Curiosidades

Benefícios da pimenta – Quais os tipos e os principais benefícios

Além de tempero que dar sabor picante as refeições, as pimentas e pimentões possuem propriedades que proporcionam diversos benefícios à saúde.

Se você gosta de pimentas e pimentões, certamente já pensou que elas são usadas apenas para dar mais sabor e deixar os alimentos picantes. Este é um engano muito comum! Para esclarecer, os cientistas dizem que os benefícios da pimenta, não se limitam ao universo gastronômico. Ou seja, elas possuem propriedades muito importantes para auxiliar na saúde e, inclusive, ajudam a reduzir significativamente o risco de morte por doenças cardíacas ou câncer.

As pimentas são consumidas como alimentos desde a antiguidade. Com isso, há relatos de cultivos em safras da América do Norte que, inclusive, foram encontradas por Cristóvão Colombo e por outros marinheiros portugueses.

Além das pimentas, os pimentões também proporcionam uma série de benefícios devido às suas propriedades anti-inflamatórias, antioxidantes e reguladoras da glicose no sangue. Isso se dá, graças ao seu conteúdo de capsaicina, que é o composto natural que confere o sabor picante característico destas especiarias. Por outro lado, diversos estudos analisam a relação entre o consumo de pimenta com alívio da dor e perda de peso.

Quais os tipos e os benefícios das pimentas mais comuns?

Diferentes tipos de pimentas apresentam diferentes benefícios, confira os principais tipos delas:

Continua após a publicidade

Pimenta Malagueta

Fonte: pxhere

Essas famosas pimentas saborosas e picantes conferem um sabor inconfundível a qualquer prato onde forem adicionadas. Uma vez que a maioria das pessoas come apenas uma pequena quantidade de pimenta malagueta para dar sabor aos seus pratos, os benefícios para a saúde podem não ser tão perceptíveis quanto as pimentas que são consumidas inteiras. Contudo, as pimentas malaguetas também possuem diversas vitaminas e minerais como por exemplo a vitamina C, B6, K1, bem como vitamina A, e potássio.

Pimentas Jalapeño

Fonte: pxhere

Conhecidas por seu sabor picante, essas pimentas são perfeitas para uma variedade de pratos. As pimentas Jalapeño, em particular, podem ajudar na perda de peso, melhorar o sistema imunológico e até mesmo ajudar com dores de cabeça.

Continua após a publicidade

Pimentas Serrano

Fonte: pxhere

Outra pimenta super picante e muito famosa no México, a pimenta serrano, pode melhorar a saúde do coração com sua capsaicina e pode promover um forte sistema imunológico devido a seus altos níveis de antioxidantes. Elas também têm boas quantidades de vitaminas C e B6.

Pimenta Caiena

Fonte: pxhere

A pimenta Caiena é usada há muito tempo como tempero para dar sabor às refeições. Entretanto, mais recentemente, ela se tornou uma adição à moda em sucos e outras bebidas. A pimenta caiena contém vitaminas A, E, C, B6 e K , além de manganês e potássio. Também é conhecida por seus benefícios anti-inflamatórios.

Continua após a publicidade

Pimentas Cumari

Fonte: pxhere

Este tipo de pimenta picante é pequeno, mas muito ardida. Além disso, ela proporciona benefícios à saúde, como redução na pressão arterial e no colesterol e ajuda na prevenção ao câncer de próstata.

Pimentões

Fonte: pxhere

Você pode pensar que todos os pimentões são iguais, mas as diferentes cores dos pimentões têm sabores e nutrientes diferentes! Por exemplo, o pimentão vermelho, além de delicioso, é uma ótima fonte de vitamina A, que ajuda a melhorar sua visão noturna. Ele ainda possui vitaminas C, B5 e ácido fólico.

Já os pimentões verdes crocantes e ligeiramente amargos são um ótimo complemento para batatas fritas e saladas. Este alimento de baixa caloria, contém fibras, vitaminas E e C, além de antioxidantes.

Por último, os pimentões amarelos são ricos em vitamina C e vitamina B que pode ajudar a rejuvenescer a pele; além de contribuir para manter o sistema digestivo saudável.

Continua após a publicidade

Quais os benefícios da pimenta?

Dessa forma, para investigar os benefícios à saúde que podem ser derivados dessas pimentas picantes, os pesquisadores fizeram uma série de estudos. Essas pesquisas descobriram principalmente que pessoas que consomem pimentas, apresentaram uma redução relativa de 26% na mortalidade cardiovascular, uma redução relativa de 23% na mortalidade por câncer e uma redução relativa de 25% na mortalidade pelas duas causas. Por conseguinte, outros benefícios que as pimentas podem promover são:

Prevenir o câncer

Fonte: pxhere

Em primeiro lugar, a piperina encontrada na pimenta-do-reino, por exemplo, pode ser considerada um composto muito eficaz na prevenção do câncer e se torna duas vezes mais potente quando combinado ao açafrão. A especiaria também contém vitamina C , vitamina A, flavonoides, carotenos e outros antioxidantes que ajudam a combater os radicais livres nocivos e a proteger o corpo de cânceres e doenças.

Estimula a digestão

Fonte: pxhere

Em segundo lugar, aparece novamente a piperina, pois ela também facilita a digestão e estimula o estômago a produzir mais ácido parar digerir as proteínas dos alimentos. Portanto, um pouco de pimenta na comida irá ajudá-lo a digerir mais rápido.

Ajuda a curar resfriado e tosse

Fonte: pxhere

A pimenta possui propriedades antibacterianas e, portanto, ajuda a curar o resfriado e a tosse. Ela também ajuda a aliviar a congestão torácica , geralmente causada por poluição, gripe ou infecção viral. Pra completar, como a pimenta é rica em vitamina C, ela também funciona como um bom antibiótico.

Continua após a publicidade

Ajuda a controlar o peso

Fonte: pxhere

Um dos benefícios incríveis da pimenta, é que ela ajuda na extração dos nutrientes dos alimentos. Para explicar, sua camada mais externa contém fito nutrientes, que auxiliam na quebra de gordura e aumentam a atividade metabólica. Isto é, se você comer pimenta fresca e começar a transpirar, essa pimenta estará ajudando seu corpo a se livrar do excesso de água e toxinas.

Melhora a pele

Fonte: pxhere

Você sabia que pimenta moída é um dos melhores esfoliantes que a natureza nos oferece? Por outro lado, ela ainda permite a circulação sanguínea e fornece mais oxigênio à pele. Aliás, a pimenta preta, por exemplo, é conhecida por ajudar na cura do vitiligo, uma condição em que a pele perde a pigmentação e cria manchas brancas.

Combate a depressão

Fonte: pxhere

A pimenta estimula o cérebro e o ajuda a funcionar corretamente, tornando-o mais ativo, liberando hormônios que dão sensação de prazer e bem estar.

Quais os cuidados que se deve tomar ao comer pimentas?

Benefícios da pimenta: saiba porque comidas picantes fazem bem para a saúde
Fonte: pxhere

Embora comer pimenta traga vários benefícios nutricionais à saúde, alguns cuidados devem ser observados. Existem preocupações óbvias ao manusear pimenta. Por isso, certifique-se de lavar as mãos imediatamente após o uso e evite tocar na boca e nos olhos.

Continua após a publicidade

Além disso, a capsaicina em excesso pode irritar o revestimento mucoso do trato digestivo. Portanto, a ingestão de altos níveis de capsaicina pode causar vômitos, náuseas, bem como aumento da gravidade dos sintomas de azia ou úlcera.

Por fim, comer pimenta excessivamente picante pode causar um aumento na pressão arterial, o que é bastante ruim para pessoas hipertensas.

Então, se você curtiu esse artigo, não deixe de ler: Pimentas – Mais ardidas, níveis de ardência e mais populares

Fontes: Uol, Le Manjue, Tua Saúde

Continua após a publicidade

Fotos: pxhere

Próxima página »

Escolhidas para você