Saúde

Cera de ouvido: O que a cor e o excesso dizem sobre sua saúde?

A cera de ouvido existe em várias cores e texturas, cada uma delas causada por algo diferente e que pode dizer muito sobre sua saúde.

De todas as substâncias que nosso corpo excreta, a cera de ouvido é uma das mais misteriosas. Que possível razão nossos ouvidos poderiam ter para produzir essa substância cerosa?

Os especialistas podem ainda não entender completamente todas as suas propriedades, mas estão certos de sua natureza protetora. Por isso, reunimos algumas coisas que você precisa saber sobre a cera de ouvido.

O que é cera de ouvido?

A cera de ouvido, conhecida clinicamente como cerúmen, é uma substância pegajosa que ocorre naturalmente no ouvido externo. A cera de ouvido contém óleo e suor misturados com sujeira e células mortas da pele.

Em outras palavras, a cera é uma barreira natural que impede a entrada de sujeira e bactérias nas partes mais internas dos ouvidos. Por ser pegajoso, ele coleta detritos microscópicos que chegam ao seu canal auditivo, assim como os insetos das armadilhas de papel.

Portanto, sem essa barreira defensiva, seu ouvido interno estaria em risco.

Por que as pessoas têm cerúmen?

É difícil acreditar que algo tão desagradável possa ser tão importante para a boa saúde dos seus ouvidos, mas ser pegajoso e malcheiroso é exatamente o motivo pelo qual uma quantidade normal de cera de ouvido é benéfica. Veja algumas de suas propriedades:

Continua após a publicidade

Atua como um hidratante e revestimento protetor para o canal auditivo

Sem cera, seu ouvido externo pode coçar e escamosar, o que o coloca em maior risco de ficar irritado e infectado.

Atua como repelente de insetos

O cheiro de cera de ouvido mantém os insetos afastados, enquanto a viscosidade prende aqueles que acidentalmente se aventuram no interior.

Embora a cera tenha seus benefícios, os bloqueios podem causar perda auditiva condutiva. Então, se você desenvolver uma sensação de entupimento nos ouvidos e suspeitar que a cera é o culpado, procure um médico.

O que as cores da cera de ouvido diz sobre você?

Embora quase todos os ouvidos produzam cera, é aí que a semelhança termina. Sua composição varia de pessoa para pessoa, dependendo de sua condição de saúde, ambiente, idade e dieta. Desse modo, existem dois tipos principais de cera de ouvido: úmida e seca. Até a cor do seu cerúmen pode dizer muito sobre você:

  • A cera de ouvido marrom escura ou preta é tipicamente mais antiga, então sua cor vem da sujeira e das bactérias que ela prendeu. Os adultos tendem a ter cera mais escura e mais dura.
  • Cera marrom escura tingida de vermelho pode sinalizar uma lesão hemorrágica.
  • Cera marrom clara, laranja ou amarela é saudável e normal. Aliás, as crianças tendem a ter cera de ouvido mais suave e de cor mais clara.
  • Cera branca e escamosa indica que você não possui um produto químico que produz odor corporal.
  • Cera de ouvido de cor escura e pegajosa indica que você provavelmente deve usar desodorante.

Quando o excesso de cera no ouvido é um problema?

Normalmente, o corpo sabe exatamente quanta cera produzir. Contanto que você mantenha uma dieta saudável e tenha uma boa higiene, seus ouvidos naturalmente expelirão o excesso de cera, sujeira e detritos sem qualquer intervenção.

Portanto, não remova a cera a menos que seja problemática. Na verdade, quando você tem o hábito de remover a cera, isso envia um sinal ao seu corpo para fazer mais, criando um excesso que pode interferir na audição, colocando você em maior risco de desenvolver infecções de ouvido e outras complicações.

Continua após a publicidade

Estresse e medo também podem acelerar a produção de cera. Isso porque as mesmas glândulas apócrinas que produzem suor também produzem cerúmen.

Outros motivos para o excesso de cera de ouvido, incluem pessoas que:

  • possuem cabelo nos canais auditivos;
  • sofrem de infecções crônicas de ouvido;
  • têm canais auditivos ou osteomas anormalmente formados;
  • são idosos, têm certas condições de pele ou certas dificuldades de aprendizagem.

5 dicas para remover o cerúmen corretamente

  1. Compre um kit de limpeza de ouvido de venda livre se seus ouvidos estiverem saudáveis. Peça ajuda a um médico se estiver tratando infecções crônicas do ouvido médio ou se tiver alguma dor de ouvido;
  2. Limpe regularmente seus aparelhos auditivos ou qualquer outro dispositivo que você coloque nos ouvidos;
  3. Não limpe as orelhas com um cotonete, grampo de cabelo ou qualquer instrumento pontiagudo na tentativa de remover a cera você mesmo. Isso
  4. pode empurrar a cera mais fundo no canal auditivo, onde não pode ser descartada naturalmente, ou você pode até perfurar o tímpano.
  5. Por fim, não tente colocar vela nos ouvidos para limpar o cerúmen em casa. Além de não ter benefícios comprovados, a vela de ouvido pode causar queimaduras, bloqueio de cera, tímpanos perfurados e ferimentos graves.

E, falando em cuidados com o ouvido, você pode gostar de conferir ainda: 5 formas de desentupir os ouvidos em casa.

Bibliografia:
Meyer zum Gottesberge, A e AM Meyer zum Gottesberge. “Das Cerumen in anthropologischer Sicht” [Cerumen do ponto de vista antropológico]. Laryngo-rhino- otologie vol. 74,1 (1995)

Shokry, Engy e Nelson Roberto Antoniosi Filho. “Insights sobre cerúmen e aplicação em diagnósticos: passado, presente e futuro prospectivo.” Biochemia medica vol. 27,3 (2017)

ONeill, Owen J., et al. “Ear Barotrauma.” StatPearls, StatPearls Publishing, 25 de abril de 2020.

Continua após a publicidade

Fonte: Drogaria Santo Remédio

Próxima página »

Escolhidas para você