isso, ensina você a capturar as criaturinhas. Mas, se você chegou até aqui, vamos falar sobre isso também.

Para capturar um Pokémon, você vai precisar de pokébolas. Quando o bichinho aparecer em sua tela, você precisa tocar nele para que entre no “modo captura”. Prepare-se, porque a criatura vai começar em sua tela e você precisa esperar até que o círculo verde, que estará presente nesse momento, fique pequeno para que você atire a esfera. Isso reduz as chances de erro.

Até porque, se você errar a mira, vai perder esferas, sabia? As chances de erros também são maiores no caso de Pokémons mais fortes. Muitas vezes eles precisam de acessórios mais eficientes para serem capturados, mas isso é sinalizado ao treinador por meio do círculo na tela, que ao invés de verde fica vermelho.

6. Evolua Pokémons

7

Um mestre Pokémon que se preze precisa também saber evoluir Pokémons. Isso, claro, é diferente dos jogos convencionais, já que você precisará coletar aos itens, ao invés de batalhar contra outros Pokémons.

Sobre esses tais itens, os Stardusts servem para todas as espécies, enquanto os doces são somente para algumas específicas. Quanto mais Pokémons da mesma espécie você capturar, melhor será para você e, quando tiver oportunidade, troque alguns com o professor Willow por doces. Isso vai ajudar você a evoluir para o próximo estágio.

7. Conquiste os ginásios

8

Embora você só possa enfrentar batalhas em ginásios a partir do nível 5, é preciso saber que, ao contrário dos jogos convencionais, a luta não é liderada por um treinador poderoso, que dará uma insígnia se sair derrotado. No jogo, os ginásios são apenas lugares movimentados da cidade, que podem ser dominados por equipes.

Como já dissemos antes, os ginásios têm a cor da equipe que o lidera e ela só muda se uma nova equipe o conquistar. Mas, você também pode enfrentar Pokémons de seus próprio time, para aumentar o prestígio da equipe e torná-la mais difícil de ser derrotada por outras equipes.

Além disso, não adianta pensar que vai poder escolher os ataques na hora das batalhas, já que eles são automáticos. É importante saber também que o atributo mais importante é o Combat Power (CP) do Pokémon, que deve ser mantido alto para ter mais chances de vencer os combates.

Sobre a guarda dos ginásios, você pode deixar um Pokémon fazendo a segurança do lugar, quando conquistar um ginásio. Toda vez que ele for desafiado por membros de outras equipes, vai batalhar e defender o espaço.

8. Visite os PokéStops

9

Pontos interessantes (e turísticos) de uma cidade, como monumentos, lugares curiosos, igrejas e assim por diante; são transformados em PokéStops. No jogo, estes ambientes são estratégicos para quem quer coletar incensos, iscas, berries, poções e pokébolas.

Para coletar estes itens, abra o jogo e espere que a caixa mude para um símbolo de Pokémon. Então você precisa tocar nele, girar a imagens e receber os itens. Você deve ir aos PokéStops várias vezes, já que os itens costumam voltar e aparecer depois de um tempo.

Nesses lugares você também pode gastar sua grana para conseguir mais itens, como você pode conferir nessa outra matéria.

9. Pague para ter rapidez

10

E, por falar em pagar, você sabia que se colocar dinheiro de verdade no jogo vai conseguir alguns privilégios? Isso porque você compra Pokécoins, a moeda interna do jogo, que podem ser trocadas por itens, os mesmos que você pode adquirir gratuitamente se jogar com frequência.

Com 1,49 dólar, por exemplo, você compra 100 Pokécoins e, com todas essas moedinhas oficiais, você compra 20 Pokébolas. E, se for mesmo comprar, tente comprar mais itens de uma só vez porque eles saem mais barato.

10. Como funcionam os ovos

11

Os ovos que você vai ganhar durante o jogo podem ser chocados e se tornarem novos Pokémons ou itens. Mas, para que eles choquem, você precisará de incubadoras. Você vai ganhar uma no início do game, mas se quiser outras vai ter que pagar por elas.

Agora sobre chocar os ovos: você precisa colocá-los nas incubadoras (e se não fizer isso seu esforço não vai adiantar nada) e percorrer certas distâncias. Não dá para dizer ao certo quanto, mais podem ser 2 quilômetros ou 10, por exemplos.

11. Outras coisas que um mestre Pokémon precisa saber

1

  • Você precisa manter o jogo sempre aberto, só assim você vai encontrar criaturas diferentes.
  • Isso, com certeza, consome muita bateria, até por combinar o uso de vários outros recursos do seu celular.
  • Se quiser fazer a bateria render um pouco mais, desligue a realidade aumentada no canto superior direito da tela. Ela serve, se você não sabe, para fazer os Pokémons ganharem vida no mundo real e precisa da câmera para funcionar. Mas, claro, você pode jogar sem isso.
  • Para funcionar, o jogo precisa de internet e, na rua, nem sempre há conexões Wi-Fi disponíveis. Então, aprenda a usar seus dados móveis. Durante uma hora de jogo, dizem que se consome, pelo menos, 10MB de dados;

E, se essa matéria inteira não for nerd o suficiente para você, talvez esta outra ajuda a atingir seu nível “ideal” de nerdice: 22 itens geek que todo nerd precisa ter na cozinha.

Fonte: Gizmodo